Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Cine Dica: Semana da Consciência Negra no CineBancários

 No dia 18 de novembro, quarta-­feira, às 19h, com entrada franca, o CineBancários realizará uma sessão especial com dois filmes nacionais , que tratam de temas relacionados à cultura da etnia negra. Após a exibição haverá um debate com o Doutor em História, José Antonio dos Santos, que abordará o tema , dentro das atividades da Semana da Consciência Negra, promovida pelo Sindicato dos Bancários.
 
Filmes:
 
SOU:
 
O documentário Sou faz parte da programação da Semana da Consciência Negra do Sindbancarios. Dirigido por Andreia Vigo, o filme é um registro histórico­poético da identidade afrogaúcha, tendo como base a vida e a obra do poeta gaúcho Oliveira Silveira (1941­2009). Oliveira também é conhecido como o poeta da Consciência Negra, por ter sido um dos idealizadores da proposta de criação do 20 de novembro ­ Dia Nacional da Consciência Negra. Filmado em Porto Alegre, Rosário do Sul e na Serra do Caverá, o documentário faz parte do projeto RS negro: educando para a diversidade.
 
Título original: Sou.
 
Duração: 26 min
 
Ano de produção: 2010.
 
País: Brasil
 
Gênero: Documentário.
 
Direção: Andreia Vigo
 
BALÉ DE PÉ NO CHÃO:
 
Curta­-metragem "Balé de pé no chão", de Lilian Solá Santiago e Marianna Monteiro. O filme conta a história de Mercedes Baptista, bailarina brasileira com formação erudita que, na década de 50, a partir da criação de seu grupo, passa a estudar os movimentos rituais do candomblé e de danças folclóricas. "Balé de pé no chão" revela o papel central da cultura afro­descendente na dança moderna brasileira, e o pioneirismo de Mercedes Baptista na luta pela afirmação do negro na dança cênica nacional; ela é considerada a principal precursora da dança afro­brasileira. As histórias da primeira bailarina negra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro rendeu um livro: "Mercedes Baptista: a criação da identidade negra na dança", de Paulo Melgaço da Silva Jr.
 
Titulo original: Balé de Pé no Chão
 
Duração: 17 minutos
 
Ano de Produção: 2005
 
País: Brasil
 
Gênero: Documentário
 
Direção:Lilian Solá Santiago e Marianna Monteiro
 
Debatedor: José Antônio dos Santos ­ Doutor em história, trabalha no Departamento de Educação e Desenvolvimento Social, da Pró­Reitoria de Extensão – UFRGS, onde desenvolve ensino, extensão e pesquisa sobre os temas da história e da cultura afro­brasileira e africana.

Nenhum comentário: