Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de novembro de 2011

CINE ESPECIAL: ALFRED HITCHCOCK: Parte 10

Nos dias 16 a 19 de novembro, estarei participando do curso, criado pelo CENA UM, intitulado “A OBRA DE ALFRED HITCHCOCK”, no Museu da Comunicação (Rua dos Andradas, 959 – Porto Alegre / RS). Enquanto os quatro dias não vêm, por aqui, estarei postando um pouco sobre cada filme desse diretor, que não é somente o mestre do suspense, mas um dos melhores diretores de todos os tempos.
  
O MELHOR DA FASE INGLESA


O Pensionista
Sinopse: Um serial killer inicia uma série de assassinatos em Londres, tendo como elemento comum o facto das sua vítimas serem todas mulheres loiras. Um novo hóspede, Jonathan Drew, chega ao hotel do casal Bounting, em Bloomsbury, e aluga um quarto. O homem tem estranhos hábitos, como o de sair em noites de nevoeiro. Ele também guarda a foto de uma mulher loira no seu quarto. Daisy, a filha dos Bouting, também é loira, é modelo e está noiva de Joe Chandler, um detetive. Incomodado com a presença de Jonathan, Joe prende-o, acusando-o de ser o terrível assassino.

Foi o primeiro filme de suspense da carreira de Hitchcock, e o maior sucesso da fase inicial. Hitchcock pretendia dar um final ambíguo ao filme, mas o estúdio não deixou. Na rodagem de uma cena, um figurante faltou e o próprio Hitchcock assumiu o seu lugar. Ele gostou tantou que a partir daí fez isso em todos os seus filmes. Imperdível. 

Os 39 Degraus
Sinopse: Richard Hannay está de férias em Londres e conhece uma mulher misteriosa que lhe fala al- guma coisa sobre o caso de um homem que está sendo perseguido por envolvimento em uma trama de espionagem. Porém, a mulher é assassinada e Richard, mesmo sabendo dos riscos que corre, de- cide tentar resolver o mistério.
 Grande clássico da fase inglesa do diretor. Baseado no romance de John Buchan, ele mistura, com uma incrível habilidade e nas doses certas, suspense, comedia e romance. Donat e Carroll conseguem uma química perfeita como o casal de perseguidos. Refilmado duas vezes, em 59, com Kenneth Moore e direção de Ralph Thomas, e em 78, com Robert Powell e direção de Dom Sharp (ambas produções inglesas, como o original).  

A Dama Oculta (1938)

Sinopse: Em um pequeno recanto da Europa os passageiros de um trem ficam retidos em virtude de uma nevasca e são obrigados a pernoitar em uma pequena estalagem. Lá uma rica jovem conhece uma velha governanta e ambas combinam de se encontrarem no dia seguinte no trem. Entretanto, logo após o início da viagem a governanta desaparece e ninguém, por motivos diversos, afirma ter visto a pessoa desaparecida. Ela persiste em suas investigações e acaba convencendo um musicólogo, com quem ela tinha se desentendido na véspera.
Deliciosa mistura de comedia e suspense, traz muitos personagens e situações chaves dos seus filmes posteriores. É deste filme a famosa cena da freira com saltos altos. Um dos últimos e melhores filmes do diretor na sua fase inglesa.


Me Sigam no Facebook e Twitter:

Nenhum comentário: