Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de maio de 2021

Cine Dica: Streaming: 'Seaspiracy: Mar Vermelho'

Sinopse: Apaixonado pela vida nos oceanos, um cineasta resolve documentar os danos causados pelo ser humano às espécies marinhas e acaba descobrindo uma rede de corrupção global. 

No clássico "Jornada nas Estrelas IV: A Volta para Casa" (1986) os protagonistas precisam retornar ao passado para resgatar um casal de baleias jubartes, já que a espécie é a única esperança de salvar uma terra do futuro onde elas não existem mais. Embora seja uma ficção o filme serviu de alerta para o mundo que as baleias, assim como toda forma de vida marítima, são essenciais para o equilíbrio da vida na terra. "Seaspiracy: Mar Vermelho" (2021) é um documentário que também serve de alerta, mas de uma forma muito mais verossímil e assustadora.

Dirigido por Ali Tabrizi, o filme conta a história do próprio, que ao saber que o Japão iria retomar a caça comercial de baleias na Antártida, apesar da proibição mundial, ele decide viajar até Taiji, região em que criminosos atraem os animais para o abate no litoral, iniciando assim uma série de descobertas sobre a pesca ilegal. O que ele não imaginava é que isso levaria a obter descobertas ainda maiores ao longo da jornada.

Assim como "Uma Verdade Inconveniente" (2006), o documentário de Ali Tabrizi é uma obra que denuncia de forma escancarada a pesca ilegal que vários países ainda praticam pelos mares do planeta. Porém, esse problema se encontra somente na superfície, já que até mesmo as pescas legalizadas pelos governos do mundo também são causadores de diversos problemas ambientais, ao ponto que levará até mesmo décadas para os mares se recuperarem em sua total plenitude. Se por um lado, por exemplo, existe a campanha contra jogar fora plásticos ao mar, isso acaba sendo somente uma cortina de fumaça para esconder as diversas corrupções por detrás das pescas legais e das quais geram prejuízos até mesmo para os próprios futuramente.

Com uma montagem dinâmica, Ali Tabrizi age como um verdadeiro Michael Moore, ao ponto de até mesmo se arriscar quando tenta filmar escondido diversos momentos onde ocorrem pescas, tanto legais como as ilegais ao redor do globo. Ao mesmo tempo, o filme é recheado de informações vindas de estudiosos e entendedores do assunto e dos quais nos dão explicações coerentes e faz com que a gente entenda a situação da maneira mais simples. Em um determinado momento, por exemplo, observamos as consequências da extinção de determinados peixes, dos quais sem eles acabam por prejudicar outros demais peixes e, por fim, boa parte dos corais e de outras partes do fundo do mar.

Como não poderia deixar de ser, o documentário é recheado de momentos chocantes que, infelizmente, são necessários para testemunharmos o lado inconsequente do ser humano. Quando achamos que tudo pode piorar em cena, eis que o ato final, onde testemunhamos o massacre de diversas baleias, acaba sendo um verdadeiro choque para os nossos olhos já cansados. Curiosamente, o documentário não foge do fato que o mundo capitalista é, talvez, o verdadeiro responsável por esse quadro calamitoso, já que até mesmo aqueles que um dia pescavam peixes para sobreviver, hoje roubam para não morrer de fome, já que os grandes navios de grandes empresas tomaram posse de suas praias.

Embora os minutos finais os estudiosos nos dão certa esperança, parece que não há luz no final do túnel para essa situação. Tudo o que podemos fazer é a nossa parte, seja não comer mais peixe, ou evitar de usar lixos que podem um dia causar a morte de animais que estão à beira da extinção. "Seaspiracy: Mar Vermelho" é um verdadeiro soco no estômago, ao denunciar a pesca que provoca a morte de milhares de animais marítimos todos os dias e que pode provocar até mesmo a extinção da raça humana nas próximas décadas. 

Onde Assistir: Netflix.

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: