Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Cine Dicas: Lançamentos em DVD

Chegamos a mais um sexta feira e sobre o que estreia no final de semana nem preciso dizer, Harry Potter na parada, mas somente irei ver hoje de tarde, o filme já estreou desde a meia noite de terça passada.
Contudo nem todos irão sair de casa para ir ao cinema, por isso deixo mais duas dicas em DVD lançamentos que acabam de chegar nas locadoras, confiram:
Presságio

Filme de Alex Proyas traz novo fôlego a carreira de Nicolas Cage

Sinopse: 1959. Um grupo de alunos faz alguns desenhos sobre como imaginam que será o futuro. Eles serão guardados em uma cápsula do tempo, que apenas será aberta daqui a 50 anos. Um deles, feito por uma garota, traz uma série de números aleatórios, que ela alega terem sido ditos por alguém que não vê. Meio século depois a cápsula é aberta e este desenho chega às mãos de Caleb Koestler (Chandler Canterbury). O pai dele, o professor de astrofísica John Koestler (Nicolas Cage), percebe que trata-se de uma mensagem codificada que prediz as datas e os números de mortos de cada uma das grandes tragédias ocorridas nos últimos 50 anos. John passa a investigar melhor o desenho e descobre que ele prevê mais três catástrofes ainda não ocorridas, a última delas de proporções globais.

Alex Proyas tem uma filmografia ainda curta, mas nos poucos filmes fez chamaram a atenção por possuírem roteiros bem amarrados aliados com otimas cenas de efeitos visuais como no caso de Cidade das Sombras,Eu, Robô e o clássico O Corvo. Aqui ele mistura ficção, aventura e suspense para contar uma historia que mescla fatos ficticios com a realidade. Nicolas Cage convence como professor de astrofísica e finalmente consegue um filme de sucesso entre o publico e a critica. Restá saber se Presságio é o inicio da volta por cima de sua carreira ou simplesmente um golpe de sorte.

Curiosidades:
O orçamento de Presságio foi de US$ 50 milhões.


Entre os muros da escola

Filme francês conquista críticos do mundo e vira assunto entre as escolas

Sinopse: François Marin (François Bégaudeau) trabalha como professor de língua francesa em uma escola de ensino médio, localizada na periferia de Paris. Ele e seus colegas de ensino buscam apoio mútuo na difícil tarefa de fazer com que os alunos aprendam algo ao longo do ano letivo. François busca estimular seus alunos, mas o descaso e a falta de educação são grandes complicadores.

O tema levou a Palma de Ouro no Festival de Cannes no ano passado. A historia é baseada no cotidiano de um professor, François Bégaudeau, que escreveu um livro com o mesmo titulo e também protagoniza o filme. No livro ele conta suas experiências como professor de língua francesa para os adolescentes. No filme, quase um documentário, os alunos são convidados a escrever e a falar sobre as suas vidas. O resultado vai além do cotidiano dos alunos de uma escola do subúrbio de Paris, já que traça um retrato da atual sociedade francesa. O melhor deles, por exemplo, enfrenta dificuldades nos estudos porque sua mãe é imigrante chinesa ilegal e corre o risco de ser deportada. Lançado na França em Setembro do ano passado, Entre os Muros da Escola já fez 1,5 milhões de espectadores. Para a escolha do elenco o diretor Laurent Cantet selecionou alunos de uma escola no 20º distrito de Paris. Os pais dos estudantes são os mesmos da vida real.

Curiosidades:
O diretor Laurent Cantet veio ao Brasil para o lançamento do filme.
Foi o 1º filme francês a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes desde 1987.


Nenhum comentário: