Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Cine Dicas: Em Blu-Ray, DVD, Netflix e locação via TV a Cabo: Batman: A Piada Mortal



Sinopse: Um dia ruim. É apenas isso que separa o homem são da loucura. Pelo menos segundo o Coringa, um dos maiores e mais conhecidos vilões das histórias quadrinhos. E ele quer provar seu ponto de vista enlouquecendo ninguém menos que o maior aliado de seu grande inimigo: o Comissário Gordon. Cabe ao Cavaleiro das Trevas impedi-lo.
Criada em 1988, o escritor Alan Moore (V de Vingança) e o desenhista Brian Bolland (Camelot 3000), criaram aquela que é considerada a história definitiva sobre o Coringa. A frente do seu tempo, a trama foi um sucesso de vendas e de crítica, ganhando muitos prêmios e sendo considerado rapidamente como obra prima. O fato de colocar heróis e vilões num patamar mais humano e bem próximo da nossa realidade foi algo corajoso, mesmo numa época que já tínhamos pérolas como Watchmen, também de Alan Moore.
Durante anos, muitos ficavam se perguntando se um dia haveria uma adaptação para o cinema da obra, ou até mesmo em animação. Quase trinta anos após o seu lançamento, a Warner decide então adaptar essa genial trama para um longa de animação e o resultado é bem satisfatório. Na realidade, a adaptação chega até mesmo melhorar alguns pontos da sua fonte original.
Para começar, os primeiros vinte minutos não começam como a trama como a gente conhece, mas sim com uma nova inserida, onde vemos uma aventura investigativa com Batman e Batgirl (Barbara Gordon), sendo que essa última se torna a verdadeira protagonista do início dessa trama. A meu ver, fizeram isso como uma forma de valorizar mais a personagem, já que quem conhece a trama original, sabe as consequências lhe marcaram pelo resto da vida. Aqui, vemos uma Barbara forte, mesmo com um desejo pelo homem morcego que pode lhe tirar dos trilhos, mas que conseguirá sua redenção, mesmo com o horror que irá passar nas mãos do palhaço insano.
Quando se encerra esse primeiro ato, é aí então que A Piada Mortal realmente começa e já ficamos nos preparando pelo pior que irá acontecer com os personagens. Bastante fiel a obra original, assistimos os planos doentios do Coringa em provar para o Batman que, basta um dia ruim, para enlouquecer que nem ele. Isso acaba envolvendo Barbara e seu pai, o comissário Gordon, e gerando um redemoinho de loucuras e caminhos sem volta. Ao mesmo tempo, a trama vem e volta ao passado, onde testemunhamos o passado do personagem, onde ele era apenas um comediante fracassado e que, na tentativa de ganhar algum dinheiro para sustentar a sua esposa, acaba caindo num buraco do qual nunca mais saiu.
Mas assim como nas HQ, o filme deixa claro que o próprio vilão não sabe ao certo se suas lembranças são reais ou apenas delírios vindos de sua mente. Isso e outros muitos motivos é o que tornam o Coringa um dos personagens mais fascinantes do universo do homem morcego e fazendo com que quaisquer palavras e atos vindos dele gerem inúmeras sessões de debates até hoje. É uma pena que, tecnicamente, a animação não faz jus à trama, já que ela é muito simples, mesmo com os cenários fieis a obra original.
Tanto na HQ, como no longa animado, a trama termina com um controverso final e que gera debates até hoje. Como se fossem dois lados da mesma moeda, Batman e Coringa talvez tenham mais em comum do que possam imaginar, sendo que apenas as suas escolhas é o que os separam e o fazendo estarem sempre em lados opostos. Os segundos finais, ambos se tornam iguais, fazendo da cena se tornar perturbadora, principalmente se ela for revisitada uma segunda ou terceira vez.
Com uma cena extra durante os créditos finais, do qual define muito bem o destino de um dos personagens principais, Batman: A Piada Mortal é item obrigatório para os fãs do Coringa, principalmente para compreender melhor do porque ele é um dos melhores vilões da cultura pop até hoje.    



Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: