Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 14 de junho de 2011

Cine Dica: Em Cartaz: UM DIA MUITO ESPECIAL

UM DOS MAIORES CLASSICOS DA ITALIA, DE VOLTA NA CAPITAL GAUCHA.
Sinopse: Roma, 6 de maio de 1938. Benito Mussolini e Adolf Hitler se encontraram para selar a união política que, no ano seguinte, levaria o mundo à 2ª Guerra Mundial. Praticamente toda a população vai ver este acontecimento, inclusive o marido fascista de Antonietta (Sophia Loren), uma solitária dona de casa que conhece acidentalmente Gabriele (Marcello Mastroianni), seu vizinho, quando seu pássaro de estimação foge e ela o encontra pousado na janela do vizinho. Antonietta nunca falara com Gabrielle, que tinha sido demitido recentemente da rádio onde trabalhava por ser homossexual. Ela, por sua vez, era uma esposa infeliz e insegura pelo fato de não ter uma formação profissional. Gradativamente os dois desenvolvem um tipo muito especial de amizade.
Passado em um único ambiente, esse filme intimista, alem de expor com clareza a massificação de idéias que predominava na Itália fascista, acaba sendo um comovente retrato da repressão manifestada de forma pessoal e coletiva. Através das magníficas interpretações de Louren como uma angustiada esposa e dona de casa, e Mastroianni como o radicalista demitido devido sua opção sexual, Scola mostra de uma forma poética que almas de culturas diversas podem, por força das circunstancias, adquirir solidariedade afetiva e consciência sócio política.


Curiosidade: Este é o 5º de 10 filmes em que o diretor Ettore Scola e o ator Marcello Mastroianni trabalharam juntos. Os demais foram  Ciúme à Italiana (1970), Rocco Papaleo (1971), Nós Que Nos Amávamos Tanto(1974), Senhoras e Senhores, Boa-Noite (1976), O Terraço (1980), Maccheroni(1985), Casanova e a Revolução (1982), Che Ora É?(1989) e Splendor (1989).

Em Cartaz: CineBancários: Rua General Câmara, nº 424 - Centro Porto Alegre


Me Sigam no Facebook e Twitter:
http://pt-br.facebook.com/people/Marcelo-Constantine/100001635958492
http://twitter.com/#!/cinemaanosluz

Um comentário:

Equipe Mikael Moraes disse...

mto bom pessoa
gostei pacas
fera isso heim
falar mais o q né!?
continue assim
<>
visite-nos e comente tmbm
gostando siga e avise que retribuiremos
se seguir deixe o aviso no comentário
deixando o seu link para retribuirmos
<>
grato
<>
http://mikaelmoraes.blogspot.com