Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Cine Clássicos Faroeste: MATAR OU MORRER

UM DOS PRIMEIROS FILMES A MOSTRAR UMA TRAMA EM TEMPO REAL
Sinopse:
Na hora de seu casamento xerfe recebe noticia de que o bandido que mandou para a cadeia (e jurou mata-lo) saiu da prisão e deve chegar no trem do meio dia. Faroeste antológico, feito em tempo real. Sua duração corresponde ao tempo efetivo em quea ação se desenrola. Por isso, o filme mostra várias vezes os relógios, intensificando o suspense a medida que os ponteiros avançam para o meio dia. Oscar de melhor ator para Gary Cooper, montagem, trilha sonora e canção.
Claro que depois desse filme houve vários outros filmes que imitaram aos montes e talves o aluno mais recente de todos esses seguidores seja mesmo 24 horas em que toda a série passa em tempo real.
Por fim toda a historia tem um começo, portanto toda a trama de tempo real que agente assiste hoje em dia começou com esse grande clássico do cinema que soube também explorar o lado piscicologico dos persongens e principalmente do protagonista que em determinado momento da trama tem medo de morrer em sua derradeira e ultima luta contra os bandidos, algo raro naquela época.  

Curiosidades:
O ator Lee Van Cleef não tem um único diálogo durante todo o filme.
A cidade mostrada em Matar ou Morrer chama-se Hadleyville. Apesar de em nenhum momento do filme o nome da cidade ser dito, ele é bem visível na estação de trem mostrada no filme.

Nenhum comentário: