Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Cine Dica: LISETTE GUERRA EXPÕE FOTOS SOBRE CUBA NA USINA DO GASÔMETRO


A Secretaria da Cultura de Porto Alegre, através da sua Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia, inaugura no próximo dia 7 de agosto, às 19h, a exposição Cuba, da fotógrafa Lisette Guerra. A exposição reúne mais de 50 fotografias – realizadas ao longo de diversas viagens da fotógrafa gaúcha à ilha caribenha entre 2009 e 2013 – e acontece no segundo andar da Usina do Gasômetro, oferecendo ao público um registro das cores, belezas naturais, arquitetura, expressões culturais, gastronomia e principalmente do povo cubano, que, apesar das dificuldades, não perdeu a alegria, a criatividade e a musicalidade.
  A exposição é acompanhada por um livro, cujas imagens traduzem o encantamento da fotógrafa por Cuba, motivado, inicialmente, pela dança e pelos ritmos musicais da ilha. Esses foram os pontos de partida para a jornada da fotógrafa pelo país insular caribenho, que começou pela capital, Havana, com sua importância histórica, e seguiu para o interior cubano, onde Lisette testemunhou o cotidiano de pequenas cidades, locais históricos e visitou praias paradisíacas.
  “Mesmo que não seja uma visão integral da realidade do país – que às vezes é dura também, como em tantos outros países do mundo –, criei minha ficção possível a partir do que se mantém como mais encantador em Cuba: a cultura das pessoas, a solidariedade que cultivam, a aura poética dos casarios antigos, o ar de nostalgia, a natureza exuberante, a população tão afetuosa quanto a brasileira”, afirma Lisette sobre seu trabalho.
O livro Cuba tem 300 páginas, formato 27cm x 27cm e capa dura, e poderá ser adquirido ao longo da exposição. O texto de apresentação é assinado pelo escritor Ignácio de Loyola Brandão, que relembra um pouco da história da revolução socialista na ilha e seu envolvimento pessoal com o país.
  “À medida que passava e repassava estas imagens feitas por Lisette Guerra, trazendo o cotidiano de um país, usos e costumes, gente, rostos, risos, olhos, crianças, namorados, charutos, portas coloridas, fachadas, ruas, praças, quadros, músicos, percebi que tive várias Cubas em momentos diferentes e com personagens variados”, descreve Brandão. Loyola ainda se refere ao trabalho da autora como sendo “portraitista”, com fotos "cheias de afeto e ternura”. Segundo ele, se o criador não se apaixona pelos seus personagens, tudo perde a autenticidade. “Como Lisette se entrega, os cubanos se entregaram também. Eis os fragmentos de um país que tem tanto a ver com o Brasil na pele, no cheiro, na musicalidade, na sensualidade, nas cores”, enfatiza o escritor.
A exposição Cuba permanece em cartaz até 14 de setembro e pode ser visitada de terças a domingos, das 9h às 21h. A entrada é franca.
 
Sobre a autora
 
 
Formada em jornalismo e publicidade, Lisette Guerra, gaúcha, começou a fotografar profissionalmente nos anos de 1980. Ao longo de duas décadas, publicou suas imagens no jornal Zero Hora. Trabalhou com algumas das mais importantes modelos brasileiras, que confirmaram o gosto, o talento e a sensibilidade da fotógrafa-jornalista diante de seu tema favorito: gente. Fez diversas exposições individuais e suas fotos estiveram em exibição em New York, Buenos Aires, Roma e nas principais capitais brasileiras. No começo dos anos 2000, foi correspondente, na Itália, da revista Quem Acontece e, paralelamente às atividades no fotojornalismo e na publicidade, investiu em outra de suas paixões, os livros. É autora dos livros Retrato de Modelo (Jornal Zero Hora e L&PM Editores), Pai & Mãe: Visão Singular de um Tema Eterno; e coautora de Figurino – Uma Experiência na Televisão (Editora Paz e Terra).
 
 
 CUBA
LISETTE GUERRA
Abertura dia 07 de agosto, às 19h
segundo andar da Usina do Gasômetro
Visitação de 08 de agosto a 14 de setembro
de terças a domingos, das 10 às 20h

Contatos 

Nenhum comentário: