Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Cine Curiosidades: Michael Jackson 1958 - 2009

É engraçado como eu só pego por uma noticia tragica somente quando já estava acontecendo já a algumas horas, foi assim comigo com o 11 de setembro, onde só soube de tudo a tarde.
Com Michael Jackson ontem não foi diferente só fui saber lá pelas 20horas da noite, havia saido para passear na capital, ido no cinema. Infelismente o grande astro da musica pop partiu do nosso mundo e mesmo eu estando bem.... estou triste. Me lembro quando era jovem, eu gostava de imitar o cantor, dançando os passos dele, mesmo agindo da maneira mais boba e pagando mico, mas não ligava, pois eu gostava.

Após o video deixo um rapido resumo da carreira desse grande astro, cortesia do site cinema em cena.

O jornal Los Angels Times confirma que faleceu hoje, aos 50 anos, o cantor Michael Jackson.
O pronunciamento foi feito por médicos do hospital onde ele estava internado.
O primeiro veículo a noticiar a morte do cantor, antes mesmo da declaração oficial, foi o site TMZ. De acordo com a fonte, ele sofreu uma parada cardíaca na tarde de hoje, em sua casa em Holmby Hills, e os paramédicos não conseguiram reanimá-lo. Segundo pessoas que entraram em contato com o TMZ, Jackson já estava morto quando os paramédicos chegaram. O LA Times confirmou a história e noticiou que o astro já chegou inconsciente ao hospital.
Jackson começou a cantar aos cinco anos de idade e iniciou sua carreira profissional como vocalista do Jackson Five, grupo formado por seus irmãos. Em 1971, o músico começou sua carreira solo e logo foi apelidado como o rei do pop.
O lançamento do álbum Thriller foi o grande marco, com 50 milhões de cópias vendidas, 37 semanas como o disco mais vendido e dois anos ininterruptos de execução em rádios. Na época, o cantor inovou com a mistura de ritmos musicais e com a super produção de videoclipes, como o vídeo da canção que dá nome ao álbum. Com isso, Jackson virou o ícone da geração MTV norte-americana. O cantor era sinônimo de sucesso.
Mas suas excentricidades o fizeram também sinônimo de rumores sobre sua vida pessoal. Foi na década de 90 que as plásticas de Jackson fizeram mudanças em seu rosto, além do clareamento de sua pele.
Tal fato o fez ficar cada vez mais recluso e mais excêntrico, mas também possibilitou um dos seus maiores sucessos. Em 1991, ele lançou o álbum Dangerous, que virou febre exatamente pela música "Black and White", uma resposta a quem falava sobre sua pele. Segundo o cantor, o clareamento era consequência de uma doença que ele era portador.
A caminhada para o fundo do poço do cantor se intensificou com as primeiras casos de pedofilia que o envolvia. Apesar de ter sido arquivada a acusação de que Jackson teria abusado sexualmente um garoto de 13 anos, o efeito em sua carreira foi devastador. A partir de então, uma sucessão de críticas e problemas bombardearam o cantor, que vão de outros casos de abuso sexual de menores até sua postura como pai. O músico também esteve envolvido em uma série de polêmicas, como os seus dois casamentos mal-sucedidos e um documentário no qual declarou que não via problema em dormir na cama com outras crianças.
O retorno do cantor aos palcos estava programado para 13 de julho, data escolhida depois de um adiamento que foi visto como consequência de problemas de saúde do cantor.
Nos cinemas, Jackson, considerado hoje um dos maiores cantores pop do mundo, foi visto em Moonwalker, interpretando ele mesmo, e teve uma pequena participação em Homens de Preto 2, estrelado por Tommy Lee Jones e Will Smith, em que viveu um agente extraterrestre.
Quincy Jones, produtor do álbum Thriller, falou sobre a morte do cantor. "Estou inconsolável com esta notícia trágica e inesperada. Ele tinha tudo: talento, graça, profissionalismo e dedicação. Perdi meu irmão hoje e parte da minha alma vai com ele".

http://www.youtube.com/user/michaeljackson?blend=1&ob=4

Um comentário:

Bia disse...

Adorei este post!
Também gostava muito do MJ na minha infância e fiquei muito triste c/ a sua morte prematura!
Divulgarei este link!