Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de junho de 2010

Cine Clássicos: Especial: Heróis nas Telas: O MÁSKARA

Baseado numa obscura HQ, filme nasceu para o sucesso imediato
sinopse: Em Edge City vive Stanley Ipkiss (Jim Carrey), um cara decente que trabalha em um banco mas é socialmente desajeitado e sem muito sucesso com as mulheres. Após um dos piores dias da sua vida, ele acha no mar a estranha máscara de Loki, um deus escandinavo. Quando Stanley coloca a máscara, se transforma em O Máskara, um ser com o rosto verde que possui a coragem para fazer as coisas mais arriscadas e divertidas que Stanley receia fazer, inclusive flertar com Tina Carlyle (Cameron Diaz), a bela e sensual cantora que se apresenta no Coco Bongo, a discoteca do momento. O Máskara tem velocidade sobre-humana e um humor não-convencional e, enquanto isto, o gângster Dorian Tyrrell (Peter Greene), que namora Tina, se esforça para destruir o Máskara e se apoderar da máscara para usar seus poderes para o mal.

Apesar do visual ser idêntico, o Maskara dos quadrinhos ia por um lado mais sombrio, entretanto, seu visual e poderes obviamente serviriam como uma bela desculpa para ser levado a uma trama mais leve e divertida e com isso nasceu o filme que consagraria Jim Carrey. O ator usa e abusa dos seus trejeitos de tal forma que fica complicado até as vezes saber quando é efeito visual ou propio ator fazendo loucuras com seus movimentos do corpo. Espetaculo de efeitos especiais que lembram muitas vezes um desenho animado, piadas que beiram a perfeição, isso sem contar momentos únicos com o pequeno cachorro mailo. Apartir dai Jim Carrey dominaria as comédias dos anos 90.

Curiosidades: Estréia da atriz Cameron Diaz no cinema.
Na versão em DVD de O Máskarahá um prólogo, ocorrido no século XI, que mostra a chegada dos vikings à América e como eles deixaram a máscara de Loki no local.
O orçamento de O Máskarafoi de US$ 18 milhões, sendo que o filme arrecadou nas bilheterias de todo o planeta a quantia de US$ 320 milhões.

Nenhum comentário: