Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 66 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de abril de 2017

Cine Dica: Pré-estreia de Joaquim tem participação do diretor no CineBancários

Dirigido por Marcelo Gomes, que assina também o roteiro do filme, Joaquim ganha sessão de pré-estreia no CineBancários. Na quarta-feira, 12 de abril, o ator Julio Machado e a atriz Isabél Zuaa, junto com o diretor Marcelo Gomes, participarão do debate que será realizado após a exibição do filme. A sessão tem início as 19h30 e a distribuição de senhas será realizada a partir das 19h. A entrada é franca.
Joaquim mescla situações fictícias com relatos históricos para retratar a vida de um brasileiro comum, com um caráter verdadeiramente humano: seus defeitos, contradições, medos e ambiguidades. A narrativa do filme está centrada num determinado momento da vida de Tiradentes: quando ele, a serviço da coroa portuguesa, realiza viagens pelas precárias, lamacentas e perigosas estradas de Minas a procura de contrabandistas de ouro. É nesse período que surgem as primeiras cidades do interior do Brasil, já com as profundas fraturas sociais que há mais de 400 anos fazem parte da história do país.



O longa-metragem é uma ficção que acompanha o processo de transformação do homem comum no rebelde anticolonialista e nos convida a fazer uma reflexão sobre nós mesmos, sobre o passado histórico do Brasil, da América Latina e do mundo em geral, para entendermos melhor os dias atuais. O filme participou da principal seleção do Festival de Berlim.



SINOPSE JOAQUIM



Século XVIII. A colônia dos Brasis, parte do Império Português, enfrenta um declínio na produção de ouro. Uma minoria portuguesa governa de forma autoritária e corrupta uma sociedade composta, em sua maioria, por escravos africanos, indígenas e mestiços. Joaquim é um militar de destaque na captura de contrabandistas de ouro. Ele espera que sua dedicação seja recompensada com uma patente de tenente para que possa comprar a liberdade da escrava Preta, por quem é apaixonado. A promoção nunca chega, ele se desespera. Neste momento, Joaquim é designado para uma arriscada missão: encontrar novas minas de ouro no temido Sertão Proibido. Cumpri-la será a única forma de conseguir sua promoção e a liberdade de sua amada.



SOBRE O DIRETOR



Marcelo Gomes é natural do Recife. Seu primeiro longa, Cinema, Aspirinas e Urubus, estreou na mostra Un Certain Regard, (Cannes, 2005), onde recebeu o Prêmio do Ministério da Educação da França, além de mais de 50 prêmios em festivais nacionais e internacionais. Em 2009 apresenta no Festival de Veneza, Viajo porque preciso, volto porque te amo, ficção codirigida com Karim Aïnouz. Em 2012, Era uma vez eu, Verônica, é lançado nos festivais de Toronto e San Sebastian. Em 2014, codirigiu com Cao Guimarães o longa-metragem O Homem das Multidões, selecionado para a sessão Panorama do Festival de Berlim (Berlinale) e premiado nos festivais de Toulouse e Guadalajara, entre outros. JOAQUIM, com estreia prevista para 2017, terá lançamento mundial na competição do 67º Festival de Berlim (Berlinale).



FICHA TÉCNICA



Brasil / Portugal / Espanha / 2017 /102 min

Roteiro e Direção: Marcelo Gomes

Produzido por: João Vieira Jr.

Coproduzido por: Pandora da Cunha Telles e Pablo Iraola

Produtores Executivos: Nara Aragão e Ernesto Soto

Diretor de Fotografia: Pierre de Kerchove

Montagem: Eduardo Chatagnier

Diretor de Arte: Marcos Pedroso

Figurino: Rô Nascimento

Caracterização: Anna Van Steen e Evelyn Barbieri

Som Direto: Pedrinho Moreira e Moabe Filho

Trilha Sonora: O Grivo

Desenho de Som: Elsa Ferreira

Mixagem: Branko Neskov

Produção: REC Produtores / Ukbar Filmes

Distribuição: Imovision

Elenco: Julio Machado, Isabél Zuaa, Nuno Lopes, Rômulo Braga, Welket Bungué, Karai Rya Pua


Me sigam no Facebook, twitter, Google+ e instagram

Nenhum comentário: