Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Cine Dica: Em Cartaz: TRAPAÇA


Sinopse: Ganhadores Globo de Ouro Melhor atriz coadjuvante: Jennifer LawrenceMelhor atriz Musical/Comédia: Amy AdamsMelhor filme Musical/Comédia.brbrIndicado ao Oscar nas categorias:brMelhor filme / Melhor diretor: David O. Russell / Melhor atriz: Amy Adams / Melhor ator: Christian Bale / Melhor ator coadjuvante: Bradley Cooper / Melhor atriz coadjuvante: Jennifer Lawrence / Melhor roteiro original / Melhor figurino / Melhor montagem / Melhor design de produção.brbrTrapaça conta a história do malandro Irving Rosenfeld que junto com sua sócia e amante Sydney Prosser são forçados a colaborar com Richie DiMaso um agente do FBI que infiltra Rosenfeld no mundo da máfia. Ao mesmo tempo o trio também se envolve na política do país através do candidato Carmine Polito. Tudo parece ocorrer bem até que a esposa de Rosenfeld Rosalyn decide aparecer e mudar as regras do jogo.



Assim como no seu filme anterior (O Lado Bom Da Vida) Russell não foca somente os protagonistas em questão. O diretor se preza 100% em mostrar determinadas partes do corpo, que por sua vez  representam um pouco da personalidade dos protagonistas. A sua câmera foca as unhas bem feitas de Rosalyn, o cabelo cacheado do personagem de Richie, o lindo decote de Sydney e a barriga saliente de Irvin, por exemplo. 
A ótima trilha sonora é bem executada, remetendo grandes sucessos dos anos 70, com oscilações entre o jazz e rock n’ roll. Uma das canções do filme pertence a David Bowie, artista bastante conhecido já em inúmeros filmes. O lado perfeccionista de Russell pode ser visto na cena em uma boate dos anos 1970, com Cooper e Adams dançando ao som de grandes sucessos da época. 
O figurino de Trapaça também merece seu devido destaque, já que é uma representação exata da moda que as pessoas usavam naquela época mais colorida. Talvez uma das grandes surpresas que o filme reserva, é o fato de ele homenagear o filme Bons Companheiros, de Martin Scorsese. Russell resgata a imagem do personagem vivido por Robert De Niro no clássico e a traz para seu longa através do mesmo astro veterano. Em Trapaça, De Niro faz uma pequena, mas marcante participação, interpretando o mafioso mais temido de Miami e fazendo a gente desejar que os bons tempos que ele atuava em ótimos filmes em seguida voltassem.   

Todo o elenco está ótimo no filme, sendo que cada um possui um desempenho que sempre rouba a cena. Christian Bale simplesmente encarna em seu  personagem, ao engordar 20 quilos para interpretar Irvin. Jennifer Lawrence mostra novamente do porque ser uma das melhores atrizes dessa nova geração, quando surge em cena interpretando Roselyn, uma mulher bipolar que inferniza a vida de seu marido. Bradley Cooper e Amy Adams também estão ótimos  em seus papéis.
É um filme, cujo ótimo desempenho de cada um dos atores é o que faz o filme se sustentar e ganhar grande destaque através dos cinéfilos. Com 9 indicações ao Oscar, Trapaça pode não ser tudo isso que a critica americana construiu na imprensa sobre ele, mas é uma prova que um filme ganha alma através de um ótimo elenco com incríveis desempenhos.  
 

Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: