Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Cine Clássicos: Magnólia

Clássico do inesquecível ano de 1999 continua sendo arrebatador e com um dos finais mais enigmáticos de todos os tempos


Sinopse
A história se desenvolve em Los Angeles, nos arredores da rua Magnólia, acompanhando um dia na vida de nove personagens, que moram na mesma área e cujas histórias se cruzam por coincidências do destino. O filme aborda diversos temas polêmicos, como incesto, homossexualidade, drogas e violência.

Ousado mosaico dramático dirigido e escrito por Anderson que chamou a atenção da critica por Boogie Nights. A semelhança de Shorts Cuts, de Robert Altman, o roteiro apresenta vários personagens do inicio desconexos. A excessiva duração do filme é a proposta do diretor, que quis compor um épico sobre dramas comuns. O roteiro pesado, alguns espectadores testarão os seus nervos ou usarão muitos lenços. Atuações surpreendentes, destaque para Cruise, vencedor do Globo de Ouro 2000 de ator coadjuvante, ótimo papel de um guru dos machistas .
Curiosidades:
O filme faz várias referências ao número 82. Este número se refere a uma passagem da Bíblia, mais especificamente ao livro do Êxodo, 8:2
Jason Robards (Era uma vez no Oeste), em seu último papel no cinema, vindo à falecer pouco depois do fim das filmagens.

Nenhum comentário: