Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de julho de 2012

Cine Especial: BATMAN NO CINEMA: Parte 1


Com o filme Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge nos cinemas, vamos recapitular todas as aventuras do homem morcego que já teve no cinema, confiram:  

Batman, o Homem-Morcego

Sinopse: Em Gotham City, Charada (Frank Gorshin), Pinguim (Burgess Meredith), Coringa (Cesar Romero) e Mulher-Gato (Lee Meriweather) roubam uma invenção secreta e planejam usá-la de forma maléfica. Além disto, planejam também destruir o Homem-Morcego e o Menino-Prodígio.

Longa metragem produzido para o cinema em 1966, na esteira do sucesso da série de TV, e não ao contrario, como é de costume. Tudo é escrachadamente divertido, usando e abusando da linguagem das HQ daquele período mais inocente dessa arte. Cores fortíssimas, angulações de câmera inclinada, interpretações beirando ao circense e diálogos absurdos e engraçados, mantém o filme num pique de bom humor constante.
É um filme que deu certo no seu tempo, que embora tenha envelhecido muito para alguns, é prato cheio para os fãs do homem morcego, que buscam nem sempre uma visão sombria do herói. Não faltam cenas clássicas desse filme, mas uma que imediatamente se tornou clássica, foi aquela que Batman (Adan West), fica correndo para todos os lados com uma bomba redonda e tenta se livrar dela para não ferir ninguém, mas sempre surge algo no caminho para atrapalhar. Para aqueles que assistiram a ultima superprodução do herói do cinema, fica mais do que claro que o diretor Nolan prestou uma homenagem a essa cena, e quem já assistiu o filme, sabe o que eu estou falando.     
  

Me  sigam no Facebook e Twitter

2 comentários:

renatocinema disse...

Trahs, insano, humorado, light,.....imperdível

Gilberto Carlos disse...

Esse seriado era muito engraçado. Assisti um telefilme com um episódio duplo e me diverti bastante.