Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 7 de março de 2013

Cine Dica: Em DVD e Blu-Ray: UM GATO EM PARIS



Sinopse: Dino é um gato de estimação que leva uma vida dupla em Paris. Durante o dia, ele mora com Zoe, uma garotinha muda, cuja mãe Jeanne é detetive da polícia da cidade. À noite, Dino sai de fininho pela janela para trabalhar com Nico, outro gato que, apesar de seu enorme coração, é um talentoso ladrão, capaz de grandes artimanhas. Certo dia, Dino traz de presente para Zoe um bracelete bastante caro. Lucas, assistente de Jeanne, percebe que o objeto pertence a uma coleção que acabou de ser roubada. Agora, as duas vidas de Dino estão prestes a colidir, já que Zoe, curiosa com as escapadas noturnas de seu gatinho, resolve segui-lo. Quando a menina cai nas garras do gângster Victor Costa, um bandido que planeja roubar uma obra de arte valiosa, Dino e Nico terão de se unir para resgatar Zoe.

Indicado ao Oscar de melhor longa de animação em 2012, essa pequena historia policial poderia ter sido muito bem  transformada em filme com atores em carne e osso. Em vez disso, se tornou uma bela animação, que embora com um teor um tanto que adulto (onde envolve ladrões e gângsteres) em alguns momentos, é bem acessível para todas as idades.  A relação de uma menina que fala pouco (devido a morte do pai) com o seu gato de estimação é apenas o estopim para o inicio de uma grande aventura, onde o gato acaba se envolvendo com um ladrão de jóias mas de bom coração.
A trama por vezes se torna uma mera desculpa para apresentar incríveis imagens de Paris, feitas em animação tradicional, provando que essa velha arte sempre terá espaço nas salas de cinema. Curto, divertido e para toda a família assistir numa tarde de sábado.     


Me Sigam no Facebook e Twitter: 

2 comentários:

Celo Silva disse...

Falam bem desse filme, ainda não tive oportunidade de assistir, mas o farei assim que puder. Abraço!

Marcelo C,M disse...

Não confunda esse filme com O Gato e o Rabino, pois houve muitos que confundiram ambos os filmes.