Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de março de 2014

Cine Dica: Em Cartaz: Ninfomaníaca: Volume 2




Sinopse: Segunda parte das aventuras sexuais de Joe uma mulher de 50 anos que decide contar a um homem mais velho sua história pessoal.



Lars von Trier não tem medo de cutucar, incomodar e tão pouco falar o que bem entender. Embora polêmico, o cineasta gradualmente foi se tornando ao longo desses últimos anos um dos mais novos diretores autorais que se tem noticias e filmes como Anticristo e Melancolia fortalecem isso. No épico Ninfomaníaca: Volume 1 acompanhamos a narrativa contada por Joe (Charlotte Gainsbourg), onde se é explorado os seus anos em busca pelo prazer sexual não importando qual preço a pagar.

Nesta seqüência que complementa a trama, adentramos mais ainda ao universo explicito da protagonista, que talvez busque no sexo e masoquismo a mesma sensação que um dia havia sentido e chegado até mesmo a ver santos no céu. Ousado como ninguém Von Trier não poupa o espectador ao misturar cenas explicitas de sexo e violência, mas que por incrível que pareça se funde muito bem ao se fazer um mosaico de acontecimentos nos quais nos leva a verdadeira natureza do subconsciente da personagem. Uma vez lá, conseguimos enxergar não uma mulher fria e calculista em busca dos seus objetivos, mas alguém frágil que tenta achar o caminho da felicidade através de métodos pouco comuns.  

Desde o Anti cristo Von Trier tenta criar uma espécie de analise filmada sobre os mistérios da mente das pessoas, dos seus desejos, melancolias e loucuras. Talvez Ninfomaníaca seja uma espécie de encerramento sobre essa analise do mundo do sexo, sobre até aonde a pessoa chega a isso, que vai do seu ápice, para a sua queda e por fim,  buscar uma redenção particular. Não é um filme fácil de ser visto, principalmente para uma pessoa conservadora, sendo mais indicado para pessoas com a mente aberta e que enxergam ali alguma mensagem escondida nas entrelinhas.

Com o volume 1 nas locadoras, Ninfomaníaca: Volume 2 será muito mais bem visto se assistirem primeiro a primeira parte, para então depois embarcarem nesse obscuro mundo do desejo de Lars Von Trier.


Leia também: Ninfomaníaca:Volume 2

Me sigam no Facebook, twitter e Google+ 

2 comentários:

LEO disse...

q bom q não tardaram mto pra lançar essa parte 2....

tentarei assistir os 2 filmes juntos (estou curioso pra ver após tanta polêmica q geraram)!!

Abs!

Marcelo Castro Moraes disse...

Assista Leo, pois vale a pena