Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Cine Dica: Sessão Plataforma apresenta o filme argentino Viola


JOVEM CINEMA ARGENTINO NA SESSÃO PLATAFORMA

A segunda edição da Sessão Plataforma de 2014 traz à Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) na quinta-feira, 25 de abril, às 20h30, o filme Viola, do jovem realizador Matías Piñeiro, um dos destaques do cinema argentino contemporâneo. A reprise acontece no sábado, às 19h.
Em seu terceiro longa-metragem, Piñeiro apresenta um grande frescor cinematográfico, usando seus personagens e os artifícios da representação para explorar a obra de William Shakespeare. Em sua curta e intensa filmografia, o diretor vem explorando a interação entre cinema e literatura, fugindo do lugar comum das adaptações. Segundo Piñeiro, “não são adaptações, pois não me interessa levar adiante uma obra inteira. Me colocaria numa burocracia narrativa que não me seduz, que não acredito que possa resolver bem agora mesmo.”
Revelação do cinema latino-americano, Matías Piñeiro é visto como uma das mais sensíveis e sofisticadas novas vozes da filmografia contemporânea da Argentina. O realizador tem percorrido importantes festivais ao redor do mundo, apresentando Viola em Berlim, Toronto, Cartagena, Copenhagen, Valdívia, onde conquistou Prêmio Especial do Júri, e no BAFICI Buenos Aires, onde conquistou o Prêmio FIPRESCI.


_Viola
dir: Matías Piñeiro, 65min, ARG, 2012.

- 63ª Berlinale - Berlin International Film Festival – Forum
- Toronto International Film Festival
- Valdivia International Film Festival (Prêmio Especial do Juri)
- CPH:PIX
- Cartagena International Film Festival
- BAFICI (Prêmio FIPRESCI)

SINOPSE_
Viola vive em Buenos Aires junto com Javier, seu namorado de longa data. Juntos, eles mantêm um pequeno negócio de pirataria de filmes. Um dia, Viola encontra uma jovem de uma trupe teatral que pede a ela que a substitua em um espetáculo do grupo. Trata-se de uma peça que combina fragmentos de diversas obras de Shakespeare, entre elas Noite de Reis. Mesmo não sendo atriz, Viola participa da peça, assumindo um papel masculino. A partir daí, cria-se uma série de intrigas e flertes entre Viola, Javier e os integrantes do grupo


Exibição confirmada: 24 de abril, 20:30hrs
Reprise única: Sábado, 26 de abril, 19:00hrs.
GRADE DE HORÁRIOS
22 a 27 de abril de 2014


22 de abril (terça)

15:00 – Na Neblina
17:30 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – Na Neblina

23 de abril (quarta)

17:00 – Na Neblina
20:00 – Cabra Marcado Para Morrer (CinePolítico: 50 anos do Golpe Militar)

24 de abril (quinta)

17:00 – Na Neblina
20:30 – Sessão Plataforma (Viola, de Matías Piñeiro)

25 de abril (sexta)

17:00 – Na Neblina
19:30 – Na Neblina

26 de abril (sábado)

15:00 – Na Neblina
17:30 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – Sessão Plataforma (reprise)
20:15 – Sessão Aurora (Especial Eduardo Coutinho)

27 de abril (domingo)

15:00 – Na Neblina
17:30 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – Na Neblina

 
Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: