Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Cine Animação: PAPRIKA

BELA ANIMAÇÃO QUE FAZ UMA VIAJEM NA CABEÇA DO SER HUMANO
sinopse:
Num futuro próximo, o Dr. Tokita (Tôru Furuya) inventa um poderoso aparelho chamado DC-Mini, que torna possível o acesso aos sonhos das pessoas. Sua colega, a Dra. Atsuko Chiba (Megumi Hayashibara), psicoterapeuta e pesquisadora de ponta, desenvolve um tratamento psiquiátrico revolucionário a partir do aparelho. Mas, antes de seu uso ser sancionado pelo governo, o DC-Mini é roubado. Quando vários dos pesquisadores do laboratório começam a enlouquecer e a sonhar em estado de vigília, Atsuko assume seu alter-ego, Paprika, a bela �detetive de sonhos�, para mergulhar no mundo do inconsciente e descobrir quem está por trás da tragédia.
O diretor Kon Satoshi (cujo seus filmes são ineditos no territorio brasileiro) cria aqui uma verdadeira viajem em mundos de sonhos e pesadelos nos quais existe no conciente de cada ser humano. Com momentos de surealismo a lá Salvador Dali e cenas fortes e arrebatadoras, a trama precisa de muita atenção, mesmo sendo uma animação e a trama não é para qualquer cabeça e requer mente aberta para tentar compreender mas não deixa de ser inesquecivel ao assistir esse filme com uma das mais belas imagens que animação japonesa pode proporcionar desde os tempos de AKIRA.   

curiosidades:
 Os atendentes de bar do site oficial do filme foram dublados pelo diretor Satoshi Kon e por Yasutaka Tsutsui, autor do livro o qual o filme é baseado. - Exibido na mostra Panorama do Cinema Mundial, no Festival do Rio 2007.

Nenhum comentário: