Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 13 de junho de 2017

Cine Dica: O Estranho Que Nós Amamos, A Vida Após a Vida e A Mulher Que Se Foi

A Mulher que se foi de Lav Diaz

A partir de terça-feira, 13 de junho, a Cinemateca Capitólio Petrobras exibe o clássico O Estranho Que Nós Amamos, dirigido por Don Siegel e protagonizado por Clint Eastwood, obra-prima que acabou de ganhar uma refilmagem de Sofia Coppola. O valor do ingresso para o filme de Don Siegel é R$ 10,00, com meia entrada para estudantes e idosos.

Na quinta-feira, 15 de junho, entram em cartaz dois filmes inéditos em Porto Alegre – o chinês A VIDA APÓS A VIDA, dirigido por Zhang Hanyi e produzido pelo renomado Jia Zhang-ke; e o vencedor do Leão de Ouro do último Festival de Veneza, A MULHER QUE SE FOI, novo drama monumental do diretor filipino Lav Diaz. O valor do ingresso para as estreias é R$ 16,00, com meia entrada para estudantes e idosos.

SESSÕES ESPECIAIS

Na sexta-feira, 16 de junho, às 20h, o Projeto Raros exibe na Cinemateca Capitólio Petrobras o filmeSYMPTOMS (1974, 92'), dirigido por José Ramon Larraz. Projeção em HD com legendas em português. Após a sessão, acontece debate com os pesquisadores Carlos Thomaz Albornoz e Paulo Blob. Entrada franca.

Na quarta-feira, 14 de junho, às 20h, acontece o pré-lançamento do novo curta-metragem de Antonio Carlos TextorA LIGA DOS CANELAS PRETAS. Entrada franca.


FILMES EM EXIBIÇÃO

O Estranho Que Nós Amamos
(The Beguiled)
105 min., Estados Unidos, 1971
Direção: Don Siegel
Distribuição: MPLC

Clint Eastwood e Geraldine Page estrelam este tenso drama psicológico sobre amor e traição. Durante a Guerra Civil Americana, um soldado da União ferido é abrigado pela diretora e pelas estudantes de um colégio para garotas no Sul do país. Enquanto sua saúde melhora, seu desejo aumenta. Poderá ele confiar que estas mulheres não irão entregá-lo? Exibição em HD.

A Mulher Que Se Foi
(Ang Babaeng Humayo)
228 minutos, Filipinas, 2016
Direção: Lav Diaz
Distribuição: Zeta Filmes

Horacia passou os últimos 30 anos numa penitenciária feminina. Ex-professora de escola primária, ela leva uma vida tranquila ajudando suas companheiras a praticarem a leitura e a escrita. Quando outra detenta confessa ter cometido o crime original, Horacia é libertada e parte em busca de sua família então distante. Enquanto procura pelo filho desaparecido, Junior, Horacia descobre novamente sua terra natal – as Filipinas do final dos anos 1990 –, apenas para concluir que seus habitantes vivem aterrorizados pela corrupção e sequestros desenfreados. Sua personalidade generosa fica contaminada por sentimentos de vingança. A mulher que se foi recebeu o Leão de Ouro na Mostra de Cinema de Veneza, em 2016. Exibição em DCP.

A Vida Após a Vida
(Zhi fan ye mão)
80 min., China, 2016
Direção: Zhang Hanyi
Distribuição: Zeta Filmes

Poucos moradores ainda vivem na pequena província chinesa de Shanxi, muitos se mudaram ou morreram, muitas casas abandonadas desabaram e alguns fantasmas voltaram. O espírito de Xiuying vagou por mais de uma década e retornou à aldeia através do corpo do filho, Leilei. Ela quer mover a árvore que plantou no jardim da família do marido quando se casou. Através da visão do passado de Xiuying vemos o que restou no presente, as pessoas, a reencarnação. Zhang Hanyi, em seu primeiro filme, capta o espectro entre a vida e o esquecimento. Exibição em DCP.

Symptoms
93 min., Inglaterra, 1974
Direção: José Ramon Larraz

Uma mulher vai para uma mansão no interior da Inglaterra a convite de sua amiga. O problema é que a mansão não é o que parece – e nem a amiga!
Indicado pela Inglaterra para o Festival de Cannes de 1973 e admirado pelo ator Jack Nicholson, então membro do júri, o filme do espanhol José Ramon Larraz andava fora de circulação desde 1983. Foi restaurado pela BBFC em 2016. Ao aproximar a tensão erótica e o terror, em sua época foi muito comparado a Repulsa ao Sexo de Roman Polanski. Exibição em HD.


A Liga dos Canelas Pretas
26 min., Brasil, 2017
Direção: Antonio Carlos Textor

O filme é baseado em materiais de arquivo e depoimentos de pessoas que combatem o preconceito racial no Rio Grande do Sul. As narrativas abrangem fatos históricos do final do século XIX e início do século XX, sobre inserção do negro na prática do futebol que era esporte da elite branca. Com representações ficcionais, visa ilustrar como se deu o processo de ingresso do negro no futebol e em paralelo, na sociedade rio-grandense, considerando a resistência alimentada, na época, por uma postura racista, herança da sociedade escravocrata e também, pelo sucessivo e cruel, processo conhecido como “branqueamento”, pelo qual o Brasil passou após o final da escravidão. Exibição em HD.


GRADE DE HORÁRIOS
13 a 21 de junho de 2017

13 de junho (terça)
16h – O Estranho Que Nós Amamos
18h – O Estranho Que Nós Amamos
20h – Finos Filmes – Curtas Portugueses

14 de junho (quarta)
16h – O Estranho Que Nós Amamos
18h – O Estranho Que Nós Amamos
20h – Sessão de pré-lançamento de A Liga dos Canelas Pretas

15 de junho (quinta)
14h30 – A Vida Após a Vida
16h – A Mulher Que Se Foi
20h – Finos Filmes – Curtas Brasileiros

16 de junho (sexta)
14h30 – A Vida Após a Vida
16h – A Mulher Que Se Foi
20h – Projeto Raros (Symptoms, José Ramón Larraz)

17 de junho (sábado)
14h30 – A Vida Após a Vida
16h – A Mulher Que Se Foi
20h – Pré-estreia Mulher do Pai

18 de junho (domingo)
14h30 – A Vida Após a Vida
16h – A Mulher Que Se Foi
20h – O Estranho Que Nós Amamos

20 de junho (terça)
14h30 – A Vida Após a Vida
16h – A Mulher Que Se Foi
20h – Cineclube Academia das Musas – (Um Divã em Nova York, Chantal Akerman)

21 de junho (quarta)
14h30 – A Vida Após a Vida
16h – A Mulher Que Se Foi
20h – Fête de la musique - Aliança Francesa (informações em breve)

Nenhum comentário: