Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Cine Especial: COMO ASSISTIR A CINE-SÉRIE STAR WARS: Parte 1



 

Dia 17 de dezembro o universo de Star Wars invade os cinemas do mundo inteiro com o capitulo VII: O Despertar da Força e devido a isso não faltam propagandas, brinquedos, gibis e games pegando carona com o possível sucesso gigantesco de bilheteria que o filme irá proporcionar. Mas sempre há aqueles marinheiros de primeira viagem e que até hoje não conseguiram assistir nenhum dos seis filmes já lançados. Mas a pergunta que fica no ar é, por onde assistir?
Quando George Lucas lançou o seu revolucionário filme em 1977, o título era somente Star Wars. Porém, nas sessões seguintes, e o sucesso cada vez maior, eis que surgiu nas telas os dizeres  episódio IV: Uma Nova Esperança. Após isso vieram o capitulo V: Império Contra Ataca e VI: O Retorno de Jedi. Claro que os fãs de carteirinha queriam saber se havia roteiros dos capítulos I,I e III e eis que Lucas lançou a sua trilogia “prequel” de sua saga espacial  a partir 1999.
Porém, nem todos gostam da última trilogia, principalmente por ela ter começado com um filme tão fraco que foi Ameaça Fantasma. O pior que esse filme carrega o fardo de, cronologicamente, ser o princípio da jornada da vida dos heróis e vilões que conheceríamos nos filmes anteriores. Daí você que é fã e deseja apresentar a saga para a sua namorada, amigos ou filhos, como vai querer apresentar a partir de um filme tão sem sal para um marinheiro de primeira viagem?
Pensando nisso, eu montei mentalmente de uma forma bem criativa para se assistir a saga. Confiram abaixo: 


STAR WARS: Episódio IV: Uma Nova Esperança 


Sinopse: Luke Skywalker (Mark Hammil) sonha ir para a Academia como seus amigos, mas se vê envolvido em uma guerra intergalática quando seu tio compra dois robôs e com eles encontra uma mensagem da princesa Leia Organa (Carrie Fisher) para o jedi Obi-Wan Kenobi (Alec Guiness) sobre os planos da construção da Estrela da Morte, uma gigantesca estação espacial com capacidade para destruir um planeta. Luke então se junta aos cavaleiros jedi e a Hans Solo (Harrison Ford), um mercenário, para tentar destruir esta terrível ameaça ao lado dos membros da resistência.


Independente do que aconteça, fã ou não fã, é preciso conhecer Star Wars a partir desse filme. A obra remete as antigas matinês de ficção e aventura da qual George Lucas cresceu assistindo. O filme já abre de uma forma estupenda, da qual se vê uma imensa nave a caça de uma pequena.
Gradualmente conhecemos os mocinhos, os bandidos, além de conhecer a mitologia da força através das palavras do velho mestre jedi Obi-Wan Kenobi (Alec Guiness, indicado ao Oscar). Embora nós atualmente estejamos acostumados com efeitos realistas nos dias de hoje, é preciso tirar o chapéu para Lucas ter inventado inúmeros efeitos revolucionários naquele tempo e lembrando que Hollywood daquela época mal usava ainda computadores. A partir desse filme, Lucas abriu o estúdio de efeitos visuais Lucasfilm que se tornou sempre requisitada na elaboração de efeitos visuais de filmes dos anos 80 e 90.
Com um final arrebatador, onde ação se passa na Estrela da Morte, o filme encerra de uma forma perfeita, fazendo o cinéfilo ficar com um largo sorriso no rosto, mas para aqueles que viveram isso na época, mal sabiam que o melhor estaria por vir. 


 

STAR WARS: Episodio V: O Império Contra Ataca



Sinopse: As forças imperais comandadas por Darth Vader (David Prowse) lançam um ataque contra os membros da resistência, que são obrigados a fugir. Enquanto isso Luke Skywalker (Mark Hamill) tenta encontrar o Mestre Yoda, que poderá ensiná-lo a dominar a "Força" e torná-lo um cavaleiro jedi. No entanto, Darth Vader planeja levá-lo para o lado negro da "Força".

  

Trabalhando somente como produtor e roteirista, Lucas deu carta branca para o cineasta e seu mentor Irvin Kershner (Os Olhos de Laura Mars) dirigir a segunda aventura. O resultado disso é um cuidado maior com relação na interpretação dos atores, injetando um teor um pouco mais adulto na trama, e ao mesmo tempo, Kershner foi responsável pela criação das melhores cenas de ação de toda a franquia vista até aqui. Difícil dizer qual a melhor, mas as seqüências em os heróis são atacados pelo império num planeta congelado estão entre as minhas preferidas.
De personagens novos, um se destaca por ter se tornado um dos mais queridos entre os fãs que é Yoda. Criado e articulado através das mãos do artista Frank Oz, Yoda se torna o mestre de Luke Skywalker e o ensina sobre a verdadeira natureza da força, da qual se o herói não tomar cuidado, ele pode muito bem cair pelo lado sombrio dela. As cenas entre mestre e aluno são dignas de Oscar.
O ato final do filme reserva momentos angustiantes, dos quais os heróis quase são derrotados, Han Solo é capturado, e no clássico embate entre Luke Skywalker e Darth Vader, é pronunciado por esse último uma das maiores revelações da história do cinema. Nessa altura do campeonato a maioria do público já sabe qual é a grande revelação, mas imagine-se naquela época como deve ter sido fantástico essa revelação ter pegado todo mundo de surpresa. Hoje em dia são poucos os filmes que conseguem manter um segredo tão revelador como esse antes de sua estreia. 




MAS AGORA PARA TUDO E PRESTEM ATENÇÃO!!!

 

Após assistir as estarrecedoras revelações do ultimo filme ao lado de um marinheiro de primeira viagem, então, que tal apresentar a ele já o Episódio II: O Ataque dos Clones? Isso, mesmo, sendo que podemos imaginar o capitulo II e III como uma espécie de Flashback antes do Retorno de Jedi e assim faz muito mais sentido do que começar assistindo a partir de Ameaça Fantasma. Vamos ao imaginário Flashback então:  

 

Star Wars: Episódio II - Ataque dos Clones



Sinopse: Dez anos após a tentativa frustrada de invasão do planeta Naboo, Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor), Anakin Skywalker (Hayden Christensen) e Padmé Amidala (Natalie Portman) estão juntos novamente. Neste período de tempo Obi-Wan passou de aprendiz a professor dos ensinamentos jedi para Anakin, sendo que ambos foram destacados para proteger a agora senadora Amidala, que tem sua vida ameaçada por facções separatistas da República, que ameaçam desencadear uma guerra civil intergalática. Com o passar do tempo surge um romance proibido entre Anakin e Amidala, pois os cavaleiros jedi não têm permissão para se apaixonarem.

 

O marinheiro de primeira viagem que assistiu o final do Império Contra Ataca fica com inúmeras perguntas na cabeça, mas a partir desse capítulo as duvidas são sanadas. Conhecemos o tempo em que o Império era uma República, quando os Jedis eram a maior força da galáxia e no tempo em que Obi-Wan Kenobi e Darth Vader (aqui como Anakin Skywalker) eram mestre e aluno. Conhecemos também a Senadora Amidala, que viria a ser o primeiro e ultimo amor de Anakin e que da união deles nasceria Luke Skywalker.
Se você perceber, se seu marinheiro de primeira viagem assistir então dessa forma, outra revelação no final do episódio III se tornará então muito mais interessante para ele. O filme também mostra o principio das guerras clonicas que haviam sido somente citadas por Obi-Wan no filme Uma Nova Esperança. 

Mas é isso por enquanto. Na próxima sexta irei continuar nessa minha cronologia pessoal sobre Star Wars. Lembrando que nos dias 21 e 22 desse mês haverá um curso em Porto Alegre sobre a saga e, portanto os interessados cliquem aqui e participem comigo.   



Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: