Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de maio de 2020

Cine Dica: Durante a Quarentena Assista: 'Aniquilação'

Sinopse: O marido de Lena desaparece enquanto explorava uma misteriosa zona em quarentena pelo governo. Ela resolve se juntar à equipe encarregada de entrar na mesma área. 

Alex Garland havia nos impressionado pela sua direção criativa e seu roteiro original com "Ex_Machina: Instinto Artificial" (2015), filme que deu o que falar e ganhando inúmeros prêmios pelo mundo a fora. Logicamente não demoraria muito para que ele ganhasse carta branca para que fizesse o que bem entendesse em seu próximo projeto. O resultado é "Aniquilação" (2018), filme que dividiu bastante a opinião do público e da crítica, mas sendo algo muito diferente do que se vê dentro do gênero de ficção hoje em dia.
O filme conta a história de uma bióloga (Natalie Portman), que se junta a uma expedição secreta com outras três mulheres em uma região conhecida como Área X. O local isolado da civilização onde as leis da natureza não se aplicam. Lá, ela precisa lidar com uma misteriosa contaminação, um animal mortal e ainda procura por pistas de colegas que desaparecem, incluindo seu marido (Oscar Isaac).
Vindo e voltando entre o passado e o presente, Alex Garland possui a fé de que o cinéfilo irá prestar o máximo de atenção sobre essa realidade em que um pedaço de terra do planeta começa a mudar drasticamente a partir do contato com uma misteriosa luz que atinge um farol. Embora seja uma ficção científica não espere por um filme cheio de ação, mas sim com um visual fantástico, do qual se casa  com a proposta principal da obra e que fala, mais especificamente, sobre as diversas formas de vida que surgem naquele ambiente de uma forma, por vezes, inexplicável. Logicamente, o cinéfilo de carteirinha principalmente, irá encontrar referências aos clássicos "Alien" (1979) e o "O Enigma de Outro Mundo" (1982), o que fará com que alguns fiquem desapontados caso procurem por algo originalíssimo.
Em contrapartida, o filme é rico em seu visual em que, por vezes, lembra uma espécie de viagem ácida de LSD, da qual faz uma referência, por vezes explicita, de um tempo em que a propaganda "paz e amor" estava muito envolvida com drogas e rock roll. Polêmicas à parte, o filme também se sustenta graças a um elenco escolhido a dedo, desde uma competente Natalie Portman, como também a presença enigmática de Oscar Issac. Vale e muito destacar o ato final da trama, onde o talento da atriz, mais os efeitos visuais mirabolantes, se unem para criar minutos finais enigmáticos e dos quais serão bastante debatidos.
Embora controverso, "Aniquilação" é um filme curioso pelo seu visual e pelas diversas camadas subliminares escondidas durante toda a sua projeção.  

Onde assistir: Netflix 

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: