Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Cine Dica: Documentários em pré-estreia

 O CASO DO HOMEM ERRADO
 
A Cinemateca Capitólio Petrobras recebe duas pré-estreias de documentários produzidos no Rio Grande do Sul. Na quarta-feira, 10 de maio, às 20h, acontece a sessão de Impeachment - O Brasil nas Ruas, de Beto Souza e Paulo Moura. Na quinta-feira, 11 de maio, às 20h, acontece a sessão de O Caso do Homem Errado, de Camila Moraes. O valor do ingresso é R$ 10,00, com meia entrada para estudantes e idosos.

IMPEACHMENT - O BRASIL NAS RUAS
Direção: Beto Souza e Paulo Moura, 60 min. 2017 

Impeachment – O Brasil nas ruas é um documentário coproduzido e codirigido por Beto Souza (jornalista e cineasta) e Paulo Moura (cientista político e produtor de cinema). O documentário tem a dupla finalidade de registrar para a história, através de cenas colhidas nas ruas por celulares e câmeras dos ativistas, os principais momentos do movimento pelo impeachment, bem como entrevistas com suas principais lideranças. Busca demonstrar, pelos argumentos dos juristas que protagonizaram o pedido bem como de analistas políticos, que o impeachment da ex-presidente Dilma obedeceu a Constituição.

O CASO DO HOMEM ERRADO
DIREÇÃO: Camila de Moraes, 2017

O filme conta a história do jovem operário negro Júlio César de Melo Pinto, que foi executado pela Polícia Militar, nos anos 1980, em Porto Alegre. O crime ganhou notoriedade  após  a imprensa divulgar fotos  de Júlio sendo colocado com vida na viatura e chegar, 37 minutos depois, morto a tiros no hospital.

O filme traz o depoimento de Ronaldo Bernardi, o fotógrafo que fez as imagens que tornaram o caso conhecido, da viúva do operári, Juçara Pinto, e de nomes respeitados da luta pelos direitos humanos e do movimento negro no Brasil. Além do caso que dá título ao filme, a produção discute ainda as mortes de pessoas negras provocadas pela polícia. A Anistia Internacional, inclusive, fala de genocídio da juventude negra devido ao grande número de jovens negros assassinados pelas forças de segurança no País.

O documentário foi produzido de maneira independente pela produtora gaúcha Praça de Filmes e contou com equipamentos de última geração. O filme foi  dirigido por Camila de Moraes, jornalista gaúcha que vive em Salvador.

GRADE DE PROGRAMAÇÃO
09 a 14 de maio de 2017

09 de maio (terça)
17h – Apesar da Noite
20h – Cineclube Academia das Musas (Quando a Mulher se Opõe, de Dorothy Arzner)

10 de maio (quarta)
17h – Apesar da Noite
20h – Sessão de Pré-lançamento de Impeachment: O Brasil nas Ruas, de Beto Souza e Paulo Moura

11 de maio (quinta)
17h – Apesar da Noite
20h – Sessão de Pré-lançamento de O Caso do Homem Errado, de Camila de Moraes
  
12 de maio (sexta)
17h – Apesar da Noite
20h – Projeto Raros (Zumbis do Mal, de Willard Huyck e Gloria Katz)

13 de maio (sábado)
17h – Apesar da Noite
19h30 – Twin Peaks: exibição do episódio piloto e debate conduzido pelo site Nonada

14 de maio (domingo)
16h – Sessão da Tarde: Porco Rosso - O Último Herói Romântico
18h – Sessão de pré-estreia de A Mulher Que se Foi, de Lav Diaz

Nenhum comentário: