Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 31 de maio de 2011

Cine Dica: Em DVD: O ASSASSINO EM MIM

Sinopse: 'O Assassino em Mim' acompanha a vida do xerife de uma pequena cidade do Texas, Lou Ford (Affleck), que a vista de todos aparenta ser uma pessoa normal. Porém em seu íntimo conserva tendências sociopatas.
Casey Afleck e Bem Afleck podem até serem irmãos de sangue, mas a forma de interpretar de cada um é tão diferente quanto o céu e o inferno e nessa briga familiar, Casey sai ganhando de longe. Desde O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford quando teve grande destaque, Casey vem construindo uma filmografia com personagens bem interessantes onde cada um retira uma casca de cebola na qual destaca qualidades cada vez mais perceptíveis de seu talento e neste mais novo filme, ele mostra todos seu talento ao interpretar um personagem psicopata.
Sucesso em vários festivais, mas que infelizmente chegou por aqui direto em DVD, o filme possui todo aquele requinte de filme noir de antigamente, com historia forte, mulheres sedutoras e protagonistas com a personalidade duvidosa. Em meio a isso, Casey entrega um dos personagens mais interessantes do cinema recente, ao criar uma pessoa que conserva tendências de sociopata, mas quando elas afloram, tudo pode acontecer, em momentos fortes e desconcertantes nos quais o publico feminino pode muito bem se chocar.
Com um final surpreendente e eficaz, o filme dirigido pelo diretor Michael Winterbottom (9 Canções) é recomendado e merece ser descoberto pelo publico que foi privado de assistir essa ótima trama no cinema.

Curiosidades: Quando foi exibido no Festival de Sundance, a estrela Jessica Alba saiu do cinema no meio da exibição. Além dela, várias pessoas se retiraram no cinema. O longa é uma adaptação do romance noir de Jim Thompson, publicado em 1952.

Nenhum comentário: