Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Cine Dica: O Estranho Caso de Angélica estreia na Sala P. F. Gastal



FILME DE MANOEL DE OLIVEIRA ENTRA EM CARTAZ NA SALA P. F. GASTAL 


Um dos filmes mais elogiados dos últimos tempos, O Estranho Caso de Angélica, do cineasta português Manoel de Oliveira, entra em cartaz na Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) a partir desta terça, 01 de abril, com exibições em 35mm. O documentário Revelando Sebastião Salgado, de Betse de Paula, também permanece na programação.

Na Portugal da década de 1950, o fotógrafo Isaac (Ricardo Trêpa) vai à região do Douro para documentar antigos métodos de trabalho nas vinhas. Hospedado numa pequena pensão, ele é acordado subitamente à noite para fotografar o corpo de Angélica (Pilar López de Ayala), uma linda moça que acabara de falecer. Quando realizou O Estranho Caso de Angélica, Manoel de Oliveira já havia passado dos 100 anos – hoje, aos 105, continua produzindo e promete um novo filme para 2014.

Especialmente depois dos anos 2000 – o olhar oliveiriano em relação à morte se torna cada vez mais particular, com a companhia costumeira de um senso de humor desconcertante. Ao colocar a imagem como horizonte poético de sua obra, Oliveira acentua em O Estranho Caso de Angélica o lirismo de obras-primas anteriores sobre o tema como Vou Para Casa (2001) e O Espelho Mágico (2005)

Segundo o crítico Filipe Furtado, em crítica publicada na revista Cinética, “há toda uma afirmação de fé cinematográfica contida neste seu salto romântico no escuro. Afirmação esta que se bifurca ao longo do filme de múltiplas maneiras, seja na forma com que as excentricidades particulares de cada coadjuvante (a empregada, o mendigo, os habitantes da pensão) ajudam a constituir este mundo próprio, seja na forma como os sonhos e pesadelos de Isaac remetam ao mesmo tempo a Cocteau e Méliès”.


O Estranho Caso de Angélica
Direção: Manoel de Oliveira
(Portugal/Espanha/França/Brasil, 97 minutos, 2010)
Elenco: Pilar López de Ayala, Filipe Vargas, Carmen Santos, Ricardo Trêpa


GRADE DE HORÁRIOS
1 a 6 de abril de 2014

1 de abril (terça-feira)

15:00 – O Estranho Caso de Angélica
17:00 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – O Estranho Caso de Angélica

2 de abril (quarta-feira)

15:00 – O Estranho Caso de Angélica
17:00 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – O Estranho Caso de Angélica

3 de abril (quinta-feira)

15:00 – O Estranho Caso de Angélica
17:00 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – O Estranho Caso de Angélica

4 de abril (sexta-feira)

15:00 – O Estranho Caso de Angélica
17:00 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – O Estranho Caso de Angélica
21:00 - Lançamento do curta Frágil + Coquetel

5 de abril (sábado)

15:00 – O Estranho Caso de Angélica
17:00 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – O Estranho Caso de Angélica

6 de abril (domingo)

15:00 – O Estranho Caso de Angélica
17:00 – Revelando Sebastião Salgado
19:00 – O Estranho Caso de Angélica



Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: