Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Cine Especial: Cinema 2013: Parte 2


Lincoln

Sinopse: Baseado no livro “Team of Rivals: The Genius of Abraham Lincoln”, de Doris Kearns Goodwin, o filme abordará a participação do 16º presidente norte-americano na Guerra Secessão, que acabou com a vitória do Norte.

Disparado como um dos favoritos para o Oscar desse ano e não é pelo fato de ser estrelado por um dos personagens de maior importância para a historia americana, pois se fosse assim, Lincoln: Caçador de Vampiros teria sido reconhecido, tanto pela critica como pelo publico. Tudo é questão de quem dirige melhor as rédeas dos cavalos, que pelo visto, o velho e bom moço Steven Spielberg soube domar e contornar os problemas de levar um personagem histórico como esse de tamanha importância.
Com mais de cem milhões de dólares ganhos na bilheteria, muitos dizem que esse é o melhor filme do cineasta desde O Resgate do Soldado Ryan. Se for esse o caso, o diretor deve ter feito uma reconstituição de época fantástica, contando os principais momentos da guerra civil americana e explorando ao máximo quem foi Lincoln realmente. Para interpretar um papel desse quilate só mesmo alguém que já atuou em papeis maiores do que a vida e esse alguém é Daniel Day-Lewis. Responsável por uma das melhores atuações da primeira década do século 21 (em Sangue Negro), Lewis com certeza estará presente como indicado na próxima cerimônia do Oscar e se ganhar será mais do que merecido, pois é um ator que atua pouco no cinema, mas o suficiente para dar boas aulas de como se atua com intensidade extraordinária.
O filme estréia por aqui dia 25 de Janeiro.      

Me  Sigam no Facebook e Twitter

Nenhum comentário: