Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Cine Dica: David Cronenberg: Seu Cinema e Suas Obsessões

 CURSO


Apresentação


A filmografia do canadense David Cronenberg é uma das mais peculiares do cinema contemporâneo. Dos cineastas em atividade pode-se afirmar que a obra de Cronenberg é única. Sua estética particular, suas narrativas perturbadoras e suas obsessões com o corpo em transformação / mutação são objeto de admiração de uma legião de fãs e de repulsa pelo público menos atento. Seu cinema provocativo e desafiador às convenções é um tormento para as platéias mais acostumadas ao cinema comercial de entretenimento. Nos filmes de Cronenberg sempre há algo inesperado, alguma coisa fora do lugar, um sentimento de inadequação ao espaço físico.

O "Curso de Férias" DAVID CRONENBERG: SEU CINEMA E SUAS OBSESSÕES, ministrado por Rosângela Fachel, fará uma análise da obra do cineasta, um ícone do cinema de horror, que foi além do gênero e explorou novos temas, não deixando nunca de imprimir sua percepção bem particular, seja qual for o objeto da narrativa.

Objetivos
O curso realizará uma retrospectiva da obra de David Cronenberg, de seus primeiros curtas-metragens até sua obra mais recente, propondo a discussão de seus filmes nos âmbitos cinematográfico e cultural. Além disso, serão abordadas no curso duas importantes questões referentes à obra de Cronenberg: a discussão acerca de sua identidade enquanto cineasta anglo-canadense e a sua condição enquanto um cineasta autor.




Programação
Aula 1
Abordagem dos três primeiros períodos da obra do cineasta:
I - A ciência de fazer filmes não é tão difícil - Nasce um cineasta:
A descoberta do cinema como possibilidade artística e a realização dos primeiros curtas-metragens: Stereo (1969) e Crimes of the Future (1970).
II - Adentrando o cinema de gênero - Os filmes de horror do período Cinepix:
A busca por ingressar em uma “indústria cinematográfica” e a realização dos primeiros filmes pela Cinepix: Calafrios(Shivers / The Parasite Murders / Frissons / They Came from Within / 1975) e Enraivecida na Fúria do Sexo (Rabid / 1976). A inauguração de um novo gênero de horror centrado no corpo humano.
III - Produzindo com mais dinheiro - As oportunidades do tax-shelter:
O período das produções realizadas com incentivo fiscal: Fast Company (1979); Filhos do Medo (The Brood / 1979); Scanners: Sua Mente Pode Destruir (Scanners / 1980), primeiro sucesso internacional do cineasta, eVideodrome: Síndrome do Vídeo (Videodrome / 1982).
Contextualização da importância de ser um cineasta anglo-canadense na obra de Cronenberg e as implicações disto nas relações que seus filmes estabelecem com o cinema nacional canadense e o com o cinema hollywoodiano. Para tanto, se fará necessária uma breve localização do cinema anglo-canadense em relação ao sistema cinematográfico mundial e principalmente em relação à Hollywood.

Aula 2
Retomando o ponto de encerramento do encontro anterior serão abordados os períodos seguintes da obra do cineasta:
I - Flertando com Hollywood - O trabalho com as produtoras norte-americanas:
Após o sucesso internacional os convites para filmar em Hollywood e os primeiros filmes realizados com produtoras estadunidenses: A Hora da Zona Morta (The Dead Zone / 1983) e A Mosca (The Fly / 1986), até então maior sucesso comercial do cineasta.
II - O reconhecimento artístico - Abandonando os filmes de gênero:
Afastando-se um pouco dos filmes de gênero de horror/ficção científica (mas não totalmente) o cineasta se aventura por um “cinema de arte” que dá origem aos cultsGêmeos: Mórbida Semelhança (Dead Ringers / 1988);Mistérios e Paixões (Naked Lunch / 1991); M. Butterfly (1993); Crash: Estranhos Prazeres (Crash / 1996) eeXistenZ (1999), obtendo sucesso como artista, mas fracasso comercial.
III - Sublimando as obsessões:
Deixando de lado as manifestações explícitas de suas obsessões Cronenberg parte para obras que parecem divergir de sua matriz autoral: Câmera (Camera / 2000 - curta-metragem); Spider: Desafie sua Mente (Spider / 2002);Marcas da Violência (A History of Violence / 2005); Senhores do Crime (Eastern Promises / 2007); No Suicídio do Último Judeu do Mundo no Último Cinema do Mundo (At the Suicide of the Last Jew in the World in the Last Cinema in the World / 2007 - curta-metragem); Um Método Perigoso (A Dangerous Method / 2010) e Cosmópolis(2012).
A partir do panorama geral traçado nos dois encontros será proposta a discussão da condição de Cronenberg enquanto autor, buscando desvelar algumas de suas matrizes autorais. Para tanto, será retomado o conceito de cinema de autor, oriundo das ideias da “política de autor” (proposta pelos críticos da Cahiers du Cinema) e discutir sua pertinência na atualidade.
Ministrante
Prof.ª Dr.ª Rosângela Fachel de Medeiros
Graduada em Comunicação Social, Mestre e Doutora em Literatura Comparada. Pesquisadora em questões referentes ao fazer cinematográfico em suas várias relações com a cultura e com as demais manifestações artísticas. O cinema do canadense David Cronenberg foi objeto de sua tese de doutorado intitulada “Cinema e identidade cultural: David Cronenberg questionando limites”.

Curso
"DAVID CRONENBERG: SEU CINEMA E SUAS OBSESSÕES"
de Rosângela Fachel

* Datas: 04 e 05 de Fevereiro (terça e quarta-feira)
* Horário: 19h30 às 22h
* Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (Rua dos Andradas, 1223 – Centro - Porto Alegre)
* Investimento: R$ 60,00 (valor de R$ 50,00 para as primeiras 10 inscrições - Valido apenas para pagamento por depósito bancário)
* Forma de pagamento: Depósito bancário ou Cartão de Crédito (via PagSeguro)
* Material: Apostila e Certificado de participação
* Informações: cenaum@cenaum.com / Fone: (51) 9320-2714
* Realização: Cena UM
* Patrocínio: Back in Black  /  Sapere Aude Livros
* Apoio: Espaço Vídeo

Nenhum comentário: