Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de maio de 2021

Sinopse: Streaming: 'I Am - Você Tem o Poder de Mudar o Mundo'

Sinopse: O diretor Tom Shadyac fala com os líderes intelectuais e espirituais sobre o que há de errado com nosso mundo e como podemos melhorar a nós mesmos e o modo como vivemos nele. 

Tom Shadyac foi o carro chefe durante os anos noventa com relação as comédias, já que foi o responsável, por exemplo, para a ascensão de Jim Carrey. Filmes como "Ace Ventura" (1994), "O Professor Aloprado" (1996), "O Mentiroso" (1997) e tantos outros, fizeram milhares de pessoas rirem nas salas de cinema e alcançando grande fama por esse feito. Porém, nem tudo são flores.

Assim como Jim Carrey, Tom Shadylac também sentiu o preço da fama, principalmente perante a uma situação que nem todo o dinheiro do mundo poderiam ajuda-lo. Coube então ele seguir um novo percurso e um tanto curioso. Em "I Am - Você Tem o Poder de Mudar o Mundo" (2011) mostra o seu lado mais humano e os caminhos que o levaram para uma nova encruzilhada e longe do universo de Hollywood.

Dirigido por Tom Shadyac, o filme conta um pouco sobre a vida de Tom Shadylac, um diretor de sucesso em Hollywood, que após um perigoso ferimento na cabeça, experimenta uma jornada para tentar descobrir e responder duas questões bem básicas, O que está errado no mundo? e, Que podemos fazer sobre isso? Com uma equipe de quatro pessoas, Tom visita algumas das grandes mentes dos dias de hoje, incluindo escritores, poetas, professores líderes religiosos e cientistas.

Quando olho para Tom Shadylac me vem rapidamente a imagem de Jim Carrey, sendo que esse pode-se dizer que é uma espécie de álter ego do cineasta e cuja as suas quedas em suas carreiras tem muita similaridade uma com outra. Mas, se por um lado Jim Carrey foi mais a fundo sobre si mesmo no documentário "Jim e Andy" (2017), do outro, Tom Shadylac opta somente nos primeiros minutos de projeção explicar os motivos que o levaram a fazer diversas perguntas sobre a sua própria vida e dando espaço para estudiosos sobre o assunto.

Com participações de Marc Ian Barasch, Tom Shadyac, Coleman Barks, Desmond Tutu, Noam Chomsky e Howard Zinn, o filme é recheado de informações sobre a vida, envelhecimento, morte, natureza e sobre a realidade em nossa volta. O resultado é um mosaico com tamanhas informações que uma hora e vinte de projeção não são os suficientes para preencher todas as lacunas. Porém, as pequenas informações acabam sendo preciosas, principalmente quando elas nos fazem pensar na medida em que elas são colocadas na mesa.

De forma humorada, o documentário possui um ritmo dinâmico, principalmente com uma montagem frenética em meio a tantas informações curiosas. Acima de tudo, é uma obra que fala sobre o ser humano atual cada vez mais preso aos seus bens materiais, quando na verdade deveria se preocupar muito mais com o mundo lá fora ainda desconhecido para se explorar. Para os fãs de obras que nos fazem pensar como no caso, por exemplo, do clássico "Matrix" (1999), o documentário é um prato cheio para aqueles que buscam abrir mais as suas mentes e enxergar muito além do que seus olhos podem ver.

"I Am - Você Tem o Poder de Mudar o Mundo" nos convida para testemunhar um lado mais simples sobre a vida, mas que ao mesmo tempo nos abre a mente para novas ideias sobre a realidade em nossa volta. 

Onde Assistir: Netflix. 

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: