Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sábado, 26 de maio de 2012

COMO SE VER UM FILME 2 - OS GÊNEROS: FINAL



O curso começou hoje, mas devido por falta de tempo, só estou concluindo esse especial neste momento. Porém, após o termino do curso, falarei por aqui também, o que achei sobre ele, que até agora está ótimo.


MELHOR AVENTURA:
 OS CAÇADORES DA ARCA PERDIDA (1981)

Sinopse: Em 1936, o arqueólogo Indiana Jones (Harrison Ford) contratado para encontrar a Arca da Aliança, que segundo as escrituras conteria "Os Dez Mandamentos" que Moisés trouxe do Monte Horeb. Mas como a lenda diz que o exército que a possuir será invencível, Indiana Jones terá um adversário de peso na busca pela arca perdida: o próprio Adolf Hitler.

Projeto dos sonhos de George Lucas (junto com Star Wars), cuja historia é toda dele. Contudo, como estava ocupado com a trilogia espacial, Lucas decidiu dar o trabalho de direção para seu colega e amigo Steven Spielberg, que na época, estava interessado em fazer um filme de 007. Lucas o persuadiu, e o convenceu que Indiana Jones seria um filme muito melhor. Com a escolha de Harrison Ford como protagonista, a produção seguiu adiante de vento e poupa. O resultado é um dos melhores filmes de aventura de todos os tempos. O filme diverte com um ritmo vertiginoso com as constantes reviravoltas inspirado nos antigos seriados apresentados nas matines antes ou depois do filme principal. Vencedor de 4 Oscar.

Curiosidade: Nos hieróglifos encontrados por Indiana Jones no Poço das Almas, podem ser vistos, direita de Indy, inscrições com as palavras R2-D2 e C-3PO, outra homenagem saga Guerra nas Estrelas.


MELHOR FILME DE AÇÃO:
 DURO DE MATAR (1988)
  
Sinopse: John McClane (Bruce Willis) é um detetive de Nova York que está indo a Los Angeles para se encontrar com sua esposa (Bonnie Bedelia), que trabalha em uma empresa japonesa. Porém, ao chegar no prédio onde ela trabalha, percebe que o edifício está sendo assaltado por um bando de terroristas e decide atrapalhar seus planos para resgatar sua mulher.

Ação constante bem ao gosto do diretor Jhon Mctiernan (O Predador), que usa e abusa de efeitos especiais apuradíssimos. Embora tão implacável quanto Rambo, o herói tem características humanas, desde sentir medo e se machucar muito, diferente de vários heróis de ação dos anos 80, que saiam de um tiroteio, sem levar nenhum arranhão.
Transformou Willis no mais novo astro dos filmes de ação, status que se estenderia por quase toda a década de 90. A produção foi baseada no romance de Rideck Thorpe, que embora não seja plausível em alguns momentos, o corre  e corre e a carisma do protagonista, garantem a atenção do publico do começo ao fim. Atenção para a cena que Willis se arrastando dentro do duto de ventilação, que acabou se tornando clássica e muito imitada. 

Me Sigam no Facebook e Twitter



Um comentário:

Felipe Rocha disse...

Muito bom lembrar desses clássicos de sucesso!! Infelizmente não se faz mais filme como esses.. Aliás, estamos tb um pouco carentes de talentos para isso...

O Cinefilos esta comemorando 1 ano de existencia!!! Apareça para nos dar uma força!!!

http://cinefilosdeplantaobr.blogspot.com

Abraços!!