Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Cine Dica: Documentário Time Will Burn na Sala P. F. Gastal



SALA P. F. GASTAL EXIBE DOCUMENTÁRIO SOBRE O ROCK UNDERGROUND BRASILEIRO DOS ANOS 1990

Na quarta-feira, 7 de dezembro, às 19h30, a Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) realiza uma sessão única do documentário Time Will Burn (2016, 80 minutos), de Marko Panayotis e Otavio Sousa, sobre a cena de bandas underground brasileiras dos anos 1990. Após a sessão, acontece um debate com os músicos Daniel Villaverde e Gustavo Mini, mediado pelo pesquisador Jamer G. Mello.  Entrada franca.
TIME WILL BURN
Um importante capítulo da história do rock nacional finalmente será lembrado através de um filme. O documentário “Time Will Burn”, de Marko Panayotis e Otavio Sousa, registra a cena de bandas que surgiu no final da década de 1980 e durou até a metade da década seguinte, exatamente entre o boom do Br-Rock (Titãs, Os Paralamas do Sucesso, Ultraje a Rigor, entre outras) e o boom de Raimundos e outras bandas na segunda metade dos anos 90.

No período entre esses dois fenômenos, um grupo de bandas que cantava em inglês e fazia um som totalmente diferente deu o seu recado e fez muito barulho, influenciado principalmente pelo rock que vinha da Inglaterra e dos Estados Unidos.

Foi nesse contexto que surgiu em Santo André o Pin Ups. Com o seu disco de estreia, Time Will Burn, de 1989, o grupo escancarou as portas pra que outros grupos surgissem, como os também fundamentais Killing Chainsaw, Mickey Junkies e Second Come, entre outros.

Com eles, o Brasil criou o seu próprio cenário independente. Sem internet, mas com muita fita demo, fanzines, cartazes colados nos postes e shows nos menores palcos e inferninhos que se possa imaginar. Aos poucos, a imprensa voltou os olhos para essa cena, a recém-nascida MTV Brasil deu a sua benção e as gravadoras apostaram no lançamento de discos dessas bandas.

“Time Will Burn – o rock underground brasileiro do começo dos anos 90” conta a história dessa cena jamais contada num longa-metragem, recuperando registros analógicos em VHS, cartazes da época e conversando com grandes personagens que estão por aí até hoje.

Com direção de Marko Panayotis (ex-diretor dos programas Jornal da MTV e Yo! MTV) e de Otavio Sousa (diretor dos documentários “Supercarioca – 25 anos”, sobre a banda Picassos Falsos, e “Agridoce – 20 Passos”, da cantora Pitty), o filme traz depoimentos das principais bandas que fizeram parte dessa história e de nomes como Fábio Massari e Gastão Moreira (MTV), Edu-K (De Falla), Cherry (Okotô), Japinha (CPM 22), Rafael Crespo (Planet Hemp), Rodrigo Lariu (Midsummer Madness), Roberto Cotrim (Espaço Retrô) e traz imagens raras de shows no Espaço Retrô, Aeroanta, Circo Voador e no festival Juntatribo, entre outros.

“Time Will Burn” estreou em setembro de 2016 no In-Edit Brasil, maior festival de documentários musicais do pais, com sessões na Cinemateca Brasileira e no Cine Olido, em São Paulo. O longa também teve uma exibição especial no histórico Cine Odeon, no Rio de Janeiro, como parte da programação do Festival Mimo de Cinema e também passou pelos festivais Coquetel Molotov (Recife e Belo Jardim/PE), Se Rasgum (Belém/PA) e por cineclubes em Campinas e Curitiba. O filme seguirá sendo exibido nos próximos meses exclusivamente em festivais de cinema, em cineclubes e em sessões especiais.
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif 
Sala P. F. Gastal
Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia
Av. Pres. João Goulart, 551 - 3º andar - Usina do Gasômetro
Fone 3289 8133
www.salapfgastal.blogspot.com

Nenhum comentário: