Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Cine Dica: Durante a Quarentena Assista: 'A Música da Minha Vida'

Sinopse: Javed é um adolescente britânico de ascendência paquistanesa que cresceu na cidade de Luton, em Inglaterra, em 1987. Através da música de Bruce Springsteen, Javed revê a sua vida de classe trabalhadora nas letras poderosas das canções. 

O ano de 2019 não foi muito bom para mim e para muitos brasileiros que ficaram desempregados ao longo desse tempo. Porém, ao longo desse ano, eu continuei assistindo e escrevendo sobre o cinema para me manter em cima dos trilhos. Uma das coisas que me ajudou a ter inspiração na escrita ao longo do tempo foi a própria música.
Após eu ter assistido "Bohemian Rhapsody" (2018) fiquei fascinado pela banda Queen e fiquei ao longo do ano ouvindo as suas músicas enquanto as próprias me serviram para me sentir bem durante a escrita na frente da tela. Não tenho menor dúvida que isso colaborou para eu seguir em frente e, em parte, ter me ajudado a finalmente conseguir um emprego decente. Portanto, era uma questão de lógica que me identificaria com o filme "A Música da Minha Vida", onde os conflitos familiares e políticos de uma época não impediram de o protagonista seguir em frente e isso graças ao empurrãozinho de uma boa música.
Dirigido por  Gurinder Chadha, do filme "Paris, Teamo" (2006), o filme é baseado em fatos reais em que aconteceram em Luton, 1987, onde conhecemos Javed (Viveik Kalra), um adolescente de ascendência paquistanesa, que nasceu na Inglaterra após seus pais migrarem para o país. Proibido pelo pai (Kulvinder Ghir) de ter uma namorada e até mesmo a ir em festas, ele se sente acuado em uma vida que se limita a ir de casa para o colégio, e vice-versa. Um dia, um amigo do colégio (Aaron Phagura) lhe dá duas fitas cassete de álbuns de Bruce Springsteen. Javed começa a ouvi-las e logo se identifica com as canções, que não o estimulam a lutar pelo que deseja.
Mais de que um simples musical, o filme é um verdadeiro deleite para essa geração de hoje que se encontra fascinada pela essa onda nostálgica pelos anos 80. Quem cresceu naqueles tempos com certeza irá se identificar pelos muitos elementos vistos na tela, desde a questões da moda, cultura pop, questões políticas e lutas sociais daqueles tempos que ninguém esquece. Mas é através da música que faz com que as lembranças se tornem ainda mais douradas e isso graças as letras do lendário Bruce Springsteen e do qual o protagonista admira.
A partir do momento que Javed escuta as suas músicas o filme adentra em uma dinâmica edição, onde o ritmo das cenas, alinhado com as letras das músicas do cantor saltando na tela, fazem com que o filme se eleve para diversas direções. Transitando entre realidade e fantasia, os realizadores não se intimidaram em transformar a obra em um verdadeiro musical, mas do qual nos empolgamos a cada momento quando a música é tocada e fazendo a gente desejar estar ao lado do protagonista dançando na pista. Viveik Kalra está ótimo em cena e transmitindo em seus olhos toda a aura complexa do seu personagem e do desejo dele em buscar novos ares.
É claro que, como toda boa comédia musical, o segundo ato em diante nos reserva fórmulas de sucesso dentro do gênero, mas do qual faz se tornar um tanto previsível. Porém, isso não faz com que o filme perca o seu brilho, pois em tempos nebulosos e indefinidos em que vivemos, é sempre bom assistir a um filme que nos traga tantos pensamentos positivos. Acima de tudo, é um filme sobre a união da família em tempos de adversidade, ir em busca dos seus sonhos, não importando a que preço e abraçar os seus reais objetivos.
"A Música da Minha Vida" é uma singela carta de amor para todos aqueles que sonham em voltar mais alto. 


Onde Assistir: Google Play. 

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: