Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de março de 2017

Cine Dica: 100 anos de Kirk Douglas na Sala Multimídia

 EXIBIÇÃO DE FILMES DE KIRK DOUGLAS NA SALA MULTIMÍDIA

A partir de 1º de março, a programação da Sala Multimídia da Cinemateca Capitólio homenageia o recente aniversário de 100 anos de Kirk Douglas, um dos grandes nomes da história de Hollywood, com sessões de clássicos interpretados pelo ator entre as décadas de 1940 e 1970. O valor único do ingresso para cada sessão é R$ 5,00. A lotação da Sala Multimídia é de 22 lugares. Exibições em DVD.



GRADE DE PROGRAMAÇÃO



Fuga do Passado

(Out of the Past, 1947, 97 minutos)

Direção: Jacques Tourneur



Jeff Bailey vive uma vida pacata, trabalhando em um posto de gasolina em uma pequena cidade dos Estados Unidos. Quando um dos capangas de Whit, seu antigo chefe, acha-o, ele voltará a enfrentar seu passado e se ver obrigado a preencher as lacunas que deixou em sua antiga vida. Principalmente com relação a Kathie, mulher de duas caras que a qualquer momento pode traí-lo ou fazê-lo se apaixonar novamente. Exibição em DVD.



Quem é o Infiel?

(A Letter to Three Wives, 1949, 103 minutos)

Direção: Joseph L. Mankiewicz



Lora Rita e Débora são três mulheres diferentes, com diferentes ambições, desejos e sonhos. Lora casou com seu chefe, que pensa que ela é uma caçadora de fortunas. Rita ganha mais dinheiro escrevendo para um programa de rádio do que seu marido professor. E Débora fica fabulosa num uniforme da Marinha, mas não tem certeza do que vestir para ir a uma festa. O destino dessas três mulheres se cruzará quando uma carta revelar o segredo que porá o futuro de uma delas em jogo. Um dos grandes trabalhos do diretor Joseph L. Mankiewicz, que ganhou o Oscar de Melhor Direção por este filme. Exibição em DVD.



Embrutecidos Pela Violência

(Along the Great Divide, 1951, 88 minutos)

Direção: Raoul Walsh



Federais americanos e dois xerifes resgatam um ladrão de gado de um linchamento liderado por um barão do gado local, convencido de que o bandido também matou seu filho. Exibição em DVD.



20.000 Léguas Submarinas

(20,000 Leagues Under The Sea, 1954, 122 minutos)

Direção: Richard Fleischer



Em 1868 relatos alarmantes sobre um monstro marinho, que destruía navios facilmente, gera um temor nas companhias de navegação. Em virtude disto vários navios não levantam âncora, pois não há tripulação. Em São Francisco um professor francês, especialista em vida marinha, precisa ir à Shangai e enfrenta o mesmo problema, pois a tripulação do seu navio desertou. Exibição em DVD.



Sede de Viver

(Lust for Life, 1956, 120 minutos)

Direção: Vincente Minnelli



O filme retrata fielmente a vida do mestre da pintura: Van Gogh. Dividido entre a genialidade e sua mente atormentada, Van Gogh é interpretado pelo aclamado ator Kirk Douglas. Sede de Viver captura todo o êxtase da arte e a agonia da vida de um gênio da pintura. Exibição em DVD.



A Cidade dos Desiludidos

(2 Weeks in Another Town, 1962, 107 minutos)

Direção: Vincente Minnelli



Após três anos internado em uma clínica de reabilitação, Jack Andrus, um ator atormentado pelo alcoolismo e por problemas pessoais, aceita um convite para estrelar um filme rodado em Roma e dirigido por um cineasta cuja carreira também está em decadência. A filmagem será marcada por conflitos e revelações. Espécie de continuação do brilhante Assim Estava Escrito, A Cidade dos Desiludidos é um retrato sem concessões dos bastidores de Hollywood. Exibição em DVD.



Sete Dias de Maio

(Seven Days in May, 1964, 118 minutos)

Direção: John Frankenheimer



Durante a guerra fria, Jordan Lyman (Fredric March), o presidente dos Estados Unidos não é bem visto pelos americanos e assina um tratado aprovando o desarmamento nuclear. A população mais uma vez fica contra ele. Um golpe político está sendo preparado por um general e um coronel aliado leva a informação ao Governo. Dá-se início a uma rede de intrigas. Exibição em DVD.



Gigantes em Luta

(The War Wagon, 1967, 93 minutos)

Direção: Burt Kennedy



John Wayne junta-se a Kirk Douglas em Gigantes em Luta, um western cheio de ação. Wayne interpreta o rancheiro Taw Jackson que volta da prisão para saquear um trem carregado de ouro, pertencente ao barão da gado (Bruce Cabot), que roubou sua fortuna e sujou seu bom nome anos atrás. Para realizar seu plano, Jackson junta-se a um grupo que inclui um velho excêntrico (Keenan Wynn), um índio pouco civilizado (Howard Keel), um jovem bêbado (Robert Walker Jr.) e um pistoleiro convencido (Douglas). Divirta-se com o plano quase impossível de roubar meio milhão de dólares e aprecie a música do ganhador do Oscar Dimitri Tiomkin. Exibição em DVD.



A Fúria

(The Fury, 1978, 118 minutos)

Direção: Brian De Palma



Um suspense aterrorizante do diretor Brian De Palma, um elaborado jogo de controle mental inicia-se quando o filho de um agente do governo é sequestrado por causa de seus poderes psicocinéticos. Desesperado para encontrá-lo, seu pai contrata uma garota com habilidades psíquicas semelhantes às de seu filho. Ela logo descobre que o rapaz é prisioneiro de um órgão secreto do governo dos EUA e que está sendo utilizado para perigosas experiências mentais - e programado para matar. Exibição em DVD.



GRADE DE HORÁRIOS

1 a 5 de março de 2017



1º de março (quarta)

16h – Quem é o Infiel?

19h – Fuga do Passado



2 de março (quinta)

16h – Sede de Viver

19h – A Cidade dos Desiludidos



3 de março (sexta)

16h – Gigantes em Luta

19h – Sete Dias de Maio



4 de março (sábado)

16h – A Fúria

19h – Embrutecidos pela Violência



5 de março (domingo)

16h – 20.000 Léguas Submarinas

19h – Sede de Viver



A Cinemateca Capitólio é um equipamento da Secretaria da Cultura de Porto Alegre. O projeto de restauração e de ocupação da Cinemateca Capitólio foi patrocinado pela Petrobras, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES e Ministério da Cultura. O projeto também contou com recursos daPrefeitura de Porto Alegre, proprietária do prédio, e realização da Fundação CinemaRS –FUNDACINE.

Nenhum comentário: