Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Cine Especial: Um Bom Filme Ruim: Até Que Enfim é Sexta Feira

sinopse: Numa badalada discoteca, "The Zoo", haverá um concurso de dança que, além de um troféu, dará um prêmio de US$ 200 para o casal vencedor. Com transmissão ao vivo pelo rádio, esta é a grande chance do DJ Bobby Speed (Ray Vitte) de se promover, mas para isto acontecer o The Commodores precisam aparecer lá para dar um pequeno show. Caso não aconteça o futuro de Bobby terá poucas perspectivas. Tudo parece ter sido resolvido quando o conjunto chega, mas sem os instrumentos musicais, que Floyd (DeWayne Jesse) está transportando. Porém ele está com dificuldades em chegar, pois além de não saber a rota está sendo parado pela polícia (mais de uma vez), que suspeita que os instrumentos sejam roubados. Assim cada vez que é parado precisa tocar todos os instrumentos, para provar que não é um mero ladrão. Paralelamente na discoteca, Nicole (Donna Summer), uma aspirante a cantora de disco music, quebra a segurança para poder cantar, mas é impedida por Bobby, que teme correr riscos. Já Frannie (Valerie Landsburg) e Jeannie (Terri Nunn), duas colegiais que foram barradas por não terem idade, precisam arrumar um jeito de entrarem e conseguirem um parceiro para Frannie disputar o concurso, pois só assim terão dinheiro para comprar ingressos para o show do Kiss. Um entediado casal, Dave (Mark Lonow) e Sue (Andrea Howard), vão por insistência dela na Zoo, no 5º aniversário de casamento deles. A relação é posta à prova quando Tony Di Marco (Jeff Goldblum), o proprietário da discoteca, que é um mulherengo incorrigível, tenta seduzi-la e ele é assediado por Jackie (Mews Small), que lhe dá vários comprimidos, provocando nele um efeito inusitado. Por sua vez Marv Gomez Chick Vennera), que largou até o emprego para só dançar, sonha em ganhar o concurso como uma realização pessoal.

Lá pelo final dos anos 70 houve a explosão do disco que se tornou uma verdadeira febre. Com isso, houve os sucessos com John Travolta dançando e virando lenda em Os Embalos de Sábado a Noite e Tempos da Brilhantina, mas claro, houve espertalhões querendo pegar uma parte do bolo e o melhor exemplo foi Até Que Enfim é Sexta Feira.
A historia simples, girava em torno de um concurso promovido por uma nova discothéque. Dona Summer faz uma jovem que, como o Tony Manero de Embalos, sonha tornar-se estrela, mais clichê impossível. O diretor estreante Robert Klane despontou ali para o anonimato e jamais fez algo decente depois disso.

curiosidades: Este é o filme em exibição no drive-in de Christine, o Carro Assassino

Nenhum comentário: