Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Cine Curiosidades: Disney abre seu baú para o final do ano

A cada seis anos, a Disney lança um clássico para o varejo mas sempre por tempo limitado. Por considerarem obras primas do cinema, o estúdio opta dessa maneira para dar mais valor a obra, uma política até interessante, principalmente pelo fato de nem se quer nos vermos os filmes da Disney em seguida na TV aberta pois não é fácil para os canais comprarem deles os direitos da exibição. Caso parecido foi do produtor David O. Selznick  de  E o Vento Levou que jamais aceitou sua produção sendo exibida na TV, pois segundo suas próprias palavras, a TV jamais iria transmitir para o publico, a magia que é assistir aquele filme, com isso, o épico foi somente liberado em 1980 para a TV a aberta.
Com a chegada do final do ano, o estúdio lança algumas das grandes obras primas da animação que ninguém pode deixar de comprar, confiram:


BAMBI
sinopse:Numa floresta os animais ficam agitados com o nascimento de um filhote de cervo, Bambi, que foi chamado de "Príncipe da Floresta", pois seu pai é o cervo mais respeitado da região. Bambi cresce, faz amizade com outros animais da floresta, aprende como sobreviver e descobre o amor. Um dia chegam caçadores e ele precisa aprender como ser tão corajoso como seu pai, para saber como conduzir outros cervos para um lugar seguro.

Segundo longa metragem da carreira de Disney, o anterior era A Branca de Neve e assim como no filme anterior em que ousou em mostrar pela primeira vez personagem humanos em desenho e uma duração de mais de uma hora de projeção, Disney chocou o publico ao apresentar a primeira morte de um personagem de um desenho no cinema, pois todo mundo conhece a historia que a mãe do Bambi morre durante a historia, um feito chocante para um publico conservador da época e que acabou chocando certas crianças que acabaram se dando conta que seus pais um dia podem morrer, ou seja, Disney realmente era um homem a frente do seu tempo.


FANTASIA
Sinopse: A integração das grandes obras da música clássica com visuais extremamente criativos e originais da animação. São as seguintes composições que fazem do filme: "Toccata e Fuga em Ré Menor", de Johann Sebastian Bach; "Suíte Quebra-Nozes", de Peter Llich Tchaikovsky; "O Aprendiz de Feiticeiro", de Paul Dukas; "Sagração da Primavera", de Igor Stravinsky; "Sinfonia Pastoral", de Ludwing Van Beethoven; "Dança das Horas", de Almicare Ponchielli; "Noite no Monte Calvo", de Modest Mussorgsky; e "Ave Maria", de Franz Schubert.

Se Branca de Neve e Bambi eram ousados pelas suas inovações e temas até então inéditos na animação tradicional, o que dizer de um filme de animação com duas horas de projeção em que mostra inúmeras tramas (por vezes abstratas) entrelaçado com musicas eruditas?? Só mesmo saindo da mente de Disney em lançar tamanha ousadia magia na época. O resultado que a maioria do publico e critica não entendeu nada da proposta e muitos consideraram monótono ou estúpida a idéia de musica clássica com animação e o filme acabou sendo um fracasso. Nos anos sessenta, Fantasia  acabou sendo relançando e acabou ganhando o publico da época que possuía a mente mais aberta e finalmente o filme acabou ganhando os status de obra prima merecidamente, pois atualmente num mundo politicamente correto,  tão cedo não se vera coisas que nesse filme apresenta, como a parte final de Noite no Monte Calvo" onde apresenta um demônio gigante de uma montanha que assombra um vilarejo e termina com a clássica "Ave Maria", de Franz Schubert, mais ousadia, impossível!

NOTA: Também foi anunciado o lançamento especial do O REI LEÃO, mas somente para outubro do ano que vem, após a exibição do filme no formato em 3D, promete!!!! 

Nenhum comentário: