Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Cine Especial: QUADRINHOS NO CINEMA: UMA HISTÓRIA QUADRO A QUADRO: Parte 6

Nos dias 10 e 11 de Junho, eu estarei participando do curso Quadrinhos no cinema: Uma História quadro a quadro, criado pelo Cena Um e ministrado pelo autor da "Enciclopédia dos Quadrinhos" (Editora L&PM) André Kleinert. Enquanto o curso não chega, por aqui estarei fazendo uma retrospectiva das melhores adaptações das HQ para o cinema e sobre o que mudou para aqueles que curtem essas duas artes de contar historias.


SEMI DESCONHECIDOS, MAS GANHANDO RESPEITO



Antes do estouro das adaptações de HQ dos principais heróis que todos conhecemos, houve outros quase desconhecidos pelo grande publico, mas que ganharam o seu merecido reconhecimento. Abaixo solto grandes exemplos



(1994) O MASKARA

Criado Mike Richardson, o personagem era mais sombrio e violento nas HQ. Contudo, sua adaptação estrelada por Jim Carrey ganha contornos levados mais para a comédia e gerando um enorme sucesso de publico e de critica.   


(1994) O CORVO

Criado por James O'Barr, a criação do personagem foi uma forma do roteirista exorcizar a sua dor que tinha por ter perdido a namorada em um atropelamento. Tanto na HQ como no cinema a trama é a mesma: Eric Draven e sua namorada são brutalmente assassinados por bandidos que invadiram o seu apartamento. Um ano depois Eric volta do mundo dos mortos para se vingar daqueles que tiraram a sua vida e da pessoa que amava.

Embora seja uma das melhores adaptações das HQ para o cinema nos anos 90, a produção por pouco não foi lançada devido à morte trágica de Brando Lee durante as filmagens. O filme só veio ganhar luz quando a namorada do ator insistiu para que o cineasta Alex Proyas (Eu, Robô) conseguisse  concluir as cenas que faltava com auxilio de efeitos visuais e um duble semelhante ao Brando. O filme foi um sucesso de publico e critica, rendendo inúmeras continuações inferiores e uma série de TV estrelada por Mark Dacascos (Pacto dos Lobos).



(1997) HOMENS DE PRETO

Criado pelo um selo alternativo da Marvel, a HQ era praticamente era desconhecida pelo grande publico, mas para o cinema a historia foi bem diferente. Rodado por Barry Sonnenfeld (O Nome do Jogo), o filme foi uma bela surpresa em 1997, agradando a critica tendo um grande sucesso de bilheteria. A grande chave do sucesso do filme foi pelo seu tom bem humorado original da trama sobre os alienígenas vivendo entre nós e pela ótima química da dupla Will Smith e Tommy Le Jones.



(2004) Hellboy

Criado por Mike Mignola, o demônio detetive a serviço do governo era bem cultuado nas HQ, mas muitos não acreditavam que levado para o cinema atrairia um grande publico. Fã de carteirinha do personagem, Guilherme Del Toro que, a recém havia saído do sucesso Blade 2, fez questão de levar a obra para o cinema e estrelado pelo ator que nasceu para o personagem, Ron Perlman. Embora tanto o primeiro como o segundo filme não obtiveram boas bilheterias, ambos se tornaram bastante cultuados, principalmente por ser fiel a sua fonte.

(2005) Constantine



A cria de Alan Moore (V de Vingança) já era bastante conhecida pelo publico que curtia HQ com o teor mais adulto, mas pelo menos aqui Brasil nunca foi um personagem muito conhecido. Isso mudou quando a adaptação estrelada por Keanu Reeves (Matrix) chegou ao cinema por aqui e se tornando um sucesso muito maior do que nos Estados Unidos. Embora com algumas mudanças (de inglês, o personagem passou a ser americano) o filme carrega consigo o mesmo do teor adulto que se vê no gibi do personagem.   

 

(2008) PROCURADO
 

Mark Millar (Os Supremos) cria uma poderosa e violenta HQ, onde os heróis não existem mais e vilões se tornam uma sociedade secreta cuja missão é assassinar determinadas pessoas importantes. Para adaptação do cinema, dirigida pelo cineasta Timur Bekmambetov (Apollo 18) as fantasias são abandonadas e visualmente o filme se torna uma verdadeira mistura de Matrix com o Clube da Luta. Embora com essas mudanças, o filme foi um grande sucesso.   



(2010) Kick-Ass

Criado pela Marvel, a historia levanta a questão do porque as pessoas não quererem ser heróis e se fossem daria certo no mundo real? O resultado pode ser até desastroso, mas se tornou genial ao ponto de ser cultuado e ganhando uma adaptação bem fiel a fonte, dirigida por Matthew Vaughn (X-Men: Primeira Classe). Na adaptação, destaco a extraordinária presença da personagem Hit Girl, interpretada de uma forma formidável pela atriz mirim Chloë Grace Moretz.



Inscrições para o curso clique aqui



  Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: