Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sábado, 15 de novembro de 2014

Cine Especial: II Festival de Curtas A Hora do Cinema: FINAL

Enfim, começa nessa semana (do dia 19 até o dia 21) o segundo festival de curtas metragens de A Hora do Cinema que irá acontecer no Santander Cultural. Como sendo um dos divulgadores do evento, desejo que todos os cinéfilos de plantão participem, pois em alguns casos, um curta metragem chega a ser muito mais criativo do que um longa metragem habitual. Abaixo, segue as minhas ultimas criticas de três curtas metragens que foram exibidos no ano passado.

Pra onde ninguém mais olha 

Sinopse: Três amigos numa mesa de bar começam a levantar teorias de uma série popular. Logo depois, um deles começa a contar uma historia aparentemente verídica.
Divertida historia que presta homenagem ao universo Tarantinesco. O curta mescla ingredientes vistos nos filmes do cineasta americano e tenta criar algo similar, embora um tanto que amador. O final já até advínhamos o que irá acontecer, mas assistimos até o fim.


As Coisas

Sinopse:  A vida rotineira de um grupo de jovens amigos começa a mudar no momento que fatos inexplicáveis começam a surgir no país.
Jardel Machado Hermes usa criatividade e doses de nostalgia, para criar uma trama que nada mais é do que uma teia cheia de referencias de outros filmes do gênero de horror e suspense. Com um elenco jovem, que claramente se apresenta como eles mesmos, o filme dispara inúmeras referencias, como Invasores de Corpos, A Noite dos Mortos Vivos, Nevoeiro, A Morte do Demônio, Bruxa De Blair e até mesmo Psicose.

Tarde Demais

Sinopse: Nerd comemora o fato do apocalipse zumbi finalmente aconteceu, mas o seus planos não saem como esperado. 
Divertido curta que pega ideias já usadas em filmes como Todo Mundo Quase Morto e Zumbilândia, mas tenta ir por um outro caminho. Mesclando referencias,não só dos filmes citados, como também usando a linguagem das HQ, o curta foca a monotonia do dia a dia e o desejo para acontecer algo de diferente. Contudo dá entender não estamos preparados para encarar determinados sonhos, que no fim se tornam verdadeiros pesadelos. 


Leia também: Outras criticas sobre os curtas metragens do ano passado clicando nas partes  1,2,3,4,5,6 e 7



 Me sigam no Facebook, twitter e Google+ 

2 comentários:

ANTONIO NAHUD disse...

Olá, amigo, O FALCÃO MALTÊS está de volta ao antigo espaço/ blog.
Vamos voltar a trocar ideias cinéfilas?
Abraços
http://ofalcaomaltes.blogspot.com.br/

Marcelo Castro Moraes disse...

Puxa que bom. Nos falamos então Antonio, abraços