Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Cine Especial: Desconstruindo Woody Allen: Parte 4



Nos dias 13 e 14 de Junho eu estarei na Cinemateca Capitólio de Porto Alegre participando do curso Desconstruindo Woody Allen, criado pelo Cine Um e ministrado pelo Doutor em Ciências da Informação e da Comunicação Josmar Reyes. Enquanto os dois dias da atividade não chegam, estarei postando por aqui sobre os filmes que eu assisti desse gênio e neurótico diretor de cinema.

Celebridades (1998)



Sinopse: Quando um repórter (Kenneth Branagh) começa a andar com celebridades, ele automaticamente fica excitado com a nova situação. Mas ele nunca esperava entrar em rota de colisão com quatro das pessoas mais estranhas que ele já conheceu: uma sensual atriz em ascensão (Melanie Griffith), um astro do cinema fora do controle (Leonardo DiCaprio), uma aspirante a atriz (Winona Ryder) e uma sexy modelo (Charlize Theron). Juntos, irão fazer um passeio inesquecível pelo lado selvagem da fama e da fortuna.


Woody Allen já se dedicou de corpo e alma, a filmes inteiros, para discutir o momento da fama instantânea que tanto acontece hoje em dia. Trata-se de Celebridades 1998, uma obra madura, em preto-e-branco e com muitas doses sobre o existencialismo e o vazio das celebridades de hoje. Em Celebridades, a crítica do cineasta não fica rasteira, porém mesmo assim evita o esforço em tentar entender essas pessoas que se tornaram famosas da noite por dia sem fazer muito esforço. Ao longo do filme, é muito divertido observarmos que conhecemos o personagem Lee Simon muito bem, pois, como já é da especialidade de Allen, mesmo quando não esta atuando, faz com que os seus protagonistas lembrem os seus personagens dos filmes anteriores.
Portanto, mesmo mesquinho, o protagonista é compreendido por nós, pois parece um velho conhecido nosso que adoramos amar e odiar.
  


Ponto Final - Match Point (2005)



Sinopse: Chris Wilton (Jonathan Rhys-Meyers) é um jogador de tênis profissional que, cansado da rotina de viagens, decide abandonar o circuito e se dedicar a dar aulas do esporte em um clube de elite. É lá que conhece Tom Hewett (Matthew Goode), filho de família rica que logo se torna seu amigo devido a alguns interesses em comum. Convidado para ir à ópera, Chris lá conhece Chloe (Emily Mortimer), irmã de Tom. Logo os dois iniciam um relacionamento, para a alegria dos pais dela. Só que Chris fica abalado quando conhece Nola Rice (Scarlett Johansson), a bela namorada de Tom que não é bem aceita pela mãe dele.


As referências a Crime e Castigo de Dostoievski acabam antecipando o desfecho surpreendente, na qual a trama de paixão se transforma em desgraça e potencial expiação. Mas Allen é habilidoso o suficiente para plantar as pistas certas de maneira a nos fazer acreditar num determinado resultado. No entanto, como a primeira cena do filme indica, o fator mais importante na vida é, às vezes, a sorte.Não há peripécias no enredo, mesmo assim o filme é incrivelmente original. Todas as consequências possuem uma causa, e podemos acompanhar gradativamente a insustentabilidade da situação derivada de uma paixão proibida. 
Ponto Final - Match Point é um filme sobre escolhas, ambição, paixão e, acima de tudo, a demonstração de que Allen pode conquistar mesmo aqueles que odeiam seu trabalho.

Mais informações e inscrições para o curso você acessa clicando aqui. 
 
 Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: