Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de março de 2010

Cine Curiosidades: Especial Oscar 2010: OS MAIORES INJUSTIÇADOS DA HISTORIA PARTE 1

Ao longo dos anos o Oscar se tornou o maior símbolo da premiação do cinema, mas nem por isso escapou de polemicas, principalmente pelo fato de certas injustiças que com o tempo foi mostrado que nem sempre a academia acerta em prestigiar certos filmes nas categorias principais.
A lista é grande, começamos por exemplo pelos filmes que até hoje são lembrados mas que os membros da academia não viram com bons olhos na época:


Cidadão Kane
Sempre estando em primeiro nas principais listas dos melhores de todos os tempos, o filme de Orson Hells na época só levou o Oscar de melhor roteiro em 1942. Pouco para um filme que muitos consideram a frente do seu tempo. Oscar de melhor filme daquele ano foi para "Como era verde meu vale" do mestre Jhon Ford mas que convenhamos, fez filmes bem melhores.


Uma Rua Chamada Pecado
Considerado um dos primeiros filmes que acabou enfrentando de frente a censura na época, a obra de Elian Kazan ainda hoje impressiona pelas fortes interpretações de Marlon Brando e Vivian Lee. Contudo se o filme levou boa parte dos na área de interpretação, o mesmo não pode se dizer de melhor filme que quem acabou levando foi o esquecível musical "Sinfonia em Paris" em 1952.


Matar ou Morrer
Se muitos curtem 24 horas atualmente muito se deve a este faroeste que foi um dos primeiros filme a mostrar uma trama em tempo real. Mesmo assim os membros da academia preferiram premiar o bom (e só isso) O "Maior espetáculo da terra" em 1953.



Assim caminha a humanidade
Antes de morrer, em 1957 James Dean teve sua ultima e ótima interpretação neste épico sobre a busca pelo petróleo e lutas contra o preconceito, mesmo assim quem levou a melhor foi "A Volta ao Mundo em 80 dias" mas convenhamos, o livro é bem melhor.



Gata em Teto de Zinco Quente
Elizabeth Taylor e Paul Newman são um casal em crise em meio a um passado cheio de problemas inacabados. Para época foi algo a frente do seu tempo, mas pelo visto os membros não estavam prontos para um tipo de filme como esse premiaram o apenas bonitinho Gigi em 1959.



Dr Fantástico
Stanley Kubrick levou para o lado do bom humor assuntos com a guerra fria neste genial filme de humor negro, mas os membros da academia não entenderam a mensagem e deram o Oscar de melhor filme para o musical "Minha bela Dama" em 1965.


2001 Uma Odisséia no Espaço
Stanley Kubrick também não foi muito feliz em sua maior obra prima com relação a premiações. O filme que foi um verdadeiro marco da ficção no cinema mas levou  somente o Oscar de efeitos especiais



Touro Indomável
Recentemente esse genial filme ficou entre as dez maiores obras primas do cinema americano, principalmente pela sua ótima fotografia em preto e branco e pela interpretação de Robert De Niro, contudo o Oscar principal foi para o esquecível “Gente como agente” em 1981.



ET
Quem não se lembra desse filme então não esteve neste planeta nos anos 80. Sucesso de critica e publico contudo não foram suficientes para afastar o preconceito que os membros da academia possuem com relação a filmes de ficção e fantasia e decidiram em 1983 premiar GANDHI.


Os Bons Companheiros
Junto com o Poderoso Chefão esse filme de Martin Scorsese é considerado uma das melhores tramas sobre a máfia, mas a academia decidiu corrigir um erro do passado em sempre tratar os índios nos faroestes como vilões e decidiu premiar Kevin Costner com seu "Dança Com Lobos" em 1991. Que hora mais errada para se corrigir os erros do passado.


Central do Brasil
Nunca o Brasil esteve tão próximo em ganhar o Oscar de melhor filme estrangeiro como naquela época em 1999. O filme de Walter Salles já havia conquistado inúmeros prêmios como o Globo de ouro, infelizmente entrou em cena Roberto Benigni com o seu "A Vida é Bela" e fez o povo brasileiro sentir o gosto amargo da derrota.


O Resgate do Soldado Ryan
Na mesma cerimônia que o Brasil sofreu, um filme de guerra, sucesso absoluto de critica e publico vinha conquistando seus merecidos prêmios, mas Steven Spielberg não contava com um certo "Shakespeare Apaixonado" que em ultima hora lhe tirou o OSCAR de melhor filme. Pelo menos Spielberg levou o Oscar de melhor diretor numa cerimônia considerada uma das piores da historia


O Segredo de Brokeback Mountain
Parecia que a academia estava se encaminhando em quebrar certos preconceitos, pois minutos antes de anunciar o Oscar de melhor filme Ang Lee havia ganhado o Oscar de melhor diretor. Contudo Jack NIcholson chega ao palco com o envelope para revelar o grande vencedor da noite e eis quando fala “Crash no limite” não escondeu a cara de espanto. Nessa a academia pegou mau e feio

Nenhum comentário: