Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Cine Clássicos Contemporâneos: O Anti-herói americano

Sinopse: O balconista de hospital Harvey Pekar (Paul Giamatti) deixa cair no chão alguns arquivos de óbito e encontra a ficha de um homem que trabalhou a vida inteira como balconista em Cleveland ­ um emprego burocrático, exatamente como o dele. Esse episódio, combinado com o fato de ter visto o seu amigo Robert Crumb (James Urbaniak) se tornar uma pequena celebridade em São Francisco como cartunista, o inspiram a criar a sua própria revista em quadrinhos, chamada American Splendor. A revista, publicada em 1976 com grande sucesso, retratava com realismo o cotidiano do próprio Harvey, um amante compulsivo de jazz e livros.

Fabulosa adaptação das historias em quadrinhos do balconista de hospital Harvey Pekar que decidiu de uma noite para o dia colocar seu dia a dia nas historias em quadrinhos. O interessante é que o filme mescla imagens documentais de Harvey Pekar com dramatizações de períodos de sua vida, ou seja, acompanhamos a adaptação e ao mesmo tempo vemos o verdadeiro Pekar falando e atuando em cena.
Uma verdadeira joia que vale a pena ser redescoberta e uma prova que adaptações de quadrinhos para o cinema não se vive apenas dos heróis

Nenhum comentário: