Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 30 de setembro de 2008

cine dicas: A Bela Adormecida edição de 50 anos de aniversário

A Bela Adormecida está fazendo já seus 50 anos de vida por isso nada mais do que justo que seja lançado um DVD digno com relação a data. Na verdade o DVD faz parte da coleção Plantiun que a Disney está lançando de tempo em tempo, o filme já havia sido lançado anteriormente em DVD contudo existe dois motivos para novamente o filme ser lançado, uma por causa da coleção Plantiun, duas, além do filme estar fazendo 50 anos de vida era de muito interesse das pessoas em adquirem esse filme, principalmente pelo fato de Ter ficado fora do catalogo a muito tempo, como é politica da Disney, eles deixam o filme por tempo limitado e o retiram para somente anos mais tarde eles voltarem a vender, portanto quem quizer esse filme recomendo que compre agora.
Filme de animação de longa-metragem, considerado um clássico, produzido pela Disney em 1959. É uma adaptação da versão do século XVII de Charles Perrault para um famoso conto de fadas.

Vamos a Sinopse, curiosidades e trajetoria
Uma linda princesa chamada Aurora sofreu uma terrível maldição da bruxa Malévola: ao completar 16 anos, ela espetaria o dedo no fuso de uma roca e cairia em um sono eterno. Mas as três fadas madrinhas - Fauna, Flora e Primavera - descobrem uma forma de quebrar o feitiço: um beijo doce de amor. Aurora espeta o dedo no fuso de uma roca, adormece, e as fadas resolvem adormecer todo o reino, até que um dia o corajoso príncipe Filipe acordasse a princesa adormecida. Munido do escudo da virtude e a espada da verdade, Felipe combate e derrota Malévola e finalmente quebra o feitiço com um beijo de amor verdadeiro.
Principais personagens e vozes

Princesa Aurora .... Mary Costa
Príncipe Filipe .... Bill Shirley
Malévola .... Eleanor Audley
Flora .... Verna Felton
Fauna .... Barbara Jo Allen
Primavera .... Barbara Luddy
Rei Estevão .... Taylor Holmes
Rei Humberto .... Bill Thompson
Coruja .... Dal McKennon
Versão brasileira Estúdios: Atlântida Cinematográfica
Direção de dublagem: Luís Delfino
Tradução: Orlando Figueiredo
Versões musicais: Aloysio de Oliveira
Vozes: Maria Alice Barreto .... Princesa Aurora / Rosa (diálogos)Norma Maria.... Princesa Aurora / Rosa (canções)
Maurício Sherman .... Príncipe Filipe (diálogos) Osny Silva .... Príncipe Filipe (canções)
Heloísa Helena .... Malévola
Nancy Wanderley .... Flora
Joyce de Oliveira .... Primavera
Nádia Maria .... Fauna
Hamilton Ferreira .... Rei Humberto
Roberto de Cleto .... Rei Estêvão
Prêmios e indicações
O filme A Bela Adormecida recebeu uma indicação ao Óscar, na categoria Melhor Trilha Sonora de Filme Musical. Recebeu também uma indicação ao Grammy, na categoria Melhor Álbum de Trilha Sonora Original - Cinema / Televisão.
Curiosidades
A maior parte da trilha sonora de A bela adormecida é composta de canções adaptadas do balê Sleeping Beauty, de Pyotr Ilyich Tchaikovsky. A Bela Adormecida é uma realização técnica espetacular que aproveitou-se de todos os recursos do formato widescreen e foi o primeiro longa-metragem animado a ser filmado em bitola 70mm. O desenvolvimento preliminar de A Bela Adormecida teve início em 1950, com a produção atingindo seu auge em 1953. Entretanto, a produção sofreu atrasos enquanto Walt Disney se dedicava à construção da Disneylândia e a vários projetos do estúdio para a televisão. A Bela Adormecida, A Pequena Sereia, de 1989, e Aladdin, de 1992, são os únicos filmes de animação da Disney nos quais as princesas receberam um nome: Aurora, Ariel e Jasmine, respectivamente. O filme foi o mais caro da Disney desde Pinóquio (1940), e teve baixíssima bilheteria e críticas negativas, quase afundando o estúdio. Mesmo assim, nos 50 anos seguintes, conseguiu sua glória e hoje é um dos filmes mais rentáveis da história.

Como podem ver os anos se passaram, mas a Princesa Aurora continua linda e loira no aniversário de 50 anos do filme da Disney "A Bela Adormecida", que ganha DVD remasterizado apartir de amanhã. O clássico, baseado no conto de Charles Perrault, além de imagens mais nítidas, será lançado com cinco horas de extras, que incluem jogos, músicas e muito material sobre os bastidores da produção lançada oficialmente em 1959.
Entre os joguinhos, a valsa do filme é o tema de duas atrações. Um deles dá lições da dança para os pequenos, com três níveis de dificuldade, e ensina passos na tela para o jogador acompanhar "no chão". Já a outra brincadeira é para interagir com o controle remoto, e é preciso ficar esperto para seguir exatamente os passos dos bichinhos da floresta na dança, numa espécie de "siga o mestre".

Bastidores nos extras
Mas, mais que os joguinhos, o destaque dos extras é sobre os bastidores, que podem interessar aos pequenos e aos adultos ao mostrar imagens da época em que o filme estava sendo produzido (a maior parte é em branco e preto). Também conta curiosidades e histórias em depoimentos de desenhistas e da dubladora Mary Costa, chamada para dublar a princesa aos 19 anos. Mary, bela como sua personagem, chegou a emprestar um pouco de seu charme e características físicas para a criação de Aurora. Entre os dubladores (todos os que fazem a voz em inglês), também é destaque Eleanor Audley, a voz da malvada bruxa Malévola.
Quem se interessar pela história da animação poderá, ainda, ver cenas feitas com atores para que os desenhistas pudessem criar os movimentos dos personagens, como na cena em que o Príncipe Felipe luta contra um dragão, feita com a ajuda de um ator, de uma espada de brinquedo e de uma escada.
Embora os depoimentos dos extras sejam apenas "elogiosos" à produção (já que se trata de documentários da Disney sobre ela mesma), é possível conhecer como eram feitas as animações na época e ver curiosidades interessantes sobre o clássico, que teve suas paisagens inspiradas em tapeçarias medievais e muita atenção a detalhes, tanto em relação às formas quanto às cores.
As músicas do filme também não ficam de fora. Isto inclui desde informações sobre o uso das músicas do balé de "A Bela Adormecida", composto por Peter Tchaikovsky (compositor russo do século 19), desde clipes com os personagens, enttre eles a canção "Once Upon A Dream", em inglês.

Por fim é um filme de animação indispensavel em qualquer prateleira de colecionador de filmes que se prese, e como disse antes, vai correndo a loja comprar pois obras primas como essa ficam pouco tempo nas lojas, principalmente com relação a filmes da Disney.

Um comentário:

Thiago Modesto disse...

para te falar a verdade eu nunca gostei de bela adormecida

www.maniacosporfutebol.com.br