Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 69 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Cine Especial: JARED LETO


Daqui a menos de uma semana, Jared Leto pode (ou não) entrar para lista dos melhores interpretes que deram vida ao vilão Coringa, ao atuar no filme Esquadrão Suicida. Ator, cantor, compositor e diretor, Leto adquiriu uma carreira sólida nos dois ramos e chamando atenção pela sua versatilidade. Já ganhador de um Oscar, interpretar o arqui inimigo de Batman talvez não seja um grande desafio, mas sim mais um prova de que é um grande talento e que terá ainda  muito a oferecer nos próximos anos.
Abaixo deixo o meu top 5 dos filmes que merecem serem vistos e estrelados pelo jovem interprete.    

 1º) Réquiem para um Sonho

Numa espécie de verdadeiro pesadelo filmado, Darren Aronofsky (Cisne Negro) cria um inferno na terra para os seus protagonistas, onde cada um sofrerá nas mãos de seus demônios interiores devido ao submundo das drogas. Embora muitos se lembrem da extraordinária atuação de Ellen Burstyn por esse filme, Leto também não fica muito atrás, onde o seu personagem encara o verdadeiro horror e consequência devido ao vício.
   

2º) Clube de Compras Dallas


No filme que lhe deu o seu primeiro Oscar como coadjuvante, Leto interpreta um transexual, vitima da AIDS, justamente na época em que a doença estava estourando na década de 80. Leto se entrega  corpo e alma, dando lugar ao seu personagem, do qual sofre preconceito e pela doença que lhe come por dentro. Uma das grandes atuações dos últimos anos       

 

3º) Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon


E se alguém ainda duvida da versatilidade do ator, Leto prova aqui que não brinca no serviço quando se deve mudar fisicamente para encarnar um personagem. Para interpretar o assassino de John Lennon, Leto engordou 30 quilos para interpretá-lo, além de ler o livro Apanhador de Campos de Centeio diversas vezes, já que um fascículo havia sido encontrado junto com assassino, horas depois de ter cometido o terrível crime. Leto tentou compreender as motivações que levaram um homem comum a matar uma celebridade e, portanto ler a obra era essencial para obter alguma pista ou inspiração.        

 

4º) O Senhor das Armas

Corajoso filme sobre a venda de armas de muitas guerras que acontecem pelo mundo. Leto interpreta o irmão do protagonista e vendedor das armas, interpretado por Nicolas Cage. Através dele, o personagem de Cage irá aprender que toda a riqueza que adquire de uma forma ilícita terá então consequências irreversíveis.  

 

5º) Clube da Luta


Num dos filmes que melhor soube sintetizar o que foi a década de noventa, Leto tem uma participação pequena, mas marcante, onde é um dos inúmeros participantes do clube criado pela dupla  Brad Pitt e Eduard Norton. Em uma das cenas mais lembradas, é do seu personagem levando uma surra do personagem de Norton.

  

Filmografia completa:  



2017     Remake Entrevista com o Vampiro      

2016     Esquadrão Suicida      

2016     The Outsider    

2013     Clube de Compras Dallas

2012     Artifact                  

2009     Sr. Ninguém    

2008     Capítulo 27 - O Assassinato de John Lennon

2006     Os Fugitivos    

2005     O Senhor das Armas

2004     Alexandre        

2002     O Quarto do Pânico

2000     Psicopata Americano   

2000     Réquiem para um Sonho         

1999     Clube da Luta  

1999     Garota, Interrompida

1999     Preto e Branco           

1998     Além da Linha Vermelha

1998     Lenda Urbana  

1997     Prefontaine - Um Nome sem Limites

1995     Colcha de Retalhos

1994     My So-Called Life


Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Cine Curiosidade:Filme AGS tem pré-estréia em cinema com atriz internacional Cris Lopes, ator Euler Santi e direção de Rodney Borges

  foto Filme AGS 02 : atriz Cris Lopes e ator Euler Santi

Já pensou em planejar sua própria morte de maneira excêntrica e divertida? O Filme AGS - Agence Générale du S... com roteiro de Euler Santi é baseado em uma obra de mesmo nome "Agence Générale du Suicide" do poeta francês Jacques Rigaut escrita nos anos 20. O filme é uma comédia com bastante humor negro e se passa em uma agência como se fosse uma repartição pública sofisticada, onde os clientes escolhem e personalizam a forma como gostariam de morrer. O filme que aborda de forma leve o tema do suícidio, tem como protagonistas, a atriz internacional Cris Lopes (longa canadense FREER com estréia Canadá & USA em 2017) e o ator e roteirista Euler Santi (longa metragem EMIL - Palestra sobre Nada), atores experientes que já atuaram em emissoras como Record e Rede Globo e em diversos filmes no cinema. "Adorei interpretar a Madame Christie! Minha personagem é uma francesinha que adora ser chique e ama o conforto", afirma Cris Lopes que já atuou em mais de dez filmes no Brasil e exterior e teve diversas temporadas nos estúdios na Europa nos últimos 5 anos.
A direção de fotografia foi inspirada no filme Hotel Budapeste realizada pelo Diretor do filme Rodney Borges. AGS foi produzido pelas produtoras parceiras R30 Filmes e Alterea Filmes, com direção de Produção de Bruno Benetti e foi rodado nas Thermas Antônio Carlos - Poços de Caldas/MG.
O Filme AGS teve sua pré-estréia com sessão lotada exibido na cerimônia de encerramento do Festival Nacional de Cinema Festcine Poços de Caldas, realizada na sala do Cinema Ultravisão. A atriz Cris Lopes e o Diretor Rodney Borges receberam um prêmio do festival pela produção do filme AGS e por serem idealizadores juntamente com o ator e roteirista Euler Santi. O Festcine Poços de Caldas foi realizado no Instituto Moreira Salles com curadoria do festival de Marcelo Leme, crítico de cinema e realização de Bruno Benetti, diretor do festival. 
Elenco do Filme AGS - Agence Générale du S...:  Cris Lopes, Euler Santi,  Marcelo Leme,  Leo Zincone, Wanessa Brazil, Davi Daniel, Pamela Mira, Luciano Santos, Clisthenis Betti, Renato Oliveira e Marília Duarte.
Assista aqui trailer do filme e curta a página oficial do AGS: www.facebook.com/filmeAGS


Créditos fotos (esq para dir): foto Filme AGS 01: Marcelo Leme, Davi Daniel, Pamela Mira, Wanessa Brazil, Rodney Borges e Cris Lopes (ao centro), Bruno Benetti, Euler Santi, Leo Zincone, Renato Oliveira e Marília Duarte.


foto Filme AGS 01a : Bruno Benetti, Rodney Borges, Wanessa Brazil, Cris Lopes (ao centro), Euler Santi, Pamela Mira, Marília Duarte, Marcelo Leme, Davi Daniel (a frente), Leo Zincone e Renato Oliveira.

 foto Filme AGS 03 : diretor Rodney Borges e atriz Cris Lopes 


Cine Dica: Pré-estreia de Fome com as presenças de Cristiano Burlan e Jean-Claude Bernardet

JEAN-CLAUDE BERNARDET E CRISTIANO BURLAN PARTICIPAM DA PRÉ-ESTREIA DE FOME NA SALA P. F. GASTAL
Na sexta-feira, 29 de julho, às 20h, a Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) promove a pré-estreia de Fome (2015, 90 minutos), novo filme de Cristiano Burlan, um dos destaques do Festival de Brasília de 2015. Após a sessão, acontece um debate com o diretor e os atores Jean-Claude Bernardet e Henrique Zanoni, também produtor da obra. Entrada franca.


FOME, novo filme de Cristiano Burlan, estreia dia 4 de agosto, com distribuição da Vitrine Filmes, o filme se passa na cidade de São Paulo, é protagonizado por Jean-Claude Bernardet e tem foco em elementos invisíveis da cidade, trabalhando elementos realistas, através de uma cuidadosa fotografia em preto e branco.

Sobre o filme:

Nas veredas da metrópole paulistana, um velho homem (Jean-Claude Bernardet) abandona o passado e deambula na invisibilidade. Carrega consigo apenas um carrinho, alguns trapos e a velhice. Depois que se viu a morte é possível morrer de amor por alguém?

A atmosfera do filme é sombria e cinzenta, como a vida nas grandes metrópoles. Acompanha-se a rotina de um morador de rua – um professor de cinema aposentado e que por opção resolveu abandonar tudo – e os encontros que vai tendo pela cidade.

Uma aluna, à partir de um trabalho sugerido por seu professor, busca moradores para entrevistá-los sobre a vida nessas condições. Ela acaba encontrando esse professor-mendigo e desenvolve uma relação com ele. Outro encontro se dá com um ex-aluno, e ambos são forçados a rever suas vidas. Nesse caos violento, surge uma oportunidade para o amor.

Misturando as linguagens documentais e ficcionais, FOME faz uma reflexão sobre as vias, sentidos e violências que nos atravessam na grande metrópole. Partindo desse universo localizado no limite da sociedade – a vida nua e crua dos moradores de rua – o filme propõe uma caminhada pelos labirintos e precipícios da própria vida.

A fome, em seu sentido mais amplo, mas também o amor, no seu sentido mais profundo, são colocados em questão e problematizados nessa longa-metragem de Cristiano Burlan.
 
 FICHA TÉCNICA

DIREÇAO: Cristiano Burlan
ELENCO: Jean-Claude Bernardet, Ana Carolina Marinho, Henrique Zanoni, Juão Nin,
Gustavo Canovas, Adriana Guerra, Rodrigo Sanches e Francis Vogner
PRODUÇÃO: Henrique Zanoni, Cristiano Burlan
ROTEIRO: Cristiano Burlan, Henrique Zanoni
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Simone Paz
DURAÇÃO: 90 minutos
CLASSIFICAÇÃO: 10 anos
DITRIBUIÇÃO: Vitrine Filmes

Sobre Cristiano Burlan

Cristiano Burlan nasceu em Porto Alegre em 1975. É diretor de cinema e teatro. Na década de noventa morou em Barcelona, onde dirigiu o grupo de cinema experimental Super-8. Em São Paulo, esteve à frente do grupo de teatro A Fúria. Tendo em sua filmografia mais de 15 filmes, entre ficções e documentários. É professor na Academia Internacional de Cinema – AIC, na Escola Superior de Artes Célia Helena e na Universidade do Estado do Amazonas. A maior parte de sua filmografia participou de importantes festivais. Seu documentário mais recente, “Mataram meu irmão”, foi o grande vencedor do É Tudo Verdade 2013, do 40º Festival SESC de Melhores Filmes e do Prêmio do Governador do Estado de São Paulo. Em 2015 lançou o filme “Hamlet” nos cinemas. Sua última ficção “Fome” angariou prêmios em diversos festivais, dentre eles o de Melhor Som e Prêmio especial do Júri pela atuação de Jean-Claude Bernardet no Festival de Brasília. Atualmente, lança seu novo filme, “Em busca de Borges” e realiza a pré-produção de seu novo documentário, Elegia de um Crime, o qual encerra a sua “Trilogia do Luto”.

Sobre Jean-Claude Bernardet
 
Um dos mais importantes pensadores de cinema do Brasil, Jean-Claude Bernardet é Professor emérito da ECA/USP e ex-professor da UnB. Autor de ensaios sobre cinema: Brasil em tempo de cinema, Cinema Brasileiro: propostas para uma história, Cineastas e Imagens do Povo, Caminhos de Kiarostami. Autor dos romances: Aquele rapaz (1990), Os Histéricos (em col com Teixeira Coelho 1993), A doença uma experiência (1996). No cinema é co-autor dos roteiros: O caso dos Irmãos Naves (Luiz Sergio Person 1968), Um céu de estrelas (Tata Amaral 1995), Através da janela (Tata Amaral  2000) Hoje (Tata Amaral  2011), Periscópio (Kiko Goifman  2012) e diretor dos filmes São Paulo Sinfonia e Cacofonia (1995), Sobre anos 60 (1999). Como ator, trabalhou entre outros: Ladrões de Cinema (Cony  Campos 1977), P.S. Post-scriptum (Romain Lesage 1978), Disaster Movie (Wilson Barros 1985), A cor dos pássaros (Herbert Brödl 1988), Filmefobia (Kiko Goifman 2008), Periscópio (Kiko Goifman 2012), Plano B (Getsemani e Santiago 2012), O homem das multidões (Marcelo Gomes e Cao Guimarães 2013) A navalha do avô (Pedro Jorge 2013), Amador (Cristiano Burlan 2014) Pingo d’Agua  (Taciano Valério 2014), Hamlet (Cristiano Burlan 2014), Compêndio (Eugenio Puppo e Ricardo Carioba 2014), Agreste (Delani Lima 2014), Super Oldboy (Eliane Coster 2014, em prod), ABCdário (Taciano Valerio 2014 em prod), Fome (Cristiano Burlan 2015), Em 97 era assim (Zeca Britto 2015 em prod), No vazio da noite (Cristiano Burlan, em prod), 9 passos para destruir Bernardet (Cláudia Priscila & Pedro Marques em prod), Música perfeita para o Suicídio (da Cia dos Infames Participação especial na peça, 2016).
 
 
Sala P. F. Gastal
Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia
Av. Pres. João Goulart, 551 - 3º andar - Usina do Gasômetro
Fone 3289 8133
www.salapfgastal.blogspot.com

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Cine Dicas: Estreias do final de semana (28/07/16)



 Jason Bourne


Sinopse: A organização Outcome, que montou um esquema de uso de remédios para diminuir a dor e aumentar a força e a inteligência de seus soldados, acreditava que Jason Bourne (Matt Damon) estava morto. Mas ele lembrou de tudo o que lhe aconteceu, porém, não sabe de tudo e volta a ficar na mira da Outcome.

 

A Incrível Jornada de Jacqueline

 Sinopse:O fazendeiro Fatah (Fatsah Bouyahmed) tem grande apreço por sua vaca Jacqueline. Ele recebe um convite para participar de uma feira agropecuária em Paris. Fatah e Jacqueline então deixam a cidadezinha onde moram e vão a pé até a feira. Por ondem passam os dois enfrentam alguns probleminhas, mas até ficam famosos, aparecendo na televisão. 



Nahid - Amor e Liberdade

 
Sinopse:A iraniana Nahid é uma mulher divorciada e tem um filho de 10 anos. No Irã, quando ocorre o divórcio, a guarda do filho vai automaticamente para o pai. No entanto, Nahid fica com a criança como uma condição imposta pelo ex-marido: ela não poderá se casar novamente. Mas, a mulher acaba se apaixonando.

 

O Bom Gigante Amigo

Sinopse: A órfã Sophie (Ruby Barnhill) é curiosa e na companhia de um gigante, ela parte numa jornada em que tem de ser valente. A menina e seu amigo grandalhão precisam enfrentar gigantes do mal que devoram pessoas.

 

O Diabo Mora Aqui


Sinopse: Quatro amigos vão passar o fim de semana num casarão centenário. É lá que eles investigam se uma maldição, iniciada nos tempos da escravidão, realmente existe. No porão, o grupo liberta um espírito condenado à uma vida eterna de dor e os jovens acabam enfrentando seus piores medos.

 

Os Caça-Noivas

Sinopse: Os irmãos Mike (Zac Efron) e Dave (Adam DeVine) são baladeiros de primeira e a próxima festa que planejam ir é à uma cerimônia de casamento. Como ambos estão solteiros, os irmãos resolvem pôr um anúncio na internet para encontrar acompanhantes festeiras como eles.
Um Dia Perfeito

Sinopse: Durante o Conflito dos Balcãs, um grupo de funcionários da Organização das Nações Unidas enfrenta um impasse. Eles encontram um cadáver dentro de um poço e decidem retirá-lo. Mas os militares locais impedem, pois só alguém autorizado pode tirá-lo de lá, causando grandes divergências.


Me sigam no Facebook, twitter e Google+

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Cine Dicas: Em Blu-Ray, DVD, Netflix e locação via TV a Cabo:

NOSSA IRMÃ MAIS NOVA

Sinopse: Três irmãs estão em luto pelo pai que não viam há 15 anos. Apesar da distância, elas se sentem tristes. Mas veem uma chance de manterem a lembrança do pai por meio da meia-irmã, a adolescente tímida Suzu Asano (Suzu Hirose), que vai morar com as elas.
Com seu ritmo lento e silencioso, quase inaudível, com câmera flutuante que lembra Antonioni, Hirokazu Koreeda (Pais e Filhos) é um cineasta que parece valorizar os detalhes em sua plenitude. Da poesia de rotina familiar conturbada, faz um cinema marcado por sutilezas, dando tempo de o espectador respirar e refletir sobre a vida, as relações humanas e a morte. Sentimentos universais, portanto, demasiadamente humanos.

NISE - O CORAÇÃO DA LOUCURA
 Leia a minha crítica já publicada clicando aqui. 


Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Cine Dica: Curso Roger Corman

...valor promocional para os primeiros inscritos..



Apresentação

Roger Corman é creditado em algumas centenas de filmes (e não-creditado em centenas de outros com os quais esteve envolvido), principalmente como produtor e diretor, mas também como roteirista e até como ator. É um dos cineastas mais prolíficos e bem-sucedidos de toda a história do cinema, com uma carreira que atravessa sete décadas. Ao longo dessa carreira, trabalhou com muitos profissionais que também viriam a se tornar figuras importantes para a indústria cinematográfica. Jack Nicholson, Charles Bronson, Francis Ford Coppola, Martin Scorcese, Peter Bogdanovich e Joe Dante são apenas alguns dos nomes que Corman apadrinhou quando estavam começando no cinema.


O curso vai oferecer um panorama da carreira dessa figura imprescindível da história do cinema, do início da década de 1950 até os dias de hoje, mais de 400 filmes depois. Vai comentar também as mudanças pelas quais passou a indústria do entretenimento ao longo desse período, como o fim da era dos grandes estúdios, o surgimento da televisão, a TV paga e os formatos de vídeo.


Objetivos

O curso Roger Corman: O Homem dos 400 Filmes, ministrado por Marcelo Severo, objetiva apresentar a obra do diretor / produtor cronologicamente, através dos filmes mais importantes dessa vasta filmografia. Analisará também a influência do cineasta na indústria e o seu legado para Hollywood, principalmente no que diz respeito aos profissionais que apresentou ao longo das últimas sete décadas.


Conteúdo programático

Aula 1

Anos 1950
Roger Corman antes do cinema
Primeiros contatos profissionais com a indústria
Começo da carreira
American International Pictures
Principais produções do período


Anos 1960
Ciclo Edgar Allan Poe
O Intruso
Contracultura
Nova Hollywood
Principais produções do período


Aula 2
Anos 1970
New World Pictures
Filipinas
Blockbusters
Distribuição
Principais produções do período


Anos 1980 até hoje
Concorde/New Horizons
Última Direção
Período mais prolífico, menos criativo
Filmes mais recentes
Principais produções do período



Ministrante: Marcelo Severo
Formado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Pesquisador de cinema; escreve sobre filmes, quadrinhos e rock’n’roll desde os anos 1990. Ministra cursos e oficinas no "Fantaspoa", sempre relacionados à ficção científica, ao horror e ao cinema fantástico em geral.


Curso
ROGER CORMAN: O HOMEM DOS 400 FILMES
de Marcelo Severo

Datas: 13 e 14 / Agosto (sábado e domingo)

Horário: 15h às 18h

Duração: 2 encontros presenciais (6 horas / aula)

Local: Cinemateca Capitólio
(Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - Porto Alegre - RS)

Investimento: 
R$ 90,00
(Valor promocional de R$ 70,00 para as primeiras 10 inscrições por depósito bancário)

Formas de pagamento: Depósito bancário / Cartão de Crédito (PagSeguro - parcelado)

Material: Certificado de participação e Apostila (arquivo em PDF)

Informações
cineum@cineum.com.br / Fone: (51) 9320-2714

Realização

Patrocínio

Apoio