Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

CINE MÊS DAS BRUXAS: CINE TRASH: Parte 6

Neste mês das bruxas, vamos relembrar de umas das sessões de filmes que agente assistia na TV que mais deixou saudades, o Cine Trash. O programa comandado pelo saudoso Zé do Caixão exibia filmes de terror de baixo orçamento, mas muitos se tornaram pequenos clássicos do gênero e que muitos se lembram com bastante saudosismo.
Máscaras do Terror
Sinopse:: O filme também é conhecido pelo titulo "Palhaço Assassino" e conta a historia de um menino que tem fobia de palhaço e acaba sendo perseguido por um trio de lunaticos que fogiram de um manicomio e se vestem de palhaço para perseguir o menino.
Para aqueles que sofrem de coulrofobia (medo de palhaço) esse filme é arrepiante. Principalmente porque explora muito bem esse mau que certas crianças sofrem, e às vezes com razão, pois vai lá se saber quem está por traz da maquiagem. Dirigido por Victor Salva (do cultuado Energia Pura), a trama é simples, mas que prende o espectador do começo ao fim, já que Salva capricha nos momentos de suspense, auxiliado com uma bela montagem de cenas. Destaque para a seqüência do ataque dos palhaços psicopatas dentro da casa onde moram os pequenos protagonistas. A câmera, simplesmente faz um giro por diversos cômodos do lugar enquanto ocorrem as perseguições, criando assim uma sensação claustrofobia e tensão.



PALHAÇOS ASSASSINOS
 DO ESPAÇO SIDERAL
Sinopse:: Dois estudantes descobrem um estranho circo, que é habitado por aliens assassinos que se parecem com palhaços. Esses extraterrestres estão aterrorizando uma pequena cidade.
A primeira vez que assisti a esse filme, foi no comecinho quando o cine trash começou a ser exibido na band, na parte da noite e imediatamente fiquei pasmado com tamanha bobagem boa de se ver. A historia é absurda, pois os palhaço são alienígenas, vindos do espaço com o seu disco voador em forma de tenda de circo e chegam a terra para matar os seres humanos e transformar em (pasmem) algodão doce para comerem depois. Simplesmente não tem como levar a serio, pois a própria produção não se encarrega disso, e sim, escancara que é a mais pura produção trash e unicamente esta ali para entreter o espectador com uma trama tão boba, sem noção, mas divertida.
O elenco jovem (e sem talento) é desconhecido e o tal diretor dessa pequena perola é um tal de Stephen Chiodo que até aonde eu sei, não faz mais nada na carreira. Atualmente, existem muitos boatos de uma possível seqüencia, já que o filme foi redescoberto por uma nova legião de fãs, e com isso, não me surpreenderia se um pequeno estúdio desse sinal verde para uma seqüência dessa verdadeira perola do cine trash.


Me Sigam no Facebook e Twitter:

Nenhum comentário: