Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Cine Especial (Sessão Plataforma): Quando Eu Era Sombrio





Sinopse: Taryn (Deragh Campbell) busca refúgio na casa dos tios, em Baltimore, e encontra o casal tentando terminar da melhor maneira um casamento de décadas. Na casa também está Abby (Hannah Gross), filha de Kim (Kim Taylor) e Bill (Ned Oldham), que acaba de voltar da universidade.


Se você gosta de música, principalmente filmes musicais, e quer um drama leve para um fim de tarde, Quando eu era sombrio é uma opção. O titulo não diz muita coisa, ou melhor, não diz nada sobre a trama. A obra possui uma fotografia de cores quentes, um trabalho de imagem delicado e atraente. As cenas são envolventes, com um posicionamento de câmera bem estratégico e muito bem filmado. Com um apelo musical belíssimo, acompanhamos as expectativas destes quatro personagens ao longo de uma hora e meia de filme. E, no final de tudo, percebemos que nenhum dos personagens está satisfeito com sua atual situação e que precisarão aprender a administrar suas novas vidas.
Se a trama não trás nenhuma novidade, o filme é compensado pelo bom desempenho de cada um dos intérpretes, que souberam muito bem expressar os sentimentos que os seus personagens sentem. Destaque para atriz Kim Taylor, que ao interpretar uma mãe, cuja sua profissão é o rock, pela musica ela consegue extravasar as dores que sente a cada momento do seu dia a dia. Mas ao mesmo tempo, ela consegue uma força interior capaz de ajudar o seu próximo, que aqui, é a sua sobrinha que precisa de ajuda, que está completamente perdida no mundo devido as suas escolhas. 
Quando eu era sombrio é uma história de mudanças, relacionamentos e da busca pelo amor e pelo seu lugar no mundo.


Nota: O filme terá uma reprise neste sábado na Usina do Gasômetro as 19horas.  

 Me sigam no Facebook, twitter e Google+ 

Nenhum comentário: