Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Cine Curiosidades: Em cartaz: Transformers- A Vingança dos Derrotados

Filme é pura nostalgia para quem viveu nos anos 80, ao mesmo tempo é melhor filme ruim da temporada.

(Transformers: Revenge of The Fallen) EUA, 2009. Direção: Michael Bay. Elenco: Shia LaBeouf, Megan Fox, John Turturro. Duração: 147 min.

Sinopse: Dois anos após a batalha entre os Autobots e os Decepticons, Sam Witwicky (Shia LaBeouf) enfrenta a ansiedade de entrar na faculdade. Isto significa que ele terá que morar separado de seus pais, Judy (Julie White) e Ron (Kevin Dunn), deixar a namorada Mikaela Banes (Megan Fox) e ainda explicar a situação ao seu amigo e protetor Bumblebee, já que pretende levar uma vida normal de agora em diante. Paralelamente o governo desativa o Setor 7, resultando na demissão do agente Simmons (John Turturro). Em seu lugar é criada a NEST, uma agência comandada pelo capitão Lennox (Josh Duhamel) e o sargento Epps (Tyrese Gibson), que trabalha em conjunto com os Autobots. Porém a NEST enfrenta a resistência de Theodore Galloway (John Benjamin Hickey), o consultor da segurança nacional, que a considera supérflua.

Boa parte dos críticos do mundo todo em 2007 desceu a lenha no primeiro Transformers mas acho que seria exigir demais de uma obra cuja a origem da idéia tem só um único objetivo, entreter a todo o custo haja o que houver, mesmo que custe aos olhos do espectador. E neste caso
Michael Bay (Armageddon) é o diretor especialista neste assunto. Todas as suas marcas registradas estão lá, efeitos especiais acelerados, montagem acelerada, cortes acelerados, por do Sol acelerado e roteiro acelerado ao ponto que as vezes ele some por algum momento e o espectador fica se perguntando aonde está, porque a sensação que da que está numa montanha russa, cuja a brincadeira dura mais de duas horas incessantes e o que torna o filme ruim mas tão ruim que acaba sendo ótimo. Como toda a continuação habitual, o que funcionou no primeiro, aumenta no segundo, só que o diretor aqui triplica de uma maneira tão absurda que aconselho aos pais que ao levarem os seus filhos pequenos a assistirem a esse filme, que fiquem distantes um pouco da tela...é sério.
Mas se os robôs bons e maus são os grandes astros da película o que sobra para os humanos? Shia LaBeouf tenta passar o calor humano na produção mas fica meio que apagado em meio a tanta correria, apesar de estar com a carreira estabelecida desde o primeiro filme, ainda não foi dessa vez que esse jovem ator conseguiu ter luz propia em um filme solo. Megan Fox não precisa dizer muito, a namorada do mocinho continua a exibir sensualidade ao estremo do absurdo, (sua primeira cena em cima de uma moto é a prova disso), mas terá muito chão pela frente para provar se tem alguma prova de talento de interpretação, já o veterano ator John Turturro que interpreta o atrapalhado agente talves seja o único que se destaque em meio a tanto bombardeio de imagem.
Baseado numa serie de desenho animado, de uma coleção de brinquedos e HQ, Transformers - A Vingança dos Derrotados no final das contas é pura nostalgia para aqueles que nasceram nos anos 80, curtindo o seriado e torcendo pelo seu robô preferido, como o Líder Optimus Prime, para o publico de hoje que nunca ouviu falar de tudo isso, basta deixar o cérebro em casa e curtir a película sem compromisso.

Nenhum comentário: