Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Cine Dica: Em DVD E BLU-RAY: Enterrado Vivo

SIMPLISIDADE UNIDA COM TERROR PSICOLOGICO
Sinopse: Paul Conroy (Ryan Reynolds) ainda não está pronto para morrer. Mas, quando ele acorda dentro de um caixão a 2 metros abaixo da terra sem a menor ideia de quem ou porque o colocaram lá, a vida dele se transforma em um único esforço extremo pela sobrevivência. Enterrado apenas com um celular e um isqueiro, o pouco oxigênio transforma Enterrado Vivo numa aflitiva experiência de corrida contra o tempo. Paul tem apenas 90 minutos para conseguir que o resgatem antes que seu pior pesadelo se torne verdade. Prenda a respiração.
Não é de hoje que o cinema nos apresenta uma trama de um determinado protagonista, cujo o ambiente é limitado e toda a ação se passa neste pequeno ambiente. Por Um Fio é um bom exemplo, porém, o diretor Rodrigo Cortés inova essa tensão em um ambiente menor ainda para o protagonista, onde toda a tensão se passa dentro de um caixão em 99% do filme. Sendo assim,  o personagem Paul Conroy, com poucos movimentos e poucos recursos (entre eles celular) tenta desesperadamente pedir ajuda e ao mesmo tempo passar por humilhações psicológicas, seja por aqueles que dizem que irão resgatá-lo, seja por aqueles que o seqüestraram.
Ryan Reynolds atua sozinho, sem contracenar com ninguém e somente com aqueles do outro lado da linha, assim acompanhamos todo o seu desespero e degradação ao longo de uma hora e meia e com isso, o ator que por muitas vezes é tachado como canastrão, finalmente convence com um ótimo desempenho, onde passa todo o seu desespero e terror psicológico.
Mesmo sendo um pequeno filme e com uma historia simples (mas impactante) a trama ainda tem tempo de fazer criticas com relação à Guerra do Iraque e à diplomacia dos Estados Unidos e mesmo que tais criticas já estejam desgastadas já alguns anos, aqui ainda funciona perfeitamente.
Com um final angustiante e pouco reconfortante, Enterrado Vivo não é aconselhado para pessoas que tem claustrofobia, mas não custa se arriscar para ver algo de diferente no gênero de suspense a flor da pele.

Curiosidades: Fez muito sucesso no Sundance Festival de 2009 e foi comprado pela Lionsgate por US$ 3,2 milhões;
Rodado em cerca duas semanas;
Seu orçamento foi de apenas US$ 3 milhões;
Foram usados cinco caixões para as filmagens.

Nenhum comentário: