Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Cine Especial: EDUARDO COUTINHO: 1933 – 2014


Fui somente conhecer melhor a filmografia desse grande diretor através do Curso “O que é um Documentário?” criado pelo Cena Um no ano passado,  onde o seu filme Edifício Master  foi o principal destaque da atividade. Ainda na semana passada, eu estava vendo pela primeira vez alguns de seus filmes como já clássico, Cabra Marcado para Morrer e Jogo de Cena. Á sua morte anunciada ontem de uma forma trágica me faz lamentar profundamente, porque mesmo eu tendo o conhecido tardiamente, sei que perdemos um grande cineasta, que mesmo nos seus 81 anos  estava em plena atividade.
Abaixo, deixo pelos menos três filmes essenciais de sua filmografia que valem uma conferida:

Edifício Master

Sinopse: O cotidiano dos moradores do Edifício Master, situado em Copacabana, a um quarteirão da praia. O prédio tem 12 andares e 23 apartamentos por andar. Ao todo são 276 conjugados, onde moram cerca de 500 pessoas. Eduardo Coutinho e sua equipe entrevistaram 37 moradores e conseguiram extrair histórias íntimas e reveladoras de suas vidas.
  
Anos atrás, Edifício Master era conhecido pela sua péssima reputação, onde se acontecia os mais diversos crimes. Curiosamente, o documentário se inicia com o Sindico do prédio chamado Sérgio, que segundo ele,  aos poucos foi reestruturando o lugar e transformando em um bom lugar para se viver. Coutinho então inicia uma jornada por dentro do prédio, onde faz uma visita surpresa para cada morador e começa então a ouvir cada uma de suas historias.        
Cada historia é diferente uma das outras, sendo que cada um possui um universo particular, mas que acaba extravasando na frente da câmera. Dos depoimentos, destaco dois que me chamaram muito atenção: uma talentosa garota, mas que não sabia dialogar na frente da câmera e um senhor que diz ter se encontrado com o próprio Frank Sinatra e cantado com ele em cima de um palco. Momentos de grande emoção.    

Cabra Marcado para Morrer 


Sinopse: Filme semi-documental da vida de João Pedro Teixeira, líder camponês paraibano assassinado em 1962, foi interrompido em 1964 e retomado 17 anos depois com novos depoimentos de camponeses que trabalharam na primeira filmagem e de outros personagens importantes para a história.

Filme corajoso, já que foi lançado em 1985, num tempo que os males da ditadura ainda se sentiam. O filme se divide em saber quem era João Pedro Teixeira e saber até em que parte foi rodado o filme que retratava á sua vida, pois a produção havia sido interrompida a mando do governo. Da metade para o final, Coutinho entrevista a esposa de Teixeira e desvenda a sua vida sofrida, cheias de lutas e na busca pela maioria de seus filhos que se se perderam ao longo dos anos.       
  
Jogo de Cena 


Sinopse: Atendendo a um anúncio de jornal, 83 mulheres contaram sua história de vida em um estúdio. 23 delas foram selecionadas, em junho de 2006, e filmadas no Teatro Glauce Rocha. Em setembro do mesmo ano várias atrizes interpretaram, a seu modo, as histórias contadas por estas mulheres.

Uma analise sobre inúmeros relatos, tanto de mulheres comuns, como também de atrizes conhecidas que contam suas historias fictícias ou realmente reais. O ápice do documentário é ouvirmos determinada historia que começa com uma, mas que continua através de outra pessoa. O interessante, por exemplo, é ouvirmos determinada historia e depois voltarmos a ouvi-la novamente através de outra atriz, mas que transmite uma emoção completamente diferente.  
Tudo rodado no Teatro Glauce Rocha, onde mulheres comuns e atrizes se descascam na frente da câmera. Em alguns momentos, as historias relatadas através de certas mulheres, que nunca pensaram na vida em serem atrizes, acabam surpreendentemente sendo as mais convincentes e despertam uma emoção genuína.  


Filmes dirigidos por Eduardo Coutinho:

1966: O Pacto (episódio do longa ABC do Amor)

1968: O Homem que Comprou o Mundo
1970: Faustão
1976: O Pistoleiro de Serra Talhada (média-metragem)
1976: Seis Dias em Ouricuri (média-metragem)
1978: Teodorico, o Imperador do Sertão (média-metragem)
1979: Exu, uma Tragédia Sangrenta (curta-metragem)
1980: Portinari, o Menino de Brodósqui (média-metragem)
1984: Cabra Marcado para Morrer
1987: Santa Marta - Duas semanas no morro (média-metragem)
1989: Volta Redonda, o Memorial da Greve (média-metragem)
1989: O Jogo da Dívida (média-metragem)
1991: O Fio da Memória
1992: A Lei e a Vida (média-metragem)
1993: Boca de Lixo (média-metragem)
1994: Os Romeiros de Padre Cícero (média-metragem)
1999: Santo Forte
2000: Babilônia 2000
2002: Edifício Master
2004: Peões
2005: O Fim e o Princípio
2007: Jogo de Cena
2009: Moscou
2011: As Canções


Me sigam no facebook e witter.

Nenhum comentário: