Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Cine Dica: Mostra Pró-Cultura RS

MOSTRA PRÓ-CULTURA RS APRESENTA FILMES E SÉRIES DO RIO GRANDE DO SUL NA CINEMATECA CAPITÓLIO PETROBRAS
Rita Guedes é protagonista do filme Mar Inquieto 

Entre 13 e 19 de julho, a Cinemateca Capitólio Petrobras apresenta a mostra Pró-Cultura RS, com um panorama de produções recentes do Rio Grande do Sul financiadas através da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer e Instituto de Cinema do Estado. A programação é composta por longas e séries que tiveram pouca circulação em Porto Alegre ou que ainda não ganharam lançamento comercial. A programação tem entrada franca.  

Serão exibidos os longas Desvios, de Pedro Guindani, Eles Vieram e Roubaram Sua Alma, de Daniel de Bem, Central, de Tatiana Sager e Renato Dornelles, Terráqueos, de Frederico Ruas, Cromossomo 21, de Alex Duarte, Mar Inquieto, de Fernando Mantelli, Glauco do Brasil, de Zeca Brito, e as séries O Ninho, de Filipe Matzembacher e Márcio Reolon, Horizonte B, com direção de Emiliano Cunha, e Ocidentes, com episódios dirigidos por Fabiano de SouzaCarlos GerbaseBruno Polidoro e João Gabriel de Queiroz. A mediação dos debates com os realizadores é da crítica e pesquisadora Fatimarlei Lunardelli.

A Mostra Pró-Cultura RS faz parte do projeto Cinemateca Capitólio - Digitalização e Programação Especial 2017, patrocinado pela Petrobras e financiado através do Pró-Cultura RS da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do Estado do Rio Grande do Sul.
 
PROGRAMAÇÃO
 
13 de julho (quinta)
20h – Central
Duração: 86 minutos
Ano: 2016
Direção: Tatiana Sager e co- dirigido por Renato Dorneles
Sinopse: O Presídio Central de Porto Alegre, notícia constante nas mídias nacional e internacional, é o tema do documentário Central. Dirigido por Tatiana Sager e co- dirigido por Renato Dorneles, o filme mergulha nas condições degradantes que levaram essa prisão a ser considerada a pior do Brasil e definida como “A Mas- morra do Século 21” pela CPI do Sistema Carcerário do Congresso Nacional.
  
14 de julho (sexta)
18h – Desvios
Duração: 93 minutos
Ano: 2016
Direção: Pedro Guindani

Sinopse: Daniel, um jovem corretor de valores, dá um grande golpe em sua empresa de investimentos, fazendo-a comprar 15 milhões em ações de uma empresa fantasma. Romano, seu primo policial, fica encarregado de obter-lhe um passaporte falso para a fuga do país, e recomenda que Daniel se esconda por alguns dias em um apartamento do centro da cidade. Aos poucos, Daniel vai se deixando consumir pela espera, pela prisão que se impôs e pelo medo de falhar em sua ambiciosa empreitada.

20h – Cromossomo 21
Duração: 90 minutos
Ano: 2016
Direção: Alex Duarte

Sinopse: Vitória é uma garota como todas as outras. Faz faculdade, toca piano, pratica natação. A única diferença é que possui um cromossomo a mais e isso fez com que ela nascesse com síndrome de down. No seu destino, cruza com o sonhador Afonso, um garoto sem a síndrome. O envolvimento desperta na menina down a
independência e a sexualidade, e na sociedade um questionamento sobre o
envolvimento deste "casal fora dos padrões".
  
15 de julho (sábado)
18h – Eles Vieram e Roubaram Sua Alma
Duração:
Ano: 2016
Direção: Daniel de Bem

Sinopse: Com uma velha câmera VHS e ajuda de um amigo que o apoia incondicionalmente, Mateus registra todos os tipos de imagens para um filme caseiro. Com seus 20 e poucos anos e vivendo em um subúrbio industrial, Mateus tenta encontrar alguma ligação entre as coisas que filma e as pessoas em sua vida. Um pequeno conto de amizade impregnado por uma obsessão por registrar imagens.

20h – O Ninho
Duração: 4 episódios de 26 minutos
Ano: 2016
Direção: Marcio Reolon e Filipe Matzembacher

Sinopse: Bruno está procurando por seu irmão, mas acaba encontrando uma nova família. "O Ninho" é uma minissérie de 4 episódios dirigida por Filipe Matzembacher e Marcio Reolon (Beira-Mar/2015), premiada em festivais, comercializada na Alemanha e França (em salas de cinema, DVD / Bluray e VOD) e tema da mesa "In The Nest: a drama series made by Talents" na programação do Berlinale Talents 2016.

16 de julho (domingo)

18h – Horizonte B
Duração: 3 episódios de 30 minutos
Ano: 2016
Direção: Emiliano Cunha

Sinopse: Matheus e João Pedro, dois irmãos que – logo após a perda do pai – presenciam um evento estranho no céu: a queda de uma pedra misteriosa. João Pedro, com 12 anos, fica obcecado pelo objeto e decide procurar uma resposta na convenção anual de ufólogos, no interior do estado. Matheus, com 20 anos, alheio às crenças do irmão, busca apenas fugir de seu momento difícil voltando para sua cidade natal, onde quer reencontrar sua namorada de infância.

20h – Ocidentes 
Duração: 104 minutos
Ano: 2013
Direção: Carlos Gerbase/Fabiano de Souza/ Bruno Polidoro/ João Gabriel de Queiroz 

Sinopse: A cidade vista através de histórias que se passam no Ocidente, o bar que acompanhou os descaminhos artísticos e amorosos de gerações e gerações. Entre os sabores particulares das madrugadas dos últimos anos, OCIDENTES mostra como o DNA festeiro de Porto Alegre foi sofrendo mutações no decorrer de quatro décadas. As celebrações noturnas, as preferências etílicas, os gestos e as gírias temperam quatro contos visuais inspirados no Bar Ocidente. Ao mesmo tempo em que cada história é independente, possuindo personagens particulares, a progressão dos episódios cria uma narrativa que mapeia alterações nas relações humanas e sociais. As formas de falar, dançar, namorar, se relacionar e comunicar variam de época para época e ajudam a contar uma história de Porto Alegre através de uma das facetas mais interessantes da vida. A vida noturna.

18 de julho (terça)

20h – Terráqueos – Vestígios de Uma Era Digital
Duração: 81 minutos
Ano: 2014
Direção: Frederico Ruas

Sinopse: Uma obra audiovisual construída integralmente por material encontrado na internet. Caleidoscópio humano, retrato de uma civilização onde todos são, ao mesmo tempo, produtores e receptores de conteúdo. Os registros que produzimos sobreviverão por muito mais tempo do que nós mesmos. O filme é uma oferenda ao futuro, uma homenagem ao presente que rapidamente se transforma em passado.
 
19 de julho (quarta)

18h - Mar Inquieto
Duração: 90 minutos
Ano: 2015
Direção: Fernando Mantelli

Sinopse: Após uma juventude conturbada pela dependência de drogas, Anita encontra-se em uma existência sem propósito, enclausurada por seus próprios medos, vivendo em uma pequena praia.  O terror psicológico de sua vida não se restringiu a sua época de viciada, e permeia sua vida sóbria. Em um ambiente impregnado por lendas de óvnis, demônios e vozes que vem do mar, a maior ameaça para Anita parece estar em sua própria casa, na forma de Vitorino, seu marido e suposto porto seguro. Tomada por uma repentina e abrupta força interior, e jogada pelo destino em um novo estado de existência, Anita parte em busca de sua liberdade.

20h – Glauco do Brasil
Duração: 90 minutos
Ano: 2017
Direção: Zeca Brito

Sinopse: A vida e obra do pintor Glauco Rodrigues (1929-2004). Gaúcho de Bagé, Rio Grande do Sul, é considerado por teóricos, críticos e artistas um dos principais pintores da pop art na América Latina. A trajetória de Glauco é retratada por meio de uma série de entrevistas, registros de arquivo e imagens de cenários nas quais o pintor se inspirou. Com depoimentos de Nicolas Bourriaud, Ferreira Gullar, Gilberto Chateaubriand, João Bosco, Luis Fernando Veríssimo, Camilla Amado, Frederico Morais, entre outros.

Nenhum comentário: