Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Cine Especial: TRILOGIA HOMEM ARANHA


Com a chegada do Espetacular Homem Aranha nos cinemas, vamos relembrar um pouco da trilogia comandada por Sam Raimi e estrelada por Tobey Maguire.   

Homem Aranha

Sinopse: Peter Parker (Tobey Maguire) é um jovem estudioso que vive com seus tios, Ben (Cliff Robertson) e May (Rosemary Harris), desde que seus pais faleceram. Inteligente e com um grande interesse pela ciência, Peter tem dificuldade em se relacionar com seus colegas, por ser tímido e por eles o considerarem um nerd. Até que, em uma demonstração científica, um acidente inesperado faz com que aranha modificada geneticamente pique Peter. A partir de então seu corpo é quimicamente alterado pela picada da aranha, fazendo com que Peter possa escalar paredes e tetos, emitir pelos punhos um fluido ultra-resistente semelhante à uma teia de aranha e passe a ter um "sentido de aranha", que o avisa sempre que há perigo por perto, além de superforça e visão ampliada. Inicialmente Peter pensa em usar seus novos poderes para ganhar dinheiro, adotando o nome de Homem-Aranha e se apresentando em lutas de exibição. Porém, ao permitir que um ladrão fuja por não considerar sua função capturá-lo, o fugitivo acaba assassinando seu tio Ben. A partir de então, Peter decide não mais usar seus poderes para proveito próprio e sim para enfrentar o mal, tendo como seu primeiro grande desafio enfrentar o psicótico Duende Verde (Willem Dafoe), que na verdade é o empresário Norman Osborn após ter sido exposto à um gás experimental que lhe deu uma segunda personalidade e grande força física.


Durante muitos anos, foi um verdadeiro parto levar as aventuras do popular herói Marvel para o cinema, mas graças ao sucesso de Blade, e o primeiro filme dos X-Men, produtores da Sony viram o potencial desses heróis no cinema, o que levou então a produzirem adaptação que  seria o inicio da era de ouro das adaptações do inicio do século 21. Com a direção de Sam Raimi, acompanhamos o nascimento do herói gradualmente e sem pressa, para termos total simpatia por ele e compreender as suas motivações. Há primeira hora é a montagem do palco, para a criação tanto do herói como do vilão, que aqui é o Duende Verde, interpretado por competência habitual de Willem Dafoe.
O filme se divide na ação, com o amadurecimento do personagem perante as adversidades trágicas que o fazem a se tornar um herói, com o amor impossível que ele sente pela personagem Mary Jane (Kisten Dunst). Embora seja um filme que possua ótimas cenas de ação, e efeitos especiais caprichados, os fãs habituais de Raimi podem se sentir um tanto que desapontados, por não enxergarem em nenhum momento do filme as marcas registradas habituais do cineasta, como movimento vertiginoso da câmera tão usado na trilogia Uma Noite Alucinante. Mas nada que comprometa o resultado final, que acabou se tornando tanto um sucesso de critica, como de publico e que alavancou a grande leva de super heróis para o cinema.                        

Homem Aranha 2

Sinopse:Após derrotar o Duende Verde a vida de Peter Parker (Tobey Maguire) muda por completo. Temendo que Mary Jane (Kirsten Dunst) sofra algum risco por ser ele o Homem-Aranha, Peter continua escondendo o amor que sente e se mantém longe dela. Ao mesmo tempo precisa lidar com Harry (James Franco), seu melhor amigo, cuja raiva pelo Homem-Aranha aumenta cada vez mais por considerá-lo como sendo o assassino de seu pai. Além disso sua tia May (Rosemary Harris) passa por uma fase difícil após a morte de seu tio Ben, estranhando também o comportamento do sobrinho. Enquanto precisa lidar com seus problemas particulares Peter recebe ainda uma má notícia: o surgimento do Dr. Octopus (Alfred Molina), um homem que possui tentáculos presos ao corpo.

Com o sucesso estrondoso do primeiro filme, Sam Raimi teve total liberdade criativa para a criação dessa seqüência. Com a origem já contada, o filme explora outros pontos da vida do personagem, como se dividir nos estudos, trabalho e na vida de super herói. Isso acaba gerando um estresse psicológico no personagem, rendendo momentos antológicos, em que ele perde os poderes e rendendo situações constrangedoras (a cena do elevador é hilária). Além do já habitual "chove e não molha" da relação de Peter e Mary Jane, temos o nascimento de um novo vilão, o Doutor Octopus, brilhantemente interpretado por Alfred Molina (Frida).
E se muitos sentiam falta da total liberdade criativa do diretor no filme anterior, aqui Raimi soltas as amarras, e trás a tona o que sabe fazer de melhor com a câmera, desde zooms rápidos há giros da câmera vertiginosos. Bom exemplo disso, é na seqüência em que Octopus está na mesa de cirurgia de um hospital, e que acaba matando todos os médicos, numa cena, que imediatamente nos faz agente se lembrar dos melhores momentos da trilogia Uma Noite Alucinante. Com cenas fantásticas de ação (a do trem está entre as melhores cenas de ação da historia), e um ato final que nos brinda com um verdadeiro gancho para derradeira terceira parte, Homem Aranha 2 até hoje é a melhor aventura do herói no cinema, por ser feita com coração e de uma forma bem pensada.             
  
Homem Aranha 3

Sinopse:Peter Parker (Tobey Maguire) conseguiu encontrar um meio-termo entre seus deveres como o Homem-Aranha e seu relacionamento com Mary Jane (Kirsten Dunst). Porém o sucesso como herói e a bajulação dos fãs, entre eles Gwen Stacy (Bryce Dallas Howard), faz com que Peter se torne auto-confiante demais e passe a negligenciar as pessoas que se importam com ele. Porém a situação muda quando ele precisa enfrentar Flint Marko (Thomas Haden Church), mais conhecido como o Homem-Areia, que possui ligações com a morte do seu tio Ben. Tendo que lidar com o sentimento de vingança, Peter passa a usar um estranho uniforme negro, que se adapta ao seu corpo.

É aqui que a porca torce o rabo. Não que Homem Aranha 3 seja um desastre por completo, pois  tem uns momentos bons, como a origem do Homem Areia (Thomas Haden Church), mas da a sensação que houve muito enchimento na linguiça, ao ponto que por muitos momentos, o filme acaba se perdendo em inúmeras sub-tramas. Mas foi a pretensão que falou mais alto, principalmente pela inclusão do vilão Venon na trama, que foi exigência tanto da Sony, como da própria Marvel, que queriam um vilão popular dos quadrinhos recentes do herói, mas que convenhamos, o personagem é símbolo de umas piores fases dessa arte nos anos 90.
Repito, o filme tem os seus momentos, quando o simbiose alienígena começa a dominar Peter, através do traje, criando então, uma nova personalidade até então desconhecida do personagem. Mas daí o filme se perde em muitas coincidências forçadas, tanto na origem de Venon, como na modificação desnecessária sobre o verdadeiro assassino de Tio Bem. O filme se tornou o mais lucrativo dos três, mas não impediu de ser bombardeado pelos fãs do herói, o que acabou fazendo a Sony repensar numa trama que recomeçasse tudo do zero, culminando então no novo O Espetacular Homem Aranha.     


   Me Sigam no Facebook e Twitter:     

2 comentários:

renatocinema disse...

Quando fui assistir o primeiro filme da trilogia o receio era grande.....depois alegria total.

O segundo também gostei muito.


Concordo quando diz que o terceiro não é ruim. Mas, não tem a mesma qualidade dos outros.


A nova versão me deixou novamente receoso.......espero ser feliz novamente.

Jefferson C. Vendrame disse...

A Trilogia é sempre agradável de ver e rever numa tarde de férias com uma boa pipoca.... SÓ, NADA MAIS....

O novo filme não me desperta atenção nenhuma, trata-se de puro apelo comercial, com certeza não terá nada de novo, temos diversos exemplos NEGATIVOS do que acontece com filmes quando se muda a equipe original, mas enfim...