Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

domingo, 20 de dezembro de 2009

Cine Especial: OS FILMES QUE REVOLUCIONARAM A ARTE DE SE FAZER CINEMA

Com a chegada de Avatar que promete revolucionar em termos de efeitos visuais e 3D decidi abrir um pouco a minha cabeça e me lembrar de quais foram os filmes que mais ajudaram a melhorar o mundo do entretenimento e da arte que é o cinema.

Talvez tenha ficado uns de fora mas os que eu citei não a como negar, cada um deixou a sua marca que é sentida até hoje, confiram a lista.

1º)TUBARÃO (1975)

sinopse:
Um terrível ataque a banhistas é o sinal de que a praia da pequena cidade de Amity virou refeitório de um gigantesco tubarão branco, que começa a se alimentar dos turistas. Embora o prefeito queira esconder os fatos da mídia, o xerife local (Roy Scheider) pede ajuda a um ictiologista (Richard Dreyfuss) e a um pescador veterano (Robert Shaw) para caçar o animal. Mas a missão vai ser mais complicada do que eles imaginavam. (RC)


David Brown e Richard D. Zanuck eram produtores poderosos na época e sabiam o que faziam, mas arriscaram tudo quando colocaram no colo o projeto Tubarão no jovem cineasta que a recém havia feito um filme para tv de sucesso (Encurralado) e que seria sua primeira superprodução em mãos. Resultado?? Steven Spielberg passou um verdadeiro inferno durante as filmagens pelo fato principalmente do Tubarão eletrônico nunca funcionar direito e fazer a produção ficar parada as vezes por semanas, David Brown e Richard bateram o pé e mantiveram o diretor até o final. Com empenho persistência Steven Spielberg criou um dos melhores filmes de todos os tempos em que tensão e o medo caminhavam lado a lado do espectador a cada momento que se ouvia a famosa trilha de Jhon Willhans (tan tan tan tan) e fez o filme se tornar o primeiro a quebrar a marca dos 100 milhões de dólares em bilheteria. Depois disso Steven Spielberg começou seu reinado no cinema. Vencedor de 3 Oscar


2º)Star Wars (1977)

sinopse:
:Luke Skywalker (Mark Hammil) sonha ir para a Academia como seus amigos, mas se vê envolvido em uma guerra intergalática quando seu tio compra dois robôs e com eles encontra uma mensagem da princesa Leia Organa (Carrie Fisher) para o jedi Obi-Wan Kenobi (Alec Guiness) sobre os planos da construção da Estrela da Morte, uma gigantesca estação espacial com capacidade para destruir um planeta. Luke então se junta aos cavaleiros jedi e a Hans Solo (Harrison Ford), um mercenário, e junto com membros da resistência tentam destruir esta terrível ameaça.


Teimosia, é melhor termo para se referir sobre o segredo do sucesso desse filme de George Lucas. O estúdio fox simplesmente achava o projeto uma maior furada, principalmente pelo filme sofrer inúmeros atrasos e o resto da produção simplesmente não entender o que passava na cabeça do diretor. Mas Lucas seguiu com a sua teimosia em frente, fundou seu estudio efeitos visuais Industrial Light & Magic e tocou o barco até o fim apesar de todos os atrasos. O resultado final: É um belo épico espacial que faz o espectador relembrar os antigos filmes de aventura nas matinês de sábado, auxiliados com incríveis efeitos visuais que mesmo hoje em dia ainda impressionam e consagrou o jovem elenco, dentre eles o futuro astro Harrison Ford. Com isso Lucas criou mais dois capítulos e formou o que hoje é conhecido como a clássica trilogia, além do fato que seu estúdio foi responsável por inumeros filmes em termos de efeitos visuais, algo que é sentido até hoje. Vencedor de 7 Oscar


3º)Uma Cilada para Roger Rabbit (1988)

Sinopse:
Detetive (Bob Hoskins) contratado para descobrir o que está acontecendo com Roger Rabbit, acusado de um crime no mundo real, se apaixona pela sensual Jessica, dando origem a um louco triângulo amoroso.


Robert Zemeckis (vindo do sucesso da trilogia De volta para o futuro) cria aqui talvez um dos filmes que mais soube misturar atores com desenhos animados na mesma cena. Nada é deixado para traz, desde sombra a contato físico, os humanos se interagem com os desenhos de uma maneira absurda de tão realista e ainda hoje não houve filme que superasse essa sensação. Vencedor de 4 Oscar.


4º)O Segredo do Abismo (1989)

sinopse:
Uma equipe de uma platorma civil de exploração de petróleo se vê repentinamente com a missão de tentar resgatar o USS Montana, um submarino nuclear que afundou misteriosamente com 156 tripulantes e, após o ocorrido, não houve mais contato. A plataforma é usada para a "Operação Salvo", a operação de resgate que visa resgatar a tripulação do Montana, pois apesar de saberem onde está o submarino um furacão se aproxima e, assim, a Marinha não terá tempo hábil de chegar ao local. Com isso, a equipe da plataforma se torna a melhor opção para realizar o salvamento, ficando acertado que o tenente Coffey (Michael Biehn) supervisionará as operações. Entretanto, Bud Brigman (Ed Harris), um mergulhador que chefia a plataforma, diz à operação que acaba de pressentir que sua equipe corre perigo, mas Brigman não poderia imaginar que iria se deparar com algo totalmente surpreendente.


James Cameron neste filme deu a primeira dica do que viria nos anos 90. O ser feito de água que faz contato com humanos foi a primeira mostra de um personagem 100% digital que contra cena com os atores, isso graças ao CGI feito pelos estúdios de Light & Magic


5º) O EXTERMINADOR DO FUTURO 2:
O JULGAMENTO FINAL (1991)

sinopse:
Uma criança destinada a ser líder (Edward Furlong) já nasceu, mas infeliz por viver com pais adotivos, pois foi privado da companhia da mãe (Linda Hamilton), que foi considerada louca quando falou de um exterminador vindo do futuro. Neste contexto, um andróide (Arnold Schwarzenegger) vem do futuro, mais exatamente um modelo T-800 igual ao filme original, para proteger o garoto, mas existe um problema: o mais avançado andróide existente no futuro, um modelo T-1000 (Robert Patrick), que feito de "metal líquido", não pode ter nenhum dano permanente e pode assumir a forma que desejar, também veio para o passado com a missão de matar o menino.


Além de ser superior ao primeiro, James Cameron lança o que muitos chamaram do “efeito visual que mudaria a década de 90”. O personagem T.1000 QUE MUDAVA DE FORMA GRAÇAS AO CGI virou uma sensação sem precedentes na época e gerou tanto sucesso que não faltou filmes, propagandas (novelas daqui) que imitassem o efeito incrível.


6º) PARQUE DOS DINOSSAUROS(1993)

sinopse:
Um parque construído por um milionário (Richard Attenborough) tem como habitantes dinossauros diversos, extintos a sessenta e cinco milhões de anos. Isto é possível por ter sido encontrado um inseto fossilizado, que tinha sugado sangue destes dinossauros, de onde pôde-se isolar o DNA, o código químico da vida, e, a partir deste ponto, recriá-los em laboratório. Mas, o que parecia ser um sonho se torna um pesadelo, quando a experiência sai do controle de seus criadores.


Steven Spielberg queria algo novo na produção que fizesse os dinossauros se interagissem com os humanos como se fossem realmente reais, só que quando pediu aos estúdios Light & Magic que até a pouco tempo havia sido responsável pelos efeitos de T 1000 no Exterminador 2 jamais havia imaginado aonde chegariam. Esqueça o stop motiun, aqui os dinossauros andam de uma forma de tão realista que muitos ficavam se perguntando se os dinossauros realmente voltaram a vida. Resultado? Maior bilheteria mundial na época e vencedor de 3 Oscar.

7º) TOY STORY (1995)

Sinopse:
O aniversário de Andy está chegando e os brinquedos estão nervosos. Afinal de contas, será que um deles será esquecido por alguma nova maravilha da tecnologia? Este o dilema central de Toy Story, que nos apresenta a história de como Woody, um caubói do faroeste, e Buzz Lightyear, um astronauta do espaço, se conhecem e disputam a preferência de Andy.


Pixar na época era conhecido por ser um dos estúdios que George Lucas havia fundado para fazer pequenos curtas metragens, acabou sendo comprado pela Disney que na época estava na era do ouro com Rei Leão e Alladin.
John Lasseter foi encarregado de produzir o primeiro longa metragem de animação de computação gráfica. O resultado é um filme revolucionário e ao mesmo tempo com uma ótima historia que fez escola. Depois disso o estúdio Pixar não parou mas nunca se esqueceu de criar acima de tudo uma ótima historia. Atualmente surgiram novos estúdios fazendo filmes de animação de computação, mas em tempos de “UP” Pixar prova que ainda é sinônimo de qualidade


8)Titanic (1997)

sinopse:
Jovem aventureiro (Leonardo DiCaprio) ganha passagem, em mesa de jogo, para a primeira viagem do transatlântico Titanic. No navio, apaixona-se por Rose Bukater (Kate Winslet), noiva de um homem rico e arrogante (Caledon Hockley), com quem vive um amor proibido. Mas a viagem ganha contornos trágicos quando o navio se choca com um iceberg.


Quando se retrata uma determinada época as vezes se exige uma super produção bem cuidada, mas ninguém imaginaria que James Cameron usasse isso ao pé da letra. Unindo efeitos visuais com realismo absoluto, Cameron recriou com precisão um dos mais trágicos acidentes marítimos da historia e em meio a isso uma historia de amor em meio ao caos.
Nem preciso dizer o que aconteceu né!!! Maior bilheteria da historia do cinema, vencedor de 11 Oscar


9º) MATRIX (1999)

sinopse:
Em um futuro próximo, Thomas Anderson (Keanu Reeves), um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, é atormentado por estranhos pesadelos nos quais encontra-se conectado por cabos e contra sua vontade, em um imenso sistema de computadores do futuro. Em todas essas ocasiões, acorda gritando no exato momento em que os eletrodos estão para penetrar em seu cérebro. À medida que o sonho se repete, Anderson começa a ter dúvidas sobre a realidade. Por meio do encontro com os misteriosos Morpheus (Laurence Fishburne) e Trinity (Carrie-Anne Moss), Thomas descobre que é, assim como outras pessoas, vítima do Matrix, um sistema inteligente e artificial que manipula a mente das pessoas, criando a ilusão de um mundo real enquanto usa os cérebros e corpos dos indivíduos para produzir energia. Morpheus, entretanto, está convencido de que Thomas é Neo, o aguardado messias capaz de enfrentar o Matrix e conduzir as pessoas de volta à realidade e à liberdade.

Filme que lembra animações japonesas de ficção (Fantasma do Futuro), câmera lenta em abundancia que faria até o próprio Jon Hoo ficar morrendo de inveja, giro de 360º graus numa determinada cena, disparos que nos vemos as balas indo. Tudo isso no mesmo filme que virou sensação em 99 e que acabou sendo um dos filmes mais importantes no final do século 20. Gerou continuações, animações, livros etc...
Pena que os Andy Wachowski , Larry Wachowski não fizeram algo ainda que superasse sua maior obra prima

10) O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel (2001)

sinopse:
Numa terra fantástica e única, chamada Terra-Média, um hobbit (seres de estatura entre 80 cm e 1,20 m, com pés peludos e bochechas um pouco avermelhadas) recebe de presente de seu tio o Um Anel, um anel mágico e maligno que precisa ser destruído antes que caia nas mãos do mal. Para isso o hobbit Frodo (Elijah Woods) terá um caminho árduo pela frente, onde encontrará perigo, medo e personagens bizarros. Ao seu lado para o cumprimento desta jornada aos poucos ele poderá contar com outros hobbits, um elfo, um anão, dois humanos e um mago, totalizando 9 pessoas que formarão a Sociedade do Anel.


Nel Line cinema colocou 300 milhões no bolso do até então bom diretor Peter Jackson para levar aos cinemas o que muitos achavam impossível, levar o mundo da terra média as telas. Usando novas tecnologias (graças aos estúdios Weta) com antigos recursos, Peter conseguiu de uma maneira absurda um realismo sem precedentes ao retratar esse mundo novo. A sensação que se da é que estamos vendo a terra no inicio dos tempos, onde ainda era nova e intocada, em meio a isso a velha luta entre o bem e o mau no qual não se via desde a muito tempo numa galáxia distante. Vendo qualidade da Weta em termos de efeitos visuais, James Cameron a contratou para produzir o filme do momento, AVATAR.. Vencedor de 4 Oscars


Nenhum comentário: