Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de maio de 2010

Cine Dicas: Em Cartaz: HOMEM DE FERRO 2

HUMOR ACENTUADO E ROBERT DOWNWY JR  SÃO IGREDIENTES PRINCIPAIS PARA O SUCESSO DESSA SEQUENCIA
Sinopse:
 No filme 'HOMEM DE FERRO 2' o mundo já sabe que o inventor bilionário Tony Stark (Robert Downey Jr.) é o super-herói blindado Homem de Ferro. Sofrendo pressão do governo, da mídia e do público para compartilhar sua tecnologia com as forças armadas, Tony reluta em divulgar os segredos por trás da armadura do Homem de Ferro, temendo que as informações caíssem em mãos erradas. Tendo Pepper Potts (Gwyneth Paltrow) e James "Rhodey" Rhodes (Don Cheadle) a seu lado, Tony estabelece novas alianças e enfrenta novas e poderosas forças.
Homem de ferro (2008) foi uma grata surpresa para inúmeros fãs de cinema e historia em quadrinhos, e ousadia, principalmente pelo fato de terem pegado um personagem não tão conhecido pelo publico em geral e lançar numa superprodução que abriria oficialmente os filmes da Marvel Estúdios, cujo grande interesse é criar filmes para os seus personagens, interligá-los um com o outro para então finalmente se reunirem todos na futura superprodução Vingadores. Mas talvez a maior bola dentro do filme foi realmente Robert Downey Jr. Vindo de uma carreira difícil graças ao vicio com drogas e álcool, ele viu na produção uma grande oportunidade de se reerguer das cinzas, e como tanto o personagem como o ator em si são parecidos um com outro (nos quadrinhos Tony Stark sofria com a bebida) tudo se encaixou perfeitamente e o ator acabou criando talvez a melhor perfomasse de sua carreira, ao fazer um homem de ferro excêntrico, narcisista, mas que acaba descobrindo algo melhor dentro de si.
Mas e a seqüência?? Sem aquele ar de novidade, o diretor Jon Favreau se concentrou a todo o momento numa trama, que embora simples no decorrer da película, jamais cai no aborrecimento, isso graças às ótimas piadas certeiras que ocorre durante toda a projeção, aliados com uma otima trilha sonora pesada e ótimas cenas de ação na medida certa e não um vídeo game ininterrupto como foi Transformes 2. Apesar de haver mais personagens e mais subtramas, o enredo jamais soa confuso, ele flui normalmente para melhor compreensão para espectador que vai ao cinema unicamente para se divertir, e o que não falta no filme é diversão.Ver cenas onde Tony Stark mostra toda a sua fragilidade como ser humano (num momento de pura bebedeira) faz nos identificar com o personagem e mostrar que é tão humano quanto qualquer um e sempre estará a mercê de cometer erros. Neste ponto o filme faz uma leve reverencia a clássica HQ Demônio da garrafa, onde o personagem sofreu com o vicio da bebida e mesmo que no filme esse ponto tenha ficado amenizado, os fás logo irão se lembrar daquela historia.
Os coadjuvantes é que fazem a festa, Mickey Rourke da um show fazendo o vilão durão e mau encarado em busca da pura e simples vingança contra Tony Stark, Gwyneth Paltrow tem um desempenho melhor como Pepper Potts mas só um pouquinho (achava ela a única coisa negativa do filme anterior), Don Cheadle veio para ser o Rhodey Rhodes definitivo com seu alter ego Maquina de combate, Sam Rockwell faz Justin Hammer uma espécie de versão de Tony Stark se caso não tivesse obtido uma segunda chance na vida no primeiro filme. Contudo a grande estrela dos coadjuvantes é Scarlett Johansson fazendo a personagem agente Viúva Negra e nova assistente de Tony Starrk, apesar de eu achar Scarlett um tanto que inexpressiva, sua personagem séria e durona caíram como uma luva para atriz e ela simplesmente não faz feio nas cenas de luta principalmente onde suas pernas se tornam suas armas. Não posso esquecer claro da pequena mas importante participação de Samuel L. Jackson como líder da agencia SHIELD Nick Fury que será o grande laço que irá reunir os principais heróis que foram já apresentados e que irão em breve aparecer no cinema. Apesar de o ato final ter sido um tanto que apressado e a parte que aparece o pai do Tony em vídeo não ter me convencido, Homem de Ferro 2 jamais ofende a inteligência do espectador e procura acima de tudo divertir e fazer criar um largo sorriso de satisfação, por unir aventura e humor na medida certa.

AVISO: Que os apressados não saiam da sala antes da hora, pois no final dos créditos a uma grata surpresa.

Nenhum comentário: