Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Cine Dica: Streaming: ‘Emicida AmarElo - É Tudo Pra Ontem’

Sinopse: O documentário mescla animações, entrevistas e cenas dos bastidores do álbum Amarelo, do rapper Emicida lançado em   2019. Ao mesmo tempo, conta história da cultura negra brasileira nos últimos 100 anos. 

Por mais que a gente aprecie monumentos históricos de nossa arquitetura é preciso lembrar também que muitas delas foram levantadas por sangue de escravos, que foram retirados há muito tempo de suas casas para servirem ao poderio do homem branco. O tempo passa, mas a história é implacável contra aqueles que se achavam os donos do mundo e valorizando o povo negro que colaborou na construção da cultura brasileira como um todo. "Emicida AmarElo - É Tudo Para Ontem" (2020) não é somente um mero documentário, como também recapitulação de nossa história e da qual merece ser apreciada.

Dirigido por Fred Ouro Preto, o documentário explora todo o processo de criação do projeto AmarElo, do músico e militante negro, Emicida. Criado em estúdio, AmarElo foi apresentado no Theatro Municial, em São Paulo, 2019, em um show que abordou a história da cultura negra no Brasil.

Quando nós achamos que iremos ver um documentário sobre a vida do cantor, eis que ele nos brinda com uma verdadeira aula de história, nos mostrando as raízes do rapper assim como do próprio samba. Com isso, temos o direito de degustar de várias cenas, onde nos é apresentado grandes artistas das mais diversas áreas, sendo que todos são homens e mulheres negras que a classe conservadora branca tentou silenciar, mas não tendo força o suficiente para manter. Se formos resumir, o documentário é uma verdadeira árvore genealógica com diversos talentos e que cada um deles serviu de inspiração para os talentos que viriam a nascer no futuro próximo.

Tudo isso apresentado em meio ao cenário da cidade de São Paulo, da qual a sua história foi erguida com diversos talentos, sendo o mais representativo pelo arquiteto Joaquim Pinto de Oliveira, mais conhecido como Tebas. Portanto, é mais do que justo ter acontecido o show que ocorreu no  Theatro Municial, em São Paulo em 2019 e onde foi abordado a história da cultura negra no Brasil. Um feito histórico do qual foi registrado com êxito e cujo o documentário nos brinda com os melhores momentos.

Tecnicamente a obra é um colírio para os olhos, cujo os desenhos cartunescos representam diversos pontos da história do Brasil e fazendo do documentário ainda mais dinâmico e bem compreendido. Ao mesmo tempo há um cuidado especial com a edição de cenas, das quais as mesmas formam um verdadeiro balé de luzes, cores e sintetizando o calor da cultura negra que moldou e lutou para fazer parte de nossa história.  Uma aula de história digna de nota e que merecia ser vista e revista em todas as escolas.

Curiosamente, o documentário foi elaborado justamente no momento em que surgiu a pandemia do coronavírus e fazendo um paralelo surpreendente com a gripe espanhola no último minuto. Embora todos nós estejamos sofrendo nestes tempos de isolamento, o documentário nós dá ânimo quando nos diz que tudo é um círculo e do qual sobreviveremos assim como a nossa cultura como um todo. Em tempos em que há somente notícias ruins nada melhor do que assistir algo que revigore a nossa esperança de um futuro melhor e que ele venha logo.

Com uma justa homenagem a Marielle Franco no último minuto de projeção, “Emicida AmarElo - É Tudo Pra Ontem" é uma bela aula de como se faz um documentário e que fortalece ainda mais a nossa cultura brasileira em meio a esses tempos nebulosos. 

Onde Assistir: NETFLIX.

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: